Governo de Itamar Franco

Mediante a crise que se instaurava com as denúncias de corrupção contra Collor, a figura pacata e discreta do vice-presidente Itamar Franco estabeleceu uma espécie de contrapeso. Executado o processo de impeachment, ele se tornou o novo presidente do país e teve o respaldo de uma ampla coalizão de partidos. Fundamentalmente, sua missão seria promover uma transição segura e tranquila até que um novo processo eleitoral determinasse a escolha de outro presidente.

Empossado em dezembro de 1992, o novo presidente do Brasil teve como primeira missão realizar um plebiscito previsto pela Constituição de 1988. Na votação, a população iria decidir qual forma de governo deveria ser adotada no país. Ao fim da contagem, a República presidencialista acabou sendo preservada com mais da metade dos votos válidos. Enquanto isso, as questões econômicas continuavam a alarmar a população como um todo.

No final de 1993, uma nova equipe econômica foi formada sob a liderança de Fernando Henrique Cardoso, sociólogo que então assumia o Ministério da Fazenda. No dia 28 de fevereiro de 1994, o governo anunciou o Plano Real, posto como mais uma tentativa realizada em prol da recuperação da economia e o combate imediato de nossas taxas inflacionárias. Pelo novo plano, uma nova moeda, o Real, iria promover a estabilidade econômica através da paridade da moeda com as reservas cambiais disponíveis.

Para que essas taxas cambiais assegurassem a estabilidade da moeda, o governo interveio na economia estabelecendo uma política de juros elevada. Com isso, a economia brasileira ganhava a capacidade de atrair capitais estrangeiros sem maiores dificuldades. Apesar de arriscado, esse modelo de desenvolvimento da economia conseguiu captar recursos e combater a inflação em um curto prazo de tempo. Uma nova esperança era injetada em amplas camadas da população.

Ao fim de seu breve mandato, Itamar Franco experimentou o auge de sua popularidade. Nas eleições de 1994, o ministro Fernando Henrique Cardoso aproveitou do bom momento para lançar a sua candidatura à presidência do país, pelo PSDB. Valendo-se como autor e mantenedor do Plano Real, ele conseguiu vencer as eleições sem maiores dificuldades.


Por Rainer Sousa
Mestre em História
O governo de Itamar Franco se popularizou pela implantação do Plano Real.
O governo de Itamar Franco se popularizou pela implantação do Plano Real.
Publicado por: Rainer Gonçalves Sousa
Assuntos relacionados
A euforia do Plano Real garantiu a vitória tranqüila de Fernando Henrique Cardoso nas eleições de 1994.
Eleições de 1994
O processo eleitoral que consagrou os benefícios do Plano Real.
Fernando Collor discursando no dia de sua posse, em 15 de março de 1990 *
Governo Collor
Saiba de detalhes do Governo Collor, que durou três anos (1990 a 1992) e foi interrompido por um processo de impeachment.
Fernando Henrique Cardoso foi o primeiro presidente reeleito em dois mandatos consecutivos.*
Segundo governo de Fernando Henrique Cardoso
O segundo governo de Fernando Henrique Cardoso ficou marcado pelos problemas sociais e econômicos. Clique aqui e saiba mais sobre esse período!
Praça dos Três Poderes com manifestantes exigindo a saída de Collor da presidência *
Impeachment de Fernando Collor
Saiba como ocorreu o impeachment de Fernando Collor e quais circunstâncias levaram a tal acontecimento.
Floriano Peixoto, vice de Deodoro da Fonseca, assumiu o poder após a renúncia deste
Vice-presidentes que assumiram o governo do Brasil
Saiba quais foram os vice-presidentes que assumiram o governo do Brasil e em quais circunstâncias isso ocorreu.
Fernando Henrique Cardoso
Clique para saber mais detalhes da vida de Fernando Henrique Cardoso, o primeiro presidente do Brasil a ser reeleito para um segundo mandato.