Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Física
  3. Ondulatória
  4. Bluetooth e infravermelho

Bluetooth e infravermelho

Bluetooth e infravermelho são tecnologias de transferências de dados a distância que utilizam ondas eletromagnéticas para transportar informações.

Bluetooth e infravermelho são as tecnologias mais utilizadas para a transferência de dados entre dispositivos diversos, e seu uso facilita o transporte de informações e elimina a necessidade de cabos ou fios. Por mais que possuam a mesma finalidade, o Bluetooth e o infravermelho são utilizados em formas distintas.

As transferências de informações feitas por essas tecnologias são executadas a partir do uso de ondas eletromagnéticas. Essas ondas propagam-se na velocidade da luz (3,0 x108 m/s) e não necessitam de um meio para propagar-se.

Bluetooth

Nessa tecnologia, as informações são transferidas por meio de ondas de radiofrequência. Assim, após parear os dispositivos que a utilizam, os dados são enviados através de ondas que possuem frequência de 2,4 G Hz (2,4 bilhões de ondas por segundo).

As caixas de som, os fones e os headsets sem fio são exemplos de aplicações de transferências de informações feitas a partir do Bluetooth.

A empresa desenvolvedora dessa tecnologia escolheu esse nome, Bluetooth (que significa dente azul), em homenagem ao rei dinamarquês Harald Bluetooth, famoso por unir seu país à Noruega. Assim como o rei uniu duas nações, a proposta da tecnologia é conectar dispositivos na troca de informações a distância.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Infravermelho

O infravermelho é um tipo de radiação eletromagnética que possui frequência menor que a da luz vermelha, por isso, não está dentro do espectro de luz visível e não pode ser percebido pelo olho humano. Os aparelhos que utilizam essa tecnologia são munidos de um emissor e um receptor de infravermelho, assim, as informações são trocadas em distâncias máximas de até 5 metros. Os controles remotos dos televisores são exemplos de transferências de informação via infravermelho.

O baixo custo dos componentes de transmissão pode ser adotado como uma vantagem do uso dessa tecnologia. A desvantagem é que qualquer objeto opaco, colocado entre o emissor e o receptor das ondas, impedirá a comunicação entre os aparelhos.

O headset é um exemplo de tecnologia que utiliza transmissão de dados a distância
O headset é um exemplo de tecnologia que utiliza transmissão de dados a distância
Publicado por: Joab Silas da Silva Júnior
Assuntos relacionados
As ondas eletromagnéticas são usadas na telecomunicação para emitir os sinais de TV e rádio
Ondas eletromagnéticas
Clique aqui e entenda o que são as ondas eletromagnéticas, aplicadas no cotidiano em celulares e na transmissão via satélite.
Faixa visível ao olho humano
Espectro eletromagnético
Acesse e descubra o que é espectro eletromagnético. Confira aplicações cotidianas dos tipos de ondas eletromagnéticas, e aprenda mais com definições e fórmulas.
Surfista “pegando uma onda”
Ondas
Clique aqui e aprenda o conceito de ondas e como classificá-las de acordo com a natureza e o tipo!
Ondas de rádio
Descubra o que são ondas de rádio e quais são suas características. Confira alguns exemplos de dispositivos que fazem uso dessa radiação.
Os raios ultravioleta são usados em bronzeamentos artificiais
Raios ultravioleta e raios X
Veja aqui o que são raios ultravioleta e raios X e suas principais características.
As emissoras de rádio e TV emitem ondas eletromagnéticas com potências de centenas de kW
Energia das ondas eletromagnéticas
Em uma onda eletromagnética, os valores do campo elétrico e magnético variam com o tempo, oscilando entre um valor máximo e mínimo. Veja aqui como determinar a energia das ondas eletromagnéticas.
As ondas de rádio são radiações eletromagnéticas
Ondas eletromagnéticas de Rádio
Veja o que diferencia as ondas de rádio das demais ondas eletromagnéticas e saiba o comprimento e a frequência de suas ondas.