Whatsapp icon Whatsapp

Casos especiais e facultativos do uso da crase

Os casos especiais e facultativos do uso da crase relacionam-se a pressupostos específicos
Os casos especiais e facultativos do uso da crase relacionam-se a pressupostos específicos

O uso da crase, longe de representar algo inusitado, figura-se entre os questionamentos mais recorrentes acerca dos fatos que norteiam a língua. Da mesma forma, longe de concebermos tal ocorrência como inatingível à nossa compreensão, saibamos que se trata de um assunto bem simples, a partir do instante que tomamos consciência de que ela mantém uma estreita relação com os caso relacionados à regência verbal e nominal.

Nesse sentido, os complementos verbais, a depender das circunstâncias comunicativas, podem ou não estar precedidos do uso dela. Mas, atendendo ao propósito firmado pelo artigo em questão, certifiquemo-nos dos casos facultativos e especiais de tal fato linguístico, de modo a ampliar nossa competência linguística e, sobretudo, fazermos uso dos conhecimentos aqui adquiridos, sobretudo em situações formais de interlocução.

Casos especiais:

# Nos casos relativos à palavra “distância”, há dois aspectos a serem notados:

- Quando ela estiver indeterminada, o uso da crase não se faz necessário;

Captaram os sinais a distância

- Nas circunstâncias em que a palavra distância estiver determinada, o uso da crase será obrigatório.

Captaram os sinais à distância de quatro metros.

# Diante da palavra terra, também há de se observar alguns detalhes:

- No sentido de chão firme, opondo-se a bordo, o uso da crase não é recomendado;

Os tripulantes da embarcação desceram a terra por volta da 14h.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

- Já no sentido de se referir ao planeta Terra, bem como se a palavra terra estiver acompanhada de um determinante, indicando lugar de origem, o uso da crase será recomendado.

Retornamos à terra de meus avós há três meses.

Os astronautas retornaram à Terra por volta do século passado.

# Em se tratando da palavra casa, há duas observações a se fazer:

- No caso de a palavra casa aparecer sem nenhum qualificativo, o uso da crase não será recomendado;

Depois de muito tempo, eu voltei a casa esta semana.

- Já, se a palavra casa estiver determinada, o uso se fará necessário.

Depois de muito tempo, eu voltei à casa de meus pais esta semana.

Casos facultativos:

# Antes de pronomes possessivos femininos;

Desejei boa viagem à (a) minha prima.

# Depois da preposição “até”;

Devemos ir até a (à) secretaria para pegar a transferência.

# Antes de nomes próprios femininos (de pessoas).

Dirigi-me a (à) Paula no sentido de lhe dar a boa notícia

Observação: Nos casos em que o nome próprio vier especificado, determinado, haverá o uso da crase:

Dirigi-me à bela Paula no sentido de lhe dar a boa notícia.

Publicado por Vânia Maria do Nascimento Duarte
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

As vezes = artigo definido e substantivo; significa “as ocasiões”. Às vezes = locução adverbial de tempo que significa “de vez em quando”
As vezes ou às vezes?
Sane todas as suas dúvidas a respeito das expressões “as vezes” e “às vezes”. Vamos lá?
O acento indicador da crase é resultante da junção do artigo “a” + a preposição “a”, o que resulta em À
Características e conceito da crase
Uma seção reservada somente a você, usuário (a), que deseja ampliar ainda mais sua competência linguística sobre a crase. Por isso, não deixe de conferir, clicando, é claro!
O uso da crase antes de pronomes possesivos é aconselhável, de modo a evitar possíveis ambiguidades
Crase antes de pronomes possessivos
O uso da crase antes de pronomes possessivos é aconselhável , com vistas a evitar possíveis ambiguidades. Certifique-se de algumas informações aqui!
O uso da crase se encontra intrinsecamente atrelado à regência verbal
O uso da crase e a regência verbal: uma autêntica parceria
Por que o uso da crase se encontra relacionado com a regência verbal? Nem imagina? Pois agora irá saber, por meio de um simples clique!
video icon
Geografia
Guerra na Ucrânia
Assista à videoaula e entenda a guerra entre Rússia e Ucrânia. Saiba as suas causas e como a comunidade internacional está envolvida nesse conflito.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas.