Whatsapp icon Whatsapp

Oração sem sujeito

A oração sem sujeito é aquela que apresenta verbos impessoais, os quais não se referem a uma pessoa do discurso.
A oração sem sujeito é aquela que apresenta verbos impessoais, os quais não se referem a uma pessoa do discurso
A oração sem sujeito é aquela que apresenta verbos impessoais, os quais não se referem a uma pessoa do discurso

Como sabemos, os termos essenciais da oração são o sujeito e o predicado, certo? Nem sempre, pois existem orações que não admitem sujeito, pois são construídas com verbos impessoais, os quais não se referem a uma pessoa do discurso. Veja como isso é possível:

  • outras questões importantes.

  • Choveu durante a tarde.

  • dias ele não é visto.

  • Nevou bastante esta noite.

Os verbos impessoais, grifados em cor azul, não são determinadas por um termo específico da oração, dessa forma, não são flexionados com relação a número e pessoa. Dessa forma, o foco dos enunciados é a ação verbal, a qual não é atribuída a nenhum sujeito.

Vejamos os casos mais comuns de orações sem sujeito:

1) Verbos intransitivos que indicam fenômenos da natureza:

  • chover

  • relampear

  • nevar

  • trovejar

  • amanhecer

  • anoitecer

    Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Veja a aplicação de alguns desses verbos nas orações:

  • Ainda nem amanheceu e você já está reclamando.

  • Trovejou bastante essa noite.

  • Anoiteceu e eu ainda nem terminei de fazer a tarefa de casa.

2) Verbos relacionados com fenômenos da natureza ou expressões temporais:

  • ser

  • estar

  • fazer

  • haver

Veja a aplicação de alguns desses verbos nas orações:

  • É muito trabalho para pouco dinheiro.

  • Faz dois dias que não há chuva.

  • Está chovendo.

  • meses estamos sem internet.

Observe que, como não há sujeito nas orações, os verbos impessoais permanecem na terceira pessoa do singular.

Veja a concordância do verbo haver no sentido de “existir”:

  • muitas pessoas aqui dentro.

  • Havia mil e duzentas pessoas na fila de espera.

  • Houve muitos acidentes por imprudência no trânsito em 2016.

Publicado por Luciana Kuchenbecker Araújo

Artigos Relacionados

Ao analisarmos o núcleo do predicado, definimos se ele é verbal, nominal ou verbo-nominal
Classificação do predicado
Analisando os elementos da oração: Clique e conheça a classificação do predicado.
O sujeito poderá ser determinado simples, determinado composto, determinado elíptico ou indeterminado
Classificação do sujeito
Sujeito simples, composto, oculto ou indeterminado? Clique e saiba mais sobre a classificação do sujeito!
Complemento nominal é um termo integrante da oração.
Complemento nominal
Entenda o que é o complemento nominal. Saiba a diferença entre ele, o adjunto adnominal e o complemento verbal. Conheça os termos integrantes da oração.
O sujeito pode preceder, suceder ou aparecer no interior do predicado
Posições dos sujeitos nas orações
Leia este artigo e tire suas dúvidas sobre as posições em que o sujeito pode aparecer nas orações, isto é, ordem direta, inversa e no interior do predicado.
Sujeito
Entenda o que é o sujeito. Saiba como ele pode ser identificado. Descubra quais são os tipos de sujeito de uma oração.
Sujeito e Predicado
Definição de sujeito e predicado, tipos de sujeito.
Tipos de Predicado e Predicativo
O núcleo do predicado e sua classificação.
Verbos Impessoais
verbos impessoais, o que são verbos impessoais, verbo impessoal significado, verbo impessoal, verbo haver no sentido de existir, verbos impessoais exemplos, orações com verbos impessoais, oração com verbo impessoal.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
videoaula brasil escola
Química
Cinética química
Se ainda tem dúvidas quanto a velocidade das reações, essa videoaula é para você!
video icon
videoaula brasil escola
Português
Redação
Entenda como realizar argumento por causa e consequência com a nossa aula.
video icon
videoaula brasil escola
História
Crise de 1929
A quebra da bolsa de valores de Nova Iorque afetou não só os EUA, como o mundo. Entenda!