Whatsapp icon Whatsapp

Economia planificada

A economia planificada é a proposta econômica que defende a máxima intervenção estatal na economia. Nessa lógica econômica, o Estado é o principal detentor da produção.
Pessoa preenchendo gráfico que sugere crescimento econômico.
A economia planificada requer um planejamento econômico de longo prazo.

A economia planificada é um modelo econômico de plena ação do Estado na economia. Nesse sentido, o poder público é o principal detentor dos agentes econômicos, ou seja, controla todas as atividades produtivas de um país. Nessa lógica econômica, a presença da iniciativa privada é inexistente ou limitada.

A economia planificada tem um forte viés assistencialista, com o objetivo de prover os indivíduos dos mais diversos meios por meio da ação do Estado. Ela se diferencia amplamente da economia de mercado, assim como do sistema capitalista, que pregam a liberdade econômica e a diminuta intervenção do Estado na economia. Atualmente, a economia planificada é muito pouco aplicada em termos reais, predominando uma visão econômica mista, fortemente baseada no livre mercado e na iniciativa privada.

Leia também: Liberalismo — doutrina política e econômica que surgiu entre os séculos XVII e XVIII

Resumo sobre economia planificada

  • A economia planificada é caracterizada pela atuação predominante do Estado na produção econômica de um país.

  • São características da economia planificada a predominância de empresas públicas, a inexistência de concorrência entre as empresas e a padronização dos preços dos produtos.

  • Nessa lógica econômica, o Estado atua em todos os processos produtivos, de forma muito abrangente.

  • Na economia de mercado é a iniciativa privada que assume o controle econômico, reduzindo minimamente a ação do Estado na economia de um país.

  • No sistema capitalista, a lógica de produção está ligada à economia de mercado, sendo a iniciativa privada a principal agente da economia.

  • A ascensão da economia de mercado e de fenômenos como a globalização, especialmente no final do século XX, contribuiu ativamente para a abertura econômica dos países.

O que é economia planificada?

A economia planificada é aquela cujos setores produtivos de um país são controlados pelo Estado. Portanto, o poder público é o principal detentor e gestor das atividades econômicas locais, desde os setores primários até os de alta tecnologia, controlando todo o processo produtivo de um país.

Quais são as características da economia planificada?

A economia planificada tem como principal característica a ação do Estado, que controla toda a produção econômica do país, desde a concepção de produtos, passando pela produção e comercialização. Nesse sentido, destaca-se como características complementares da economia planificada:

  • inexistência da concorrência empresarial;

  • predominância de empresas públicas;

  • definição padronizada dos preços;

  • presença inexistente ou limitada da iniciativa privada.

Funcionamento da economia planificada

A economia planificada funciona conforme a ação do Estado no contexto econômico de um país. Nesse sentido, o Estado atua em todos os processos produtivos, de forma muito abrangente, controlando a criação, a produção, a comercialização e até mesmo a consumação de diversos bens industriais. Em termos de planejamento, tradicionalmente são realizados planos estratégicos de duração anual diversificada, para avaliar as necessidades produtivas e sociais e, assim, gerir as empresas públicas.

A economia planificada tem um forte viés assistencialista, com o objetivo de prover os indivíduos dos mais diversos meios por meio da ação do Estado, garantindo assim a sua subsistência. Desse modo, ações de controle e planejamento, como de produção e preços, são muito importantes para o sucesso dessa visão econômica.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Economia planificada x economia de mercado

A economia planificada tem como principal característica a atuação do Estado nos diversos ramos econômicos. Nessa visão econômica, a presença da iniciativa privada é muito pequena ou até mesmo inexistente, sendo o Estado o principal controlador da economia de um país.

Por sua vez, na economia de mercado, com forte viés liberalista e neoliberalista, o Estado possui um papel secundário na economia. Assim, nessa visão econômica, é a iniciativa privada que assume o controle da economia, reduzindo minimamente a ação estatal.

Leia também: Totalitarismo — regime político que visa ao controle total da vida pública e privada

Economia planificada x capitalismo

A economia planificada é aquela baseada na ação do Estado na economia. Por sua vez, a economia de mercado tem como principal agente econômico a iniciativa privada. Sendo assim, o sistema capitalista de produção, que tem como principal objetivo o lucro, e não somente o bem-estar das sociedades, está diretamente ligado à economia de mercado.

Economia mista

A economia mista é um termo calcado para explicar a adoção de políticas, tanto de economia de mercado quanto de economia planificada, em um país. Tradicionalmente, esse modelo está presente em diversos países do globo, considerando que se predomina na atualidade um protagonismo da iniciativa privada em conjunto com o viés regulador estatal.

Fachada da Petrobras, empresa de economia mista.
A Petrobras é um exemplo de empresa estatal de economia mista. [2]

Origem da economia planificada

A origem da economia planificada está ligada aos estudos econômicos que visavam a uma conciliação entre crescimento econômico e desenvolvimento social e que evoluíram ao longo do século XX. Desse modo, a economia planificada está diretamente vinculada ao objetivo de garantir as necessidades básicas da população, por meio da ação do Estado, que se coloca como principal agente econômico de um país, satisfazendo assim as necessidades locais em termos de produção e consumo.

O planejamento dessa economia seria dado justamente pela construção de grandes planos de duração definida, nos quais seriam expostas as necessidades da população e do Estado, assim como as formas de atingir esses objetivos. Porém o pensamento da economia planificada ficou bastante restrito ao plano ideológico, sendo pouco aplicado em nível mundial e, ainda, muitas vezes distorcido por outras práticas econômicas. Nesse sentido, foram poucas as experiências de tentativa desse modelo econômico ao redor do mundo.

Economia planificada na atualidade

Atualmente, é possível afirmar que nenhum país do mundo adota a economia planificada de forma pura, e, ainda, é cada vez mais difícil encontrar exemplos de aplicação desse modelo econômico em nível mundial. A ascensão da economia de mercado e de fenômenos como a globalização, especialmente no final do século XX, contribuiu ativamente para a abertura econômica dos países, mesmo em alguns casos em condições bem restritas.

Sendo assim, predominam na atualidade uma concepção de economia de mercado baseada na sociedade capitalista de modo bastante abrangente no mundo, e, ainda, a ação do poder público, especialmente como agente econômico regulador das dinâmicas da economia mundial.

Leia também: Anarcocapitalismo — doutrina que prevê a ausência completa da ação do Estado

Exercícios resolvidos sobre economia planificada

Questão 1 A concepção econômica que defende a ação estatal da economia, sendo o Estado o principal agente econômico, nos diferentes setores, é chamada de

a) capitalismo.

b) economia de mercado.

c) economia planificada.

d) neoliberalismo.

Resolução: Alternativa C. A economia planificada é aquela que tem como principal característica a atuação do Estado nos setores produtivos locais. Sendo assim, o Estado é o principal agente executor e controlador das ações econômicas.

Questão 2 Assinale a alternativa que aponta uma característica da economia planificada:

a) aumento da concorrência entre as empresas

b) predomínio de indústrias de capital privado

c) acentuada inovação em termos de tecnologia

d) atuação predominante de empresas públicas

Resolução: Alternativa D. Na economia planificada predominam as empresas públicas, ou seja, as corporações controlas por ação do Estado. Nessa lógica econômica, o Estado é o principal agente da economia.

Créditos da imagem

[1] Donatas Dabravolskas / Shutterstock

Publicado por Mateus Campos

Artigos Relacionados

Acordos Internacionais
A atuação dos acordos internacionais numa economia globalizada.
Anarcocapitalismo
Clique aqui para saber o que é o anarcocapitalismo, como ele é fundamentado, quais são as inspirações dessa teoria e as suas aplicações.
Capitalismo
Saiba o que é o modelo econômico capitalista. Veja quais são as principais características desse sistema. Entenda a divisão entre as quatro fases do capitalismo.
Economia de Mercado
O conceito de economia de mercado e o seu papel na economia capitalista.
Liberalismo
Clique aqui para entender o conceito de liberalismo, a sua história e as aplicações do liberalismo nos campos político e econômico.
Neoliberalismo
Clique aqui para entender o que é neoliberalismo, como surgiu, quais são as suas aplicações e quais as críticas possíveis sobre essa doutrina econômica.
O que é Globalização?
Globalização é o processo de mundialização do espaço geográfico.
video icon
Escrito"“To” e “for”: qual a diferença e como usar?" em fundo azul e vermelho.
Inglês
“To” e “for”: qual a diferença e como usar?
Assista à videoaula e aprenda a diferenciar as preposições “to” e “for”. Entenda como elas podem ser usadas nas frases.