Whatsapp icon Whatsapp

O pronome “todo” deve ou não vir acompanhado de artigo?

O pronome “todo” pode surgir nas orações precedido ou sucedido do artigo definido “o”, gerando efeitos de sentido distintos nos enunciados.
O pronome “todo”, quando acompanhado ou não de artigo, exerce diferentes funções no interior das orações
O pronome “todo”, quando acompanhado ou não de artigo, exerce diferentes funções no interior das orações

A Gramática reconhece diversas classificações à palavra “TODO”, já que ela pode exercer diversas funções sintáticas e classificações morfológicas no interior das orações (adjetivo, advérbio, pronome indefinido e substantivo). Desse modo, como a palavra “TODO” exerce distintas funções, ela também apresenta diferenciação semântica e gera diferentes efeitos de sentido nos enunciados.

Vejamos como isso acontece se observarmos as distintas funções e efeitos causados pelas formas:

TODO e TODO O”, “TODA e TODA A”

Primeiro, observe que aquilo que diferencia essas formas é o uso ou omissão dos artigos definidos (“O” e “A”).

  • TODO = qualquer

  • TODO O = inteiro

Agora, leia as orações a seguir e reflita a respeito dos efeitos de sentido causados pelo pronome “TODO”:

Pensei em Clara durante todo o dia.

Penso em Clara todo dia.

Ao analisá-las, é possível perceber que:

  • Na primeira oração, o artigo definido “O”, que sucede o pronome “todos”, sugere a ideia de que o sujeito pensou em Clara durante apenas aquele dia especificamente. Podemos dizer também que o sujeito pensou em Clara apenas no período diurno. Assim, atribui-se ao pronome “TODO” o significado de "qualquer".

  • Já na segunda oração, o pronome “TODO” não aparece nem precedido e nem sucedido do artigo definido “O”, e essa ausência gera um efeito de sentido distinto da oração anterior. Observe que, nessa oração, o sujeito pensa em Clara todo dia, ou seja, constantemente. Caso o falante deseje pronunciar a oração no plural, gerando o mesmo efeito de sentido, deverá acrescentar o artigo definido também no plural “OS”: “Penso em Clara todos os dias”. Assim, atribui-se a “TODO O” o significado de "inteiro".

    Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Leia e observe esses mesmos efeitos de sentido causados pela palavra “TODO” em outras orações:

  • Todo mundo contava com sua participação no evento.

Note que o contexto revela que se trata das pessoas em geral, constituintes de um grupo específico.

  • A violência está espalhada por todo o mundo.

Note que aqui o contexto nos revela que se trata de um problema que assola o mundo inteiro.

Vejamos alguns casos particulares:

a) O pronome indefinido será usado sem o artigo quando houver um nome em função predicativa:

  • Tinha dois empregos, todos temporários.

b) O pronome indefinido plural “TODOS” será sucedido de artigo definido plural se o numeral vier seguido de substantivo.

  • Todos os nove deputados foram indiciados.

c) Quando cumpre a função de advérbio e sugerir o sentido de “completamente”, a palavra “TODO” será flexionada como se fosse adjetivo, ou seja, em gênero, grau e número:

  • A cidade estava toda maravilhada.

  • Os operários caminhavam todos felizes.

Publicado por Luciana Kuchenbecker Araújo

Artigos Relacionados

As classificações morfológicas inerentes à palavra como
Conheça-as em apenas um clique!
Elementos textuais – frase-oração - período
Frase – oração – período
Componentes que formam o discurso textual!
Os pronomes demonstrativos de reforço são representados por alguns advérbios e pelas palavras “mesmo” e “próprio”
Pronomes demonstrativos de reforço
Alguns advérbios e as palavras “mesmo e próprio” atuam como pronomes demonstrativos de reforço. Confira os pressupostos que os norteiam!
Há uma diferença entre os pronomes substantivos e os pronomes adjetivos. Estes acompanham o substantivo e aqueles o substituem
Pronomes substantivos e Pronomes adjetivos
Os pronomes substantivos substituem o substantivo e os pronomes adjetivos acompanham o substantivo. Confira aqui alguns pressupostos!
Faz-se se necessário conhecermos as circunstâncias de uso da próclise e da mesóclise
Próclise ou Mesóclise? Circunstâncias de uso
A próclise e a mesóclise são materializadas em circunstâncias específicas de uso. Não deixe de conhecê-las, faltando para isso um clique!
À sintaxe podemos destinar atribuições específicas
Sintaxe – atribuições específicas
Caso você não saiba quais são as atribuições específicas da sintaxe, não se preocupe, pois é só clicar e conferir!
O uso do artigo se encontra relacionado a fatores de ordem específica, passíveis ao nosso conhecimento
Uso do artigo
Você sabe fazer uso do artigo corretamente? Caso tenha alguma dúvida, que tal clicar e conferir algumas dicas?
video icon
Biologia
Órgãos e função do sistema respiratório
O sistema respiratório humano é formado por um conjunto de tubos pelos quais o ar passa e pelos pulmões. O organismo humano obtém sua energia por meio da respiração celular, na qual o gás oxigênio entra no corpo por meio do sistema respiratório e é transportado pelo sangue.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas.