Whatsapp icon Whatsapp

Rio Parnaíba

O rio Parnaíba é um dos principais cursos de água que cortam o Nordeste do Brasil. Ele é fundamental para o abastecimento de água da sub-região nordestina Meio-Norte.
Delta do rio Parnaíba, um dos principais rios do Nordeste.
O rio Parnaíba, localizado entre o Maranhão e o Piauí, é um dos principais rios do Nordeste.

O rio Parnaíba é um importante curso de água perene da região Nordeste do Brasil. Ele tem ampla importância em termos econômicos, ambientais e culturais. Localizado entre os estados nordestinos de Maranhão e Piauí, é considerado o mais importante rio de todo o Meio-Norte do Brasil. A nascente do rio Parnaíba está localizada na chapada das Mangabeiras. Já a foz do rio Parnaíba está localizada na cidade de Parnaíba (Piauí). Ele recebe inúmeros afluentes ao longo do seu curso e possui uma vasta área em termos de bacia hidrográfica.

Leia também: Rio São Francisco — um dos principais rios brasileiros

Resumo sobre o rio Parnaíba

  • O rio Parnaíba é um rio que está localizado entre os estados de Maranhão e Piauí, na sub-região nordestina chamada de Meio-Norte.

  • É um curso de água perene em toda a sua extensão que recebe diversos afluentes dos territórios maranhense e piauiense.

  • A nascente do rio Parnaíba, que está situada a cerca de 700 metros de altitude, fica na chapada das Mangabeiras.

  • A foz do rio Parnaíba, que é formada por um delta em mar aberto, está localizada no município piauiense de Parnaíba.

  • A bacia do rio Parnaíba engloba diferentes tipos vegetacionais e climáticos dos territórios do Maranhão, Piauí e Ceará.

  • O rio Parnaíba permite o desenvolvimento de diferentes atividades econômicas, como a agropecuária, a pesca e o turismo.

  • O rio Parnaíba possui grande importância em termos ambientais, pois compreende diferentes biomas e ecossistemas.

  • A criação de parques e reservas ambientais é fundamental para a preservação do rio Parnaíba.

Dados gerais do rio Parnaíba

  • Comprimento do rio Parnaíba: 1.400 quilômetros.

  • Nascente do rio Parnaíba: chapada das Mangabeiras (Brasil).

  • Principais afluentes do rio Parnaíba: Poti, Piauí, Balsas, Gurgueia e Canindé.

  • Foz do rio Parnaíba: cidade de Parnaíba (Piauí).

  • Onde o rio Parnaíba deságua: oceano Atlântico.

  • Delta do rio Parnaíba: delta do Parnaíba.

  • Caudal médio: 2.400 m3/s.

  • Área da bacia: 333.056 km².

Localização do rio Parnaíba

O rio Parnaíba está localizado na região Nordeste do Brasil. Ele está situado junto à divisão político-administrativa do estado do Maranhão e do estado do Piauí. O mapa abaixo mostra a localização do rio Parnaíba:

Mapa do rio Parnaíba.
O mapa acima mostra o trajeto e a bacia do rio Parnaíba. [1]

Quais são as características do rio Parnaíba?

O rio Parnaíba é um curso de água perene em toda a sua extensão. É considerado o mais importante rio de todo o Meio-Norte do Brasil. Ele corta os estados de Maranhão e Piauí. No território maranhense são cerca de 22 municípios cortados pelo rio Parnaíba, enquanto do lado piauiense são 20 municípios que recebem as águas do rio Parnaíba.

Em termos geográficos, o rio Parnaíba está situado em uma zona de transição climática e vegetacional, entre o clima quente e a vegetação seca do semiárido da região Nordeste e o clima quente e a vegetação úmida da área equatorial da região Norte. O rio Parnaíba possui grande importância em termos econômicos, ambientais e culturais para toda a sub-região Meio-Norte do Nordeste.

Já as características hidrográficas locais indicam que é um rio com vazão considerável ao longo do seu curso e um número significativo de afluentes de menor magnitude. A parte superior do curso do rio Parnaíba é marcada pela elevada declividade e pela grande oferta de nascentes. Já a parte inferior do curso rio Parnaíba é formada por uma extensa de planície de inundação, composta pela deposição de sedimentos, que permite a sua navegabilidade.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Nascente do rio Parnaíba

A nascente do rio Parnaíba está localizada a cerca de 700 metros de altitude em uma zona geográfica chamada de chapada das Mangabeiras. Essa formação de relevo, situada entre os estados de Bahia, Tocantins, Maranhão e Piauí, é um importante divisor de águas do Nordeste do Brasil. Os rios formadores do rio Parnaíba são o Água Quente, o Curriola e o Lontra. Nessa região foi criado o Parque Nacional das Nascentes do Rio Parnaíba, importante reserva ambiental concebida para proteger as cabeceiras do rio Parnaíba.

Afluentes do rio Parnaíba

O rio Parnaíba possui um número considerável de afluentes em suas duas margens. Esses cursos de água são fundamentais para a manutenção do volume de água ao longo do ano hidrológico e para a manutenção do equilíbrio hidrológico e ambiental local. Eles também contribuem para o abastecimento de água da população local e para o desenvolvimento de atividades produtivas.

Encontro das águas entre o rio Parnaíba e o rio Poti.
Encontro das águas entre o rio Parnaíba e o rio Poti.

Os principais afluentes do rio Parnaíba a partir do território maranhense são: rio Parnaibinha, rio Medonho e rio das Balsas. Já do lado do território piauiense, são afluentes importantes do rio Parnaíba: Gurgueia, Uruçuí-Preto, Canindé, Poti e Longá. Ademais, destaca-se o grande número de nascentes, especialmente localizadas na região de cabeceira do rio Parnaíba.

Foz do rio Parnaíba

A foz do rio Parnaíba está localizada precisamente na cidade de Parnaíba (Piauí). O rio deságua no oceano Atlântico. A parte inferior do curso do rio Parnaíba é formada por um grande vale fluvial, feição geomorfológica fruto do acúmulo de sedimentos carreados pelo próprio rio, que permite a navegabilidade das suas águas. A foz do rio Parnaíba ocorre por meio de um formato de delta em mar aberto. Essa zona geográfica é protegida pela Área de Proteção Ambiental Delta do Parnaíba.

Bacia do Alto Rio Parnaíba

A Bacia do Alto Rio Parnaíba é formada pelo trecho superior do rio Parnaíba, ou seja, onde estão localizadas suas principais nascentes. Essa zona geográfica, localizada entre os estados de Maranhão e Piauí, possui vegetação tipicamente de Cerrado e clima classificado como tropical. A Bacia do Alto Rio Parnaíba possui vasta importância ambiental, protegida por reservas florestais como o Parque Nacional das Nascentes do Rio Parnaíba.

Já a bacia do rio Parnaíba como um todo engloba não somente o seu trecho superior, mas também os trechos médio e baixo do rio Parnaíba. Essa zona geográfica situa-se, em sua maior parte, nos estados de Maranhão e Piauí, além de uma pequena parte do Ceará. A bacia do rio Parnaíba engloba, inclusive, o delta do rio Parnaíba, que tem uma grande importância em termos ambientais e é um dos principais pontos turísticos do Piauí.

Veja também: Rio Tietê — o rio que atravessa o estado de São Paulo

Importância do rio Parnaíba

O rio Parnaíba possui vasta importância em termos econômicos, ambientais e culturais. Ao longo do curso de todo o rio, há um intenso aproveitamento dos seus recursos hídricos, especialmente para o desenvolvimento de atividades econômicas, como a agricultura, a pecuária, a exploração do turismo, a prática da pesca, a geração de energia e, ainda, a navegabilidade, que permite o transporte de passageiros e mercadorias ao longo do seu curso.

Ademais, o rio Parnaíba é um importante curso no cenário geográfico nordestino, com fluxo de água perene ao longo de todo o ano. Esse rio é fundamental para a manutenção do equilíbrio ecológico local, para o fornecimento de água para espécies vegetais e animais, para a conservação dos ecossistemas ciliares, entre outros. O rio Parnaíba também é um personagem importante para a história e a cultura do Meio-Norte nordestino.

