Site, saite e sítio

Site, saite e sítio... estamos diante de três vocábulos que nos convidam a discorrer acerca de um importante fato – a questão dos estrangeirismos. Há de se convir que eles, por fatores distintos, são inevitáveis, tornando-se presentes cada vez mais no nosso idioma. Fatores esses relacionados a aspectos históricos, políticos, socioculturais, modismos e, principalmente, ao avanço tecnológico, o qual se encontra em plena ascendência nos dias atuais. 

A título de exemplificarmos a presente afirmação, tomaremos como base algumas palavras por nós já conhecidas. Entre elas podemos citar: 

Abajur, originária do francês abat-jour, relativo à luminária. 

Baguete, também do francês baguette, representando um pão no formato fino e longo. 

Blecaute, do inglês black-out, fazendo referência à interrupção noturna no fornecimento de energia elétrica, entre tantos outros.

Ao evidenciá-los, percebemos que ao se incorporarem na língua portuguesa passam por um processo fonológico (relacionado ao som), como também por um processo gráfico (relacionado à grafia). É bom mencionar que os vocábulos acima já se encontram retratados no VOLP (Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa). Partindo dessa premissa, citamos o caso de saite, embora ainda não tenha sido oficializado pelo então documento. Prova disso é que quase não vemos ninguém escrevê-lo de tal forma.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Partimos agora para o termo site, ora representando um vocábulo estrangeiro cujo sentido se atém a um conjunto de páginas virtualmente localizado em algum ponto da Web. Sendo assim, tornou-se frequente em nosso vocabulário, mantendo-se intacto. Mas, e a palavra sítio? Ora, para nós trata-se de uma pequena propriedade rural destinada ao lazer ou ao cultivo de alguma plantação. Resumindo em breves palavras, temos que sítio seria aquele lugar, digamos assim... menor que a fazenda, compreende? Assim, tanto em Portugal, quanto no Brasil, “sítio” faz referência a um determinado local, como bem verificamos nos sítios paleontológicos e arqueológicos.

Portanto, quais das formas são corretas? A bem da verdade, resta-nos concluir que todas elas podem se aplicar perfeitamente. Cada escolha que fizermos revelará tão somente atitudes distintas em relação ao nosso idioma.

Site, saite e sítio representam o mesmo significado – fazendo referência a “lugar”
Site, saite e sítio representam o mesmo significado – fazendo referência a “lugar”
Publicado por: Vânia Maria do Nascimento Duarte
Assuntos relacionados
Dispensa e despensa
Fui despensado ou dispensado do serviço militar? Veja aqui!
Mal ou Mau?
Qual a diferença entre estas expressões? Conheça agora!
Em face de ou face a?
Há alguma expressão incorreta?
Discrição, descrição
Vamos tratar esse assunto com descrição ou discrição? Veja aqui!
Ascendência e descendência são palavras de sentido contrário. Esta significa a prole; e aquela, a origem
Ascendência e descendência
Ascendência e descendência são palavras de sentido contrário. Ascendência diz respeito à origem; e descendência, à prole.
As incoerências gramaticais mostram-se como recorrentes, porém não devem persistir
Incoerências gramaticais
Incoerências gramaticais são ocorrências comuns, contudo, passíveis de serem contornadas. Confira acerca de algumas delas aqui!