Whatsapp icon Whatsapp

Quanto pesa uma nuvem?

Para saber quanto pesa uma nuvem, é necessário multiplicar o valor da densidade e do volume da água que a constitui. A massa resultante pode chegar a mais de 500 toneladas.
Determinadas nuvens podem ter o peso de até 100 elefantes
Determinadas nuvens podem ter o peso de até 100 elefantes

As nuvens são formadas por minúsculas partículas de água ou gelo que flutuam sobre camadas de ar quente. Essas massas de água são produto da condensação do vapor d´água, e os tipos mais comuns de nuvens formadas por elas são as Cirrus, Cumulus e Stratus.

  • Cirrus: Nuvens altas, que ocupam posições de até 6000 m, finas e formadas por cristais de gelo.

  • Cumulus: Nuvem de desenvolvimento vertical e densa, apresenta contornos salientes e base plana. Esse tipo de nuvem indica tempo bom.

  • Stratus: Nuvens baixas, que ocupam posições de até 2000 m, apresentam cor acinzentada e podem provocar chuviscos.

Peso de uma nuvem

A massa de uma nuvem pode ser determinada com base na densidade. Conhecendo a quantidade de água por metro cúbico e estimando o volume de determinado tipo de nuvem, é possível obter o produto desses valores, que corresponde à sua massa.

A pesquisadora Peggy LeMone, do Centro Nacional de Pesquisa Atmosférica dos Estados Unidos da América, afirma que nuvens Cumulus podem armazenar mais de 500 toneladas de água. Para ter uma noção dessa quantidade, a pesquisadora comparou a quantidade desse líquido com a massa de elefantes. Uma Cúmulus, por exemplo, equivaleria à massa de aproximadamente 100 elefantes.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

LeMone ainda determinou a massa aproximada de um furacão. Para isso, multiplicou-se a massa de 1 m3 de água pelo volume total estimado de um furacão. O valor encontrado foi cerca de 240 milhões de quilos, o que corresponderia a 40 milhões de elefantes!

Apesar dessas estimativas, as gotículas que compõem uma nuvem são extremamente leves, apresentam um espaço muito grande entre si e, caso caíssem, evaporariam antes de tocar o solo. Quando a quantidade de água em uma nuvem atinge um valor crítico, isso faz com que essas gotículas adquiram volume suficiente para gerar as precipitações (chuvas).

Publicado por Joab Silas da Silva Júnior

Artigos Relacionados

Chuva ácida
A chuva ácida é um dos graves efeitos da poluição atmosférica. Clique aqui e saiba mais sobre esse fenômeno, entendendo como ele se forma e suas consequências.
Chuvas no Brasil
Entenda como e por que ocorrem as chuvas no Brasil, bem como as suas variações nas diferentes partes do território nacional.
Diferença entre ciclone, tornado, furacão e tufão
Você sabe diferenciar ciclone, tornado, furacão e tufão? Confira as especificidades de cada um desses fenômenos atmosféricos.
Fenômenos atmosféricos
Conheça alguns dos principais fenômenos atmosféricos que se manifestam, tais como o efeito estufa, a inversão térmica, os ciclones e muitos outros.
Furacão
Clique aqui e saiba como se forma um furacão. Descubra quais foram os maiores furacões que já ocorreram e conheça as diferenças entre furacão, tufão e tornado.
Influência do El Niño no Brasil
Entenda os principais impactos do El Niño — anomalia climática que ocasiona o aquecimento das águas do Oceano Pacífico — no Brasil.
Nuvens
Clique aqui, entenda como ocorre a formação das nuvens e saiba quais são seus principais tipos.
Umidade do ar
Saiba quais são os fatores que influenciam na umidade do ar. Veja as diferenças entre as umidades absoluta e relativa de uma região.
Umidade relativa do ar
Clique aqui e compreenda os efeitos da umidade relativa do ar!
video icon
Escrito"Tiocompostos ou compostos sulfurados" em fundo laranja e próximo a um botijão de gás vazando.
Química
Tiocompostos ou compostos sulfurados
Os tiocompostos ou compostos sulfurados apresentam átomo de enxofre ocupando uma posição de um átomo de oxigênio na função oxigenada.