Preservação do rio Parnaíba

O rio Parnaíba é um ambiente singular, localizado em uma zona de transição climática e vegetacional do Meio-Norte, sub-região do Nordeste do Brasil. Nessa zona, estão situadas importantes remanescentes de vegetação de Cerrado e diversas formações de nascentes e lagoas que são fundamentais para a manutenção do equilíbrio hidrológico regional.

Além disso, a Bacia do rio Parnaíba conta com manchas vegetacionais de formações como a Caatinga e a Amazônia. Na área da bacia também encontra-se a Mata de Cocais. Essa grande diversidade de vegetações indica a ampla variedade de espécies de fauna e flora presentes no rio. A grande biodiversidade é uma característica do rio Parnaíba, o que evidencia sua necessidade de preservação.

 Região do rio Parnaíba.
 A foz do rio Parnaíba é um ambiente muito vulnerável às atividades humanas.

Nesse sentido, a promoção de estratégias de conservação é muito importante para o território cortado pelo rio Parnaíba, inserido no Meio-Norte nordestino. A criação de parques e reservas ambientais é fundamental para a manutenção da flora e fauna locais. Ademais, são necessárias ações para combater a poluição e o assoreamento presentes no rio.

Curiosidades sobre o rio Parnaíba

  • A etimologia mais aceita do rio Parnaíba indica que essa palavra, originalmente na língua tupi, significa “mar ruim”.

  • O rio Parnaíba recebe diferentes outros nomes e apelidos localmente, com destaque para o termo “Velho Monge”.

  • O rio Parnaíba é o mais extenso de todo o Nordeste do Brasil considerando os cursos de água que cortam apenas essa região geográfica.

  • A Usina Hidrelétrica de Boa Esperança é a principal central hidrelétrica localizada ao longo do curso do rio Parnaíba.

Crédito de imagem

[1] Keenan Pepper / Wikimedia Commons (reprodução)

Fontes

GANDARA, Gercinair Silvério. Rio Parnaíba: Cidades-Beira. 2008. Tese (Doutorado em História). Brasília: UnB, 2008. Disponível em: https://repositorio.unb.br/handle/10482/1661?mode=full.

GOVERNO DO BRASIL. Bacia do Rio Parnaíba – Apresentação. Serviço Geológico do Brasil (CPRM), [s.d.]. Ministério de Minas e Energia. Disponível em: https://www.cprm.gov.br/sace/parnaiba_apresentacao.php.

GOVERNO DO BRASIL. Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Parnaíba. Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), [s.d.]. Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima. Disponível em: https://www.gov.br/ana/pt-br/aguas-no-brasil/sistema-de-gerenciamento-de-recursos-hidricos/cbh-parnaiba.

LIMA, Iracilde Maria de Moura Fé; LIMA, Almir Bezerra; AUGUSTIN, Cristina Helena Ribeiro Rocha. Nascentes do Rio Parnaíba: usos e conservação da terra e da água. Os Desafios da Geografia Física na Fronteira do Conhecimento, v. 1, p. 594-605, 2017. Disponível em: https://ocs.ige.unicamp.br/ojs/sbgfa/article/view/1829.

Publicado por Mateus Campos

Artigos Relacionados

Capitais do Brasil
Quais são as capitais mais ricas do Brasil? E as mais populosas? Conheça as capitais dos estados e leia a história dos municípios que foram sede do governo federal.
Complexo Regional do Nordeste
As características físicas, hidrográficas e humanas do Complexo Regional do Nordeste.
Meio-Norte
Conheça as características gerais do Meio-Norte, sub-região do nordeste brasileiro.
O Nordeste e as Sub-Regiões
As características físicas das sub-regiões do Nordeste brasileiro.
Piauí
Conheça o Piauí, estado brasileiro que abriga um dos mais importantes sítios arqueológicos do mundo. Saiba mais sobre sua geografia, economia, história e cultura.
Região Nordeste
Clique aqui e veja detalhes da geografia do Nordeste, seus aspectos econômicos, produção, agricultura, pecuária e turismo. Saiba também a história do Nordeste.
video icon
Texto" Matemática do Zero | Polígono convexo e não convexo" em fundo azul.
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Polígono convexo e não convexo
Nessa aula veremos o que é um polígono convexo e um polígono não convexo a partir da definição matemática e, posteriormente, um “macete”.