Whatsapp icon Whatsapp

Predicativo do objeto

O predicativo do objeto é o termo que qualifica o objeto da oração, seja ele direto ou indireto. O predicativo do objeto não deve ser confundido com o adjunto adnominal.
O predicativo do objeto classifica e qualifica o objeto da oração.
O predicativo do objeto classifica e qualifica o objeto da oração.

O predicativo do objeto é um termo integrante da oração. Ocorre em predicados verbo-nominais — ou seja, aqueles com um núcleo nominal e um núcleo verbal — e sua função é a de qualificar ou classificar o objeto da oração.

Leia também: Adjunto adverbial — um termo acessório da oração

Resumo sobre predicativo do objeto

  • O predicativo do objeto qualifica ou classifica o objeto da oração.

  • Pode ser formado por adjetivos, locuções adjetivas, substantivos e locuções substantivas.

  • Ocorre em predicados verbo-nominais, ou seja, predicados com dois núcleos: um nominal e um verbal.

  • É diferente do predicativo do sujeito, sendo que este qualifica o sujeito da oração.

  • É diferente do adjunto adnominal, sendo que este está sintaticamente atrelado ao termo que acompanha.

Videoaula sobre predicativo do objeto

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que é predicativo do objeto?

O predicativo do objeto é o termo que qualifica e classifica o objeto da oração, seja este um objeto direto (sem preposição) ou indireto (acompanhado de preposição). Por isso, é um termo integrante da oração, isto é, um termo que não é essencial para o entendimento do enunciado, mas que complementa o sentido de outros termos.

O predicativo do objeto aparece em predicados verbo-nominais, ou seja, predicados que têm dois núcleos: um núcleo nominal (composto por um nome, geralmente um substantivo) e um núcleo verbal (composto por um verbo).

Nos exemplos a seguir, vamos entender como o predicativo do objeto qualifica os objetos de cada oração.

Sujeito + verbo + objeto com predicativo do objeto

Ela julgou o livro bem-escrito. (“bem-escrito” qualifica “livro”)
Nós consideramos o grito ensurdecedor. (“ensurdecedor” qualifica “grito”)
Beatriz e Caíque acharam o parquinho divertido. (“divertido” qualifica “parquinho”)

Leia também: Adjetivos e advérbios: pequenas dicas para evitar grandes erros

Formação do predicativo do objeto

Por ser um qualificador, o predicativo do objeto geralmente é formado por adjetivos e locuções adjetivas, mas também pode ser formado por substantivos e locuções substantivas.

Observe nos exemplos a seguir:

Sujeito + verbo + objeto com predicativo do objeto

  • Adjetivos e locuções adjetivas

Elas me julgaram sagaz.

Aqui, o adjetivo “sagaz” é um predicativo porque qualifica o objeto “me”.

  • Substantivos e locuções substantivas

Alguns a chamam garota de Ipanema.

Aqui, a locução substantiva “garota de Ipanema” é um predicativo porque qualifica o objeto “a”.

Diferenças entre predicativo do objeto e predicativo do sujeito

Enquanto o predicativo do objeto qualifica o objeto, o predicativo do sujeito qualifica o sujeito. Ainda assim, tanto o predicativo do sujeito quanto o predicativo do objeto se posicionam no predicado da oração.

Sujeito + verbo + objeto + predicativo do objeto
Nós consideramos a turma concentrada.

Sujeito + verbo + predicativo do sujeito
A turma estava concentrada.

No primeiro exemplo, “concentrada” qualifica o objeto “a turma”. Dessa forma, tem-se um predicativo do objeto. No segundo exemplo, porém, “a turma” é o sujeito da oração, sendo que “concentrada” qualifica esse sujeito. Assim, tem-se um predicativo do sujeito.

Leia também: Classificação do predicado — os três tipos existentes

Diferenças entre predicativo do objeto e adjunto adnominal

O predicativo do objeto qualifica um termo do objeto, mas não está atrelado a ele sintaticamente. O adjunto adnominal acompanha o núcleo (do sujeito ou do objeto), estando sintaticamente atrelado a eles.

Alguns adjuntos adnominais são adjetivos e, como tais, também qualificam o termo que acompanham. Porém, devem acompanhar esses termos mesmo quando a ordem sintática da oração muda, o que não ocorre com o predicativo do objeto. Observe:

Sujeito + verbo + objeto

Predicativo do objeto

Eu considerei a aula interessante.

Como o termo “interessante” não está sintaticamente ligado ao objeto “aula”, ele é classificado como predicativo do objeto. Veja como ele não precisa acompanhar o termo quando há inversão na ordem da oração:

A aula foi considerada interessante por mim.

Aqui, o termo “A aula” passa a ser sujeito, mas “interessante” permanece isolado sintaticamente, passando a ser, nesse caso, predicativo do sujeito.

Adjunto adnominal

A professora ministrou uma aula interessante.

Nesse outro caso, o termo “interessante” está sintaticamente ligado ao termo “aula” e, por isso, seguirá junto quando houver inversão na ordem da oração. Observe:

Uma aula interessante foi ministrada pela professora.

Aqui, o termo “interessante” acompanhou a mudança de posição, pois está sintaticamente ligado ao termo “aula”. Assim, ele continua sendo um adjunto adnominal.

