Whatsapp icon Whatsapp

João Pessoa

João Pessoa está localizada na porção mais oriental do território brasileiro, sendo conhecida pelo apelido de Porta do Sol. É a capital do estado da Paraíba.
Bandeira de João Pessoa.
Bandeira de João Pessoa.

 João Pessoa é a capital da Paraíba. A cidade foi fundada por portugueses no contexto de colonização do território brasileiro. É considerada a terceira capital mais antiga do Brasil. Ela está situada na costa do oceano Atlântico, justamente no ponto mais oriental do país, chamado de Ponta do Seixas.

A população municipal é de cerca de 800 mil habitantes, que estão distribuídos em uma pequena extensão territorial. Os setores mais fortes da economia pessoense são o comércio e o turismo. A cidade conta, ainda, com uma boa oferta de equipamentos e serviços públicos. O município é governado pela lógica de divisão de Três Poderes. A cidade de João Pessoa é muito rica e diversa culturalmente, em razão da sua formação populacional, marcada por influências indígena, africana e europeia.

Leia também: Quais são os estados do Brasil?

Resumo sobre João Pessoa

  • A cidade de João Pessoa foi fundada pelos colonizadores portugueses, em 1585, com o nome de Nossa Senhora das Neves.

  • O atual nome da cidade, João Pessoa, é uma homenagem a um importante político local que foi governador da Paraíba e candidato à vice-presidência do Brasil.

  • O clima pessoense é tipicamente Tropical. Há na cidade o registro de altas temperaturas e grandes índices de umidade.

  • O município possui duas importantes reservas de Mata Atlântica: o Parque Arruda Câmara e a Mata do Buraquinho.

  • A população de João Pessoa é de cerca de 800 mil habitantes. É a maior cidade em população da Paraíba e a oitava mais populosa da região Nordeste do Brasil.

  • A economia de João Pessoa tem como destaque o setor terciário. As atividades de comércio, serviços e turismo são importantes economicamente para o município.

  • A cidade de João Pessoa está dividida administrativamente em 65 bairros, que estão agrupamentos em quatro grandes regiões (norte, sul, leste e oeste).

  • A cultura pessoense é muito representativa dos hábitos culturais tipicamente nordestinos, como na música, na culinária e na religiosidade.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Dados gerais de João Pessoa

Localização

  • País: Brasil

  • Unidade federativa: Paraíba

  • Região intermediária: João Pessoa

  • Região imediata: João Pessoa

  • Região metropolitana: Região Metropolitana de João Pessoa

  • Municípios limítrofes: Cabedelo, Conde, Bayeux e Santa Rita.

Geografia

  • Área total: 210.044 quilômetros quadrados

  • População total: 817.511 habitantes

  • Densidade demográfica: 3421,28 habitantes/quilômetro quadrado

  • Gentílico: pessoense

  • Clima: Tropical

  • Altitude: 40 metros

  • Fuso horário: UTC -3

Histórico

  • Fundação: 5 de agosto de 1585

Veja também: Salvador – primeira capital do Brasil e a cidade mais populosa do Nordeste

História de João Pessoa

O município de João Pessoa é a terceira cidade mais antiga entre as capitais brasileiras. Contudo, o povoamento do território pessoense foi dificultado em razão da resistência dos povos indígenas que habitavam a região frente à chegada dos desbravadores europeus. A região sofreu várias incursões de tropas portuguesas ao longo dos primeiros anos de colonização do Brasil. A resistência indígena foi vencida ao longo desse tempo, sendo que, em 1585, foi oficialmente fundada pelos colonizadores portugueses a cidade de Nossa Senhora das Neves, atualmente chamada de João Pessoa.

Além dos conflitos com as tribos indígenas locais, os portugueses sofreram com as incursões de franceses e holandeses, que, mediante as riquezas existentes na região, detinham grande interesse em ocupar o território pessoense. A construção da cidade seu deu às margens do rio Sanhauá, justamente por questões geoestratégicas, ligadas à defesa territorial.

O município experimentou um grande crescimento econômico ao longo dos séculos. A sua posição estratégica culminou em grande importância no comércio de matérias-primas. Além disso, com o estabelecimento do estado da Paraíba, a cidade de João Pessoa tornou-se o principal polo estadual. O nome atual no município é uma homenagem ao político paraibano João Pessoa, que foi assassinado em 1930, quando exercia a função de governador da Paraíba, sendo, também, candidato à vice-presidência do Brasil na época.

