Whatsapp icon Whatsapp

Guerra dos Emboabas

A Guerra dos Emboabas foi o primeiro conflito ocorrido na região das minas e envolveu bandeirantes, os primeiros que encontraram o metal precioso, e os estrangeiros, pessoas vindas de outras partes do Brasil e de Portugal. Os bandeirantes queriam a exploração exclusiva das minas, porém as pessoas que chegavam depois também deram início à exploração. A guerra aconteceu entre os anos de 1708 e 1709, sendo vencida pelos emboabas, ou seja, os estrangeiros. Logo após o conflito, a Coroa portuguesa decidiu intervir na exploração do ouro no Brasil, e os bandeirantes foram explorar a região de Goiás e Mato Grosso.

Leia também: Guerra dos Mascates – conflito pelo domínio da capitania de Pernambuco

Os emboabas

A palavra emboaba tem origem indígena e significa “estrangeiro”, “forasteiro”. Durante o período colonial, emboaba era a denominação dada às pessoas que chegaram à região das minas, onde os paulistas haviam encontrado ouro, estabelecendo-se para explorar metais preciosos. Essa denominação tinha o sentido pejorativo durante o período colonial.

Contexto histórico da Guerra dos Emboabas

A Guerra dos Emboabas foi um conflito entre paulistas e estrangeiros pela disputa das minas de ouro.
A Guerra dos Emboabas foi um conflito entre paulistas e estrangeiros pela disputa das minas de ouro.

Logo após a crise da produção açucareira, no final do século XVII, no Nordeste brasileiro, a Coroa portuguesa incentivou a formação de expedições para o interior do Brasil em busca da exploração de metais preciosos.

No vilarejo de São Paulo de Piratininga, expedições particulares foram organizadas para adentrar o sertão brasileiro em busca de metais preciosos e de indígenas para trabalharem escravizados nas plantações paulistas. As expedições bandeirantes alcançaram as regiões de Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso, fazendo as primeiras ocupações de colonos nessas localidades.

Ao contrário do Nordeste, a produção paulista não tinha como alvo atender o mercado europeu, mas sim os moradores da região. Era uma produção de subsistência, por isso a mão de obra indígena era ideal. As inúmeras expedições organizadas pelos bandeirantes saíram de São Paulo e avançaram pelo interior do Brasil, encontrando os primeiros indícios de que havia ouro na região.

Com o encontro da grande quantidade do metal precioso às margens dos rios e nas minas, os bandeirantes se instalaram para começar a exploração. Com a notícia se espalhando por todas as regiões da colônia e até em Portugal, começava a primeira grande expedição para o interior, iniciando o seu povoamento e inaugurando as primeiras cidades.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Quais as causas da Guerra dos Emboabas?

Com a notícia da descoberta de ouro no sertão do Brasil, inúmeras pessoas migraram para a região das minas em busca da riqueza por meio da exploração do metal precioso. Os bandeirantes vindos de São Paulo foram os primeiros a chegarem às minas, e solicitaram à Coroa portuguesa a permissão para as explorar exclusivamente. No entanto, os estrangeiros, ou seja, aqueles que chegaram depois dos paulistas, não queriam saber quem chegou primeiro, mas sim iniciar prontamente a exploração do ouro.

Aqueles que chegaram posteriormente foram chamados pejorativamente de emboabas, um termo indígena que significa “estrangeiros”, “forasteiros”. Não tardou para que paulistas e emboabas entrassem em conflito, disputando a exploração das minas de ouro. Os emboabas, pouco antes da guerra, mataram dois chefes paulistas que tentaram impor o domínio dos bandeirantes e nomearam Manuel Nunes Viana como governador da região das minas. Dessa forma, os estrangeiros estavam destinados a expulsar os paulistas e obter o domínio da exploração aurífera.

Veja também: Diferenças entre escravidão indígena e escravidão africana

O conflito

Os paulistas e os emboabas se confrontaram entre 1708 e 1709. Manuel Nunes Viana liderou as tropas emboabas enquanto Borba Gato chefiou os bandeirantes na guerra. Em Campo da Traição, próximo da atual cidade mineira de Tiradentes, aconteceu a batalha mais trágica e que definiu a vitória dos emboabas. Com a expulsão dos paulistas, os estrangeiros tiveram o domínio das minas.

Estátua de Borba Gato, na cidade de Santo Amaro (SP). Ele liderou as tropas paulistas na Guerra dos Emboabas (1708-1709).[1]
Estátua de Borba Gato, na cidade de Santo Amaro (SP). Ele liderou as tropas paulistas na Guerra dos Emboabas (1708-1709).[1]

Fim da Guerra dos Emboabas

Com a derrota dos paulistas, as minas ficaram sob o domínio dos estrangeiros, o que impulsionou a ida de novas expedições para a região, vindas de várias partes do Brasil e de Portugal.

Quais as consequências da Guerra dos Emboabas?

A Guerra dos Emboabas chamou a atenção da Coroa portuguesa para a necessidade de intervir na exploração dos metais precisos no Brasil. Foi criada a Capitania das Minas de Ouro para melhor administrar e fiscalizar tal exploração. Além disso, a Coroa começou a cobrar impostos como o quinto, ou seja, 20% do outro extraído ficavam retidos.

Os paulistas foram expulsos da região, mas não desistiram da exploração aurífera e migraram para Goiás e Mato Grosso, descobrindo novas minas de ouro, instalando-se na região e fundando novas vilas, como Vila Boa e Pirenópolis. A economia brasileira se diversificou com o surgimento do comércio interno, que atendia a população que trabalhava nas minas.

Exercícios resolvidos

Questão 1 - Assinale a alternativa que corretamente aponta o motivo que desencadeou a Guerra dos Emboabas:

A) Disputa pelo domínio da região das minas entre paulistas e estrangeiros.

B) Os emboabas queriam vingar a invasão holandesa, em 1640.

C) Tentativa de proclamar a independência do Brasil.

D) Invasão dos espanhóis na região das minas.

Resolução

Alternativa A. Os paulistas foram os primeiros a descobrirem minas de ouro no interior do Brasil. Por conta disso, eles esperavam obter a exclusividade na exploração dos metais preciosos. A chegada de pessoas vindas de outras regiões brasileiras e também de Portugal fez com que a região se tornasse muito disputada, o que motivou a guerra.

Questão 2 - Qual foi o desfecho da Guerra dos Emboabas?

A) Os paulistas derrotaram os emboabas e tornaram-se os únicos a explorar a região das minas.

B) A Coroa portuguesa dividiu as minas de forma igual entre paulistas e estrangeiros.

C) Os emboabas venceram, e foi criada a Capitania das Minas de Ouro.

D) Os paulistas foram derrotados e desistiram da exploração do ouro.

Resolução

Alternativa C. Os emboabas derrotaram os paulistas na batalha ocorrida no Campo da Traição. A Coroa portuguesa atuou de forma efetiva na região das minas e criou a Capitania das Minas de Ouro.

Crédito da imagem

[1] Geogast / Commons

Publicado por Carlos César Higa
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

A crise da mineração
Os fatores que influíram na decadência da atividade mineradora no Brasil.
Barroco Mineiro
Fique sabendo como se formou, em cidades que eram sede da prospecção de ouro no Brasil Colônia, o barroco mineiro. Conheça suas principais características e autores.
Ciclo do Ouro
Clique aqui, saiba o que foi o Ciclo do Ouro, entenda quais foram suas causas e suas consequências e leia algumas curiosidades.
Entradas e bandeiras
Acesse o site e conheça mais sobre as entradas e bandeiras. Veja como essas expedições foram importantes na descoberta de metais precisos e como elas se deram.
video icon
Texto"Matemática do Zero | Condição de existência de triângulos" em fundo azul.
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Condição de existência de triângulos
Nessa aula veremos a condição de existência de um triângulo utilizando um raciocínio lógico e em seguida formalizando esse conhecimento.