Minas Gerais

O estado de Minas Gerais está localizado na região Sudeste do Brasil, fazendo fronteira com São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia e Goiás. Disposto sobre uma área planáltica, as altitudes condicionam temperaturas mais amenas ao longo do ano. Sua vegetação predominante é a de Cerrado.

Considerando sua população, Minas Gerais é o segundo estado mais populoso do Brasil, o que lhe confere uma diversidade cultural bastante característica. A economia estadual é liderada pelo setor de serviços, mas destaca-se a importância da agropecuária, da indústria de processamento de alimentos e ainda da extração mineral para a dinâmica econômica mineira.

Leia também: Tocantins – o estado mais novo do Brasil

História de Minas Gerais

A história do estado de Minas Gerais, da sua ocupação, tem início muito cedo dentro do período de colonização do Brasil. Vale ressaltar que a região onde hoje se localiza o estado já era ocupada por populações indígenas, que eram da ordem de 100 aproximadamente antes da colonização portuguesa. A chegada dos europeus levou à escravização de muitos desses indígenas e à dizimação dos seus povos.

A busca por metais preciosos na região obteve êxito entre o final do século XVII e início do XVIII, quando as primeiras minas de ouro foram descobertas. Com isso, iniciaram-se o chamado Ciclo do Ouro do período colonial brasileiro e o processo de ocupação de Minas Gerais. Decorrem desse período a formação dos primeiros centros urbanos no interior do Brasil e, em escala mais ampla, a ocupação interiorana do país, seguindo as atividades econômicas secundárias ligadas à mