Whatsapp icon Whatsapp

Vogal temática

A vogal temática faz parte da estrutura das palavras, ligando o radical às desinências formadores das palavras e constituindo o tema.
A vogal temática tem a função de ligar o radical às desinências, formando o tema
A vogal temática tem a função de ligar o radical às desinências, formando o tema

Para que possamos compreender melhor o significado das palavras, é necessário compreendermos seus elementos formadores. Cada elemento formador das palavras representa uma unidade mínima de significação: o morfema. Os elementos mórficos formadores das palavras são: raiz, radical, tema, afixos (prefixos e sufixos), desinências (nominais e verbais), vogal ou consoante de ligação e vogal temática (nominal e verbal), a respeito da qual tratamos neste artigo.

Vogal temática

A vogal temática liga o radical (morfema que contém o significado básico da palavra) às desinências (elementos terminais indicativos das flexões das palavras) formadores das palavras, constituindo o tema. Na Língua Portuguesa, os verbos (ações) e os substantivos (nomes) apresentam vogais temáticas.

Veja alguns exemplos:

Amar (verbo)

Radical: am

Vogal temática: a

Afixo: r

 

Amor (substantivo)

Radical: am

Vogal temática: o

Afixo: r


Vogal temática nominal

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

As vogais são nominais quando são átonas (pronunciadas de maneira mais fraca) e estão no final das palavras. Essas vogais juntam-se à desinência indicadora de plural (número do substantivo).

Veja alguns exemplos:

  • escola-s

  • cadeira-s

  • controle-s

Observe que os substantivos acima não sofrem flexão de gênero (masculino e feminino) e, por isso, essas terminações não devem ser consideradas como sendo desinências.

É preciso ficar atento às palavras como 'Pará', 'toró', 'chulé', as quais são terminadas em vogais tônicas (pronunciadas de maneira mais forte) e, por isso, não apresentam vogal temática.

Vogal temática verbal

As vogais -a, -e, -i tematizam as terminações das conjugações verbais -ar, -er, -ir.

Veja alguns exemplos:


Primeira conjugação

  • admirar

  • derrubar

  • acordar

Segunda conjugação

  • saber

  • padecer

  • rever

Terceira conjugação

  • ouvir

  • banir

  • dividir

Publicado por Luciana Kuchenbecker Araújo

Artigos Relacionados

As consoantes podem ser classificadas a partir da função, modo e ponto de articulação
Consoantes
Neste artigo você vai estudar as consoantes da Língua Portuguesa e sua classificação. Vamos lá?
Derivação imprópria
Saiba qual é a definição de derivação imprópria. Veja alguns exemplos desse fenômeno linguístico e, além disso, faça exercícios para fixar o conteúdo.
Estrutura das palavras
Conceitos básicos e classificação dos morfemas.
Formação de palavras
Formação das Palavras
Os principais processos de formação de palavras.
Os morfemas são classificados em desinência, raiz, radical, afixo, tema e vogal temática
Morfemas
Leia este artigo para saber mais sobre os morfemas, as menores unidades de significação que formam as palavras.
Processo de formação das palavras
Derivação? Sufixação? Como realmente isso se dá?
As vogais são a base das sílabas na Língua Portuguesa
Vogais
Neste artigo você vai conhecer as cinco vogais e também descobrir por que elas são a base das sílabas da Língua Portuguesa.
video icon
Matemática
Divisão de números complexos na forma algébrica
Nesta videoaula veremos como fazer a divisão de números complexos na forma algébrica. Para isso, veremos antes o que é o conjugado de um número complexo.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Filosofia
Anaxágoras
Assista nossa videoaula para entender mais sobre o pensamento pluralista de Anaxágoras.
video icon
Videoaula Brasil Escola
Guia de Profissões
Publicidade e Propaganda
Que tal conhecer um pouco mais sobre as funções de um publicitário?
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Estrangeirismo
Nessa videoaula você entende sobre o estrangeirismo na música "Samba do Approach."