Diferenças entre predicativo do objeto e predicado verbo-nominal

O predicado verbo-nominal é um tipo de predicado em que há dois núcleos: um núcleo verbal (ou seja, composto por um verbo) e um núcleo nominal (composto por um nome, geralmente um substantivo).

O predicativo do objeto é um elemento dentro do predicado verbo-nominal e tem a função de qualificar outro elemento do objeto.

Exercícios resolvidos sobre predicativo do objeto

Questão 1

(Máxima) Das orações abaixo, assinale aquela em que o termo destacado é um predicativo do objeto.

A) A mãe ficou preocupada quando viu seu filho triste.

B) Ansioso, o menino queria encontrar os amigos prontos para a viagem.

C) Bem-humorado, o visitante considerou o café bem saboroso.

D) Eu a vi aflita durante a divulgação do resultado.

Resposta

Alternativa D. O termo “aflita” é predicativo do objeto por qualificar o objeto “a”, em “Eu a vi”.

Questão 2

(Funiversa) Considere o texto a seguir:

Ele conhece a sentença?

Não — disse o oficial, e logo quis continuar com as suas explicações.

Mas o explorador o interrompeu:

Ele não conhece a própria sentença?

Não — repetiu o oficial e estancou um instante, como se exigisse do explorador uma fundamentação mais detalhada da sua pergunta; depois disse:

Seria inútil anunciá-la. Ele vai experimentá-la na própria carne.

[…]

Mas ele certamente sabe que foi condenado, não?

Também não — disse o oficial e sorriu para o explorador, como se ainda esperasse dele algumas manifestações insólitas.

Não — disse o explorador passando a mão pela testa. — Então até agora o homem ainda não sabe como foi acolhida a sua defesa?

Ele não teve a oportunidade de se defender […].

[...]

O oficial se deu conta de que corria perigo de ser interrompido por longo tempo na explicação do aparelho; por isso caminhou até o explorador, tomou-o pelo braço, indicou com a mão o condenado, que agora se punha em posição de sentido, já que a atenção se dirigia a ele com tanta evidência — o soldado também deu um puxão na corrente —, e disse:

As coisas se passam da seguinte maneira. Fui nomeado juiz aqui na colônia penal. Apesar da minha juventude. Pois em todas as questões penais estive lado a lado com o comandante e sou também o que melhor conhece o aparelho. O princípio segundo o qual tomo decisões é: a culpa é sempre indubitável. Outros tribunais podem não seguir esse princípio, pois são compostos por muitas cabeças e além disso se subordinam a tribunais mais altos. Aqui não acontece isso […].

Franz Kafka. O veredicto / Na colônia penal. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

No que se refere aos sentidos e aos aspectos linguísticos do texto, julgue o item.

O termo “juiz” (último parágrafo) exerce, no período em que ocorre, a função de predicativo do objeto.

( ) Certo

( ) Errado

Resposta

Errado. No período destacado, o termo “juiz” exerce função de predicativo do sujeito, qualificando o sujeito “eu”.

Publicado por Guilherme Viana
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

O adjunto adjunto adnominal aparece associado a um substantivo
Adjunto adnominal
Aprenda o que é o adjunto adnominal e descubra como esse termo acessório pode expressar-se na oração.
Aposto e vocativo
Entenda o que é aposto e vocativo. Descubra qual a diferença entre eles. Saiba quais sãos os tipos de aposto. Confira exercícios resolvidos sobre o tema.
O adjetivo pode ser classificado como adjunto adnominal ou predicativo
Diferença entre Adjunto Adnominal e Predicativo
A diferença entre adjunto adnominal e predicativo se dá pelo fato de que este representa um termo essencial e aquele um termo acessório. Saiba mais aqui!
O objeto direto integra o sentido de um verbo transitivo direto
Objeto direto
Aprenda o que é objeto direto e entenda a sua função como termo integrante da oração.
O objeto direto interno se perfaz de particularidades linguísticas distintas
Objeto direto interno: particularidades linguísticas
Objeto direto interno. Por que tal denominação? Descubra aqui acerca das particularidades linguísticas que o norteiam!
O objeto indireto integra o sentido de verbos transitivos indiretos
Objeto indireto
Conheça o objeto indireto, complemento que se liga a um verbo transitivo indireto por meio de uma preposição.
A organização sintática se manifesta pela habilidade do emissor em saber articular bem as partes de um discurso.
Organização sintática
Uma das habilidades de que precisa dispor o emissor se refere à organização sintática. Conheça aqui acerca das características que a norteiam!
O sujeito pode preceder, suceder ou aparecer no interior do predicado
Posições dos sujeitos nas orações
Leia este artigo e tire suas dúvidas sobre as posições em que o sujeito pode aparecer nas orações, isto é, ordem direta, inversa e no interior do predicado.
O predicativo do sujeito é um termo localizado no predicado da oração que serve para qualificar ou classificar o sujeito.
Predicativo do sujeito
Aprenda o que é predicativo do sujeito e qual é a função sintática desse termo na oração. Entenda como ele é formado e pratique o que aprendeu com exercícios.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Genitive Case
É hora de aperfeiçoar sua gramática na Língua Inglesa. Assista!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Sociologia
Democracia racial
Você sabe o que significa democracia racial? Clique e nós te ensinamos!
video icon
Tigres Asiáticos
Geografia
Tigres Asiáticos
Assista à nossa videoaula sobre os Tigres Asiáticos, e conheça as razões do desenvolvimento rápido desses territórios.