Geografia de João Pessoa

A cidade de João Pessoa, capital da Paraíba, situa-se na costa atlântica do Nordeste do Brasil. O município está localizado no ponto mais oriental do país, chamado de Ponta do Seixas. Essa característica geográfica resultou em um dos apelidos da cidade, Porta do Sol. O território paraibano é banhado na sua costa leste pelo oceano Atlântico. O seu litoral é formado por 24 quilômetros de costa, composta por praias como Tambaú e Manaíra.

Foto aérea da Ponta do Seixas, ponto extremo-leste do Brasil.
O ponto extremo-leste do território brasileiro está localizado no município de João Pessoa. [1]

Em termos geomorfológicos, João Pessoa está situada em uma zona característica de planícies costeiras, marcada pela baixa altitude típica de relevos planos. O território da cidade é banhado por 12 cursos de água de maior grandeza, com destaque para os rios Jaguaribe, Sanhauá, Mumbaba-Gramame e Marés. O rio Jaguaribe é o principal da cidade, sendo um importante afluente da bacia do rio Paraíba, que banha o território paraibano.

O clima pessoense é tipicamente Tropical, marcado pelas altas temperaturas e umidade. A maritimidade, em razão da influência da umidade proveniente do oceano, é o fenômeno que atua na caracterização do clima local, mais úmido que a maior parte do território paraibano.

A vegetação de João Pessoa é formada por mangues, restingas e resquícios de Mata Atlântica. Esta última, inclusive, conta com duas áreas de preservação no município: o Parque Arruda Câmara e a Mata do Buraquinho.

Mapa de João Pessoa

Mapa da Paraíba destacando a cidade de João Pessoa.

Demografia de João Pessoa

A população pessoense é formada por cerca de 800 mil habitantes. É a maior cidade em população da Paraíba e a oitava mais populosa da região nordestina. O município é densamente povoado devido a sua pequena extensão territorial. Além disso, possui um elevadíssimo grau de urbanização.

A população pessoense foi formada por descendentes de europeus, indígenas e africanos, que contribuíram ativamente para a construção da cidade. O município recebeu um grande fluxo de populações no período do Brasil Colônia e do Brasil Império, porém, desde o século XX, tornou-se um polo de expulsão populacional, em especial para a porção Centro-Sul do Brasil. Esse cenário tem se alterado nas últimas décadas, por meio da forte migração de retorno registrada na cidade.

O município de João Pessoa apresenta um Índice de Desenvolvimento Humano elevado. Os dados demográficos da cidade têm se mantido positivos, assim como os indicadores sociais, que apresentaram grande melhora nas últimas duas décadas. Mesmo assim, a desigualdade social é um elemento marcante da população pessoense.

O crescimento do município culminou na criação de assentamentos urbanos irregulares. Ademais, a cidade sofreu um forte processo de conurbação com os municípios vizinhos, que formam a região metropolitana de João Pessoa. O processo de verticalização também tem se intensificado nos últimos anos na cidade.

Economia de João Pessoa

As atividades econômicas de João Pessoa estão alicerçadas no setor terciário, portanto, destacam-se os ramos da administração pública, comércio e turismo. A cidade é o principal polo comercial da Paraíba e oferta um grande conjunto de serviços em diferentes ramos econômicos. O setor em ascensão no município é o turismo, que tem crescido muito em participação econômica nos últimos anos.

Foto da praia de Tambaú, em João Pessoa.
O turismo é um dos principais ramos econômicos do município de João Pessoa.

O setor secundário, ou seja, a indústria, é o segundo mais importante da capital paraibana. Há várias plantas industriais na cidade, como de alimentos, bebidas, cimenteiras, metalúrgicas, moveleiras e têxteis. O setor de informática e demais tecnologias de informação também é importante para a economia municipal.

As indústrias pessoenses formam, com as plantas de empresas localizadas na região metropolitana da cidade, o principal centro industrial da Paraíba. Já as atividades primárias têm uma ínfima contribuição na economia local, com destaque para a pesca e a coleta de frutas, como o coco-da-baía.

Veja também: Qual a diferença entre rural e agrário?

Infraestrutura de João Pessoa

O território municipal de João Pessoa possui uma infraestrutura moderna, com destaque para os equipamentos de transporte e para a qualidade ambiental urbana. A cidade tem uma ampla rede de transporte público para atendimento da população. Ademais, é uma referência na consolidação das ciclovias como modal de transporte urbano, tendo, inclusive, um sistema de bicicletas municipais.

As maiores estruturas de transporte locais encontram-se na região metropolitana de João Pessoa, sendo mais precisamente o Porto de Cabedelo, situado na cidade de mesmo nome, e o Aeroporto Internacional José Castro Pinto, localizado no município de Santa Rita.

No que toca à parte ambiental, a cidade é referência em arborização urbana, sendo considerada uma das cidades mais “verdes” do Brasil.

Em termos de cobertura de serviços para a população, João Pessoa possui uma abrangente rede de acesso à energia e de telecomunicações. Por sua vez, o saneamento básico possui uma cobertura mediana, que carece de expansão espacial e modernização estrutural. O município detém, além disso, os principais centros de saúde e educação do estado da Paraíba.

A cidade é considerada uma referência em serviços de informática. Sua boa infraestrutura urbana contrasta com algumas zonas periféricas, marcadas pela dificuldade de acesso aos serviços públicos. A cidade de João Pessoa está dividida administrativamente em 65 bairros, que estão agrupamentos em quatro grandes regiões (norte, sul, leste e oeste).

Governo de João Pessoa

A estrutura governamental da cidade de João Pessoa está dividida em Três Poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário. O Poder Executivo é composto pelo prefeito e sua equipe de gestão; já o Poder Legislativo está atrelado aos vereadores, que representam a população do município. Os cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador são escolhidos por meio de eleições livres municipais, realizadas de quatro em quatro anos. A cidade conta com 27 vereadores. Por último, o Poder Judiciário é formado pelas unidades de justiça localizadas no município.

Cultura de João Pessoa

A cultura pessoense é extremamente representativa das tradições nordestinas. O cenário cultural local foi consolidado por meio das influências de indígenas, africanos e europeus, que contribuíram ativamente na construção das manifestações culturais municipais.

A forte influência da religião católica também está presente na cultura da cidade, seja por meio de festejos religiosos, seja pela arquitetura religiosa. O centro histórico de João Pessoa guarda muitos prédios representativos do período de desenvolvimento da cidade. Há, ainda, uma gama de equipamentos culturais, como teatros, cinemas e centros de eventos.

O Carnaval e as Festas Juninas são as principais festividades do município de João Pessoa. Os ritmos mais ouvidos na cidade são tipicamente nordestinos, como o axé e o forró. A cultura do Nordeste também está presente no rico artesanato produzido localmente, assim como na culinária. A população pessoense é considerada muito festiva e possui grande apreço pelas suas manifestações culturais. O esporte mais admirado, do mesmo modo que no cenário brasileiro, é o futebol. As atividades esportivas de praia também são praticadas no município.

Crédito da imagem

[1] Caio Pederneiras / Shutterstock 

Publicado por Mateus Campos

Artigos Relacionados

Bandeira de Aracaju.
Aracaju
Leia sobre a história da construção da cidade de Aracaju. Entenda o processo de fundação da cidade e sua importância histórica e econômica para os sergipanos.
Capitais do Brasil
Quais são as capitais mais ricas do Brasil? E as mais populosas? Conheça as capitais dos estados e leia a história dos municípios que foram sede do governo federal.
Bandeira de Fortaleza
Fortaleza
Leia sobre os aspectos geográficos de Fortaleza e a história da fundação da cidade. Veja também dados sobre a população, a economia e a estrutura fortalezense.
Mapa de Alagoas, com destaque para a capital, Maceió.
Maceió
Conheça a história da fundação da cidade de Maceió. Veja dados sobre a população, a economia e a estrutura da cidade. Saiba mais sobre a cultura maceioense
Bandeira de Natal.
Natal
Saiba mais sobre a história de Natal. Entenda o processo de ocupação da cidade por forças portuguesas e holandesas. Veja dados sobre a população natalense.
Paraíba
Conheça as características do território paraibano. Veja mais sobre os aspectos históricos e geográficos da Paraíba, assim como sobre as suas tradições culturais.
Bandeira de Salvador
Salvador
Saiba mais sobre a história da cidade de Salvador. Veja quais são os principais aspectos geográficos da cidade e exemplos da riqueza cultural soteropolitana.
Bandeira de São Luís
São Luís
Saiba mais sobre a cidade de São Luís, conhecida como a “Jamaica Brasileira”. Veja dados dos aspectos físicos, demográficos e econômicos da capital do Maranhão.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Genitive Case
É hora de aperfeiçoar sua gramática na Língua Inglesa. Assista!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Sociologia
Democracia racial
Você sabe o que significa democracia racial? Clique e nós te ensinamos!
video icon
Tigres Asiáticos
Geografia
Tigres Asiáticos
Assista à nossa videoaula sobre os Tigres Asiáticos, e conheça as razões do desenvolvimento rápido desses territórios.