Whatsapp icon Whatsapp

Amigdalite

Amigdalite é uma inflamação nas amígdalas, estruturas encontradas na parte oral da faringe e que são formadas por tecido linfoide.
Médico examinando as amígdalas de uma criança que está com amigdalite.
As infecções virais são as principais causas de amigdalite em crianças.

A amigdalite é uma inflamação das amígdalas decorrente, na maioria dos casos, de infecções virais ou bacterianas. Em crianças, as infecções virais são a causa mais comum de amigdalite. Os principais sintomas da amigdalite são dor de garganta, dificuldade para engolir os alimentos e febre de intensidade variável.

O tratamento dependerá do agente causador da doença, sendo necessário o uso de antibióticos em casos de infecções bacterianas. Infecções virais são tratadas apenas com analgésicos e anti-inflamatórios.

Leia também: Gengivite — uma inflamação na gengiva relacionada à placa bacteriana

Resumo sobre amigdalite

  • A amigdalite é uma inflamação das amígdalas.

  • Na maioria dos casos, a amigdalite é causada por vírus ou bactérias.

  • Dentre os sintomas da amigdalite, podemos citar dor de garganta intensa, dificuldade para engolir, febre de intensidade variável e mau hálito.

  • Em casos de amigdalite bacteriana, é necessário a administração de antibióticos, os quais devem ser tomados seguindo rigorosamente as recomendações médicas.

  • A retirada das amígdalas por cirurgia só é recomendada em alguns casos.

O que são amígdalas?

Também chamadas de tonsilas palatinas, as amígdalas são órgãos formados por tecido linfoide que estão localizados na parte oral da faringe. Sua localização é estratégica, uma vez que essas estruturas fornecem proteção imunológica para nosso organismo, atuando como primeira barreira contra micro-organismos que entram na boca.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que é amigdalite?

Amigdalite ou amidalite é uma inflamação das amígdalas. Essa inflamação ocorre, principalmente, em decorrência de infecções por vírus ou bactérias, sendo as infecções virais mais frequentes em crianças e as infecções bacterianas mais comuns em jovens e adultos.

Diferentes vírus podem causar a amigdalite viral, como é o caso dos rinovírus e influenza. Já as amigdalites bacterianas são causadas principalmente pelo estreptococo beta-hemolítico do grupo A.

Transmissão da amigdalite

A amigdalite pode ser causada por vírus ou bactérias, agentes que podem ser transmitidos, nesses casos, por meio do beijo ou de gotículas expelidas ao tossir e espirrar. Além disso, o compartilhamento de objetos de uso pessoal pode favorecer a transmissão, portanto, é fundamental não compartilhar garrafas de água, colheres, garfos, copos e escovas de dente, por exemplo.

Sintomas da amigdalite

A amigdalite pode provocar sintomas como dor de garganta intensa, amígdalas aumentadas e avermelhadas, dificuldade para deglutir, febre de intensidade variável e mau hálito. Algumas pessoas sentem ainda otalgia reflexa, ou seja, uma dor de ouvido que se origina em outro local. Além disso, pode-se perceber o inchaço dos gânglios do pescoço e da mandíbula.

Na amigdalite bacteriana, observa-se ainda a presença de pontos purulentos na região das amígdalas. Pode ocorrer também a presença de uma camada amarelada na região da língua.

Visão aproximada das amígdalas de uma pessoa com amigdalite.
Pontos purulentos podem surgir nas amígdalas em casos de amigdalite.

É importante salientar que, apesar de a amigdalite se curar rapidamente e, em geral, não provocar desfechos graves, é fundamental que, se houver dificuldade para respirar ou dor intensa que impeça a pessoa de comer ou beber, um médico seja procurado. Além disso, é importante atentar-se quando os sintomas duram mais de quatro dias e nenhuma melhora foi apresentada.

Veja também: Pancreatite — uma inflamação que acomete a faringe

Diagnóstico da amigdalite

Para a realização do diagnóstico de amigdalite, o médico fará a análise das manifestações clínicas apresentadas pelo paciente. A confirmação do agente causador da doença, no entanto, só será feita por meio de exames complementares, como a cultura da orofaringe e alguns testes rápidos.

Tratamento da amigdalite

O tratamento da amigdalite deve ser feito levando em consideração o agente causador da doença, sendo assim, a confirmação do agente durante o diagnóstico é fundamental para que o médico escolha o tratamento mais adequado.

Em caso de amigdalites virais, por exemplo, o tratamento será baseado apenas no uso de analgésicos e anti-inflamatórios. No caso das amigdalites bacterianas, o uso de antibióticos específicos é fundamental. Ao fazer uso de antibióticos, é essencial sempre seguir todas as recomendações médicas e nunca interromper o tratamento antes do período recomendado.

É importante salientar que nem sempre a retirada das amígdalas é recomendada. A cirurgia só é indicada para aqueles casos em que as inflamações ocorrem várias vezes ao ano e o indivíduo não melhora com o tratamento. Muitas pessoas pensam que, após a retirada, estarão livres para sempre das dores de garganta, porém laringites e faringites podem também desencadear esses sintomas.

Publicado por Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos Relacionados

Aneurisma
Aprenda mais sobre aneurisma, aqui! Neste texto abordaremos o que são aneurismas e seus sintomas, e conheceremos os aneurismas cerebral e da aorta abdominal.
Ceratocone
Desordem ocular que afeta a espessura e rigidez da córnea.
Faringe
Clique aqui e descubra mais sobre a faringe. Neste texto conheceremos as características gerais e aprenderemos mais sobre a faringite. Saiba o que é faringite.
Faringite
Faringite, inflamação da garganta, faringite aguda, faringite crônica, contágio da faringite, fatores que podem causar a faringite, sintomas da faringite, tratamento da faringite.
Imunidade
Aprenda o que é imunidade e seus tipos com este texto. Descubra também como a baixa imunidade pode afetar a nossa vida e os meios de aumentar esse sistema protetor.
Sistema digestório
Amplie seus conhecimentos sobre o sistema digestório. Neste texto, falaremos sobre os órgãos que fazem parte desse sistema e de algumas funções atribuídas a eles.
Sistema imunológico
Conheça o sistema imunológico e veja quais são os órgãos responsáveis pela proteção do corpo. Entenda o que é imunidade e como agem os anticorpos.
Síndrome da bexiga irritável
Conheça as causas, sintomas e tratamento da síndrome da bexiga irritável!
video icon
Professor ao lado do escrito "Qual a diferença entre discurso e texto?".
Português
Qual a diferença entre discurso e texto?
Todo texto é um discurso. Mas e o contrário? Todo discurso é um texto? Nesta aula vamos acabar de vez com essa confusão e deixar bem claro quem é quem no universo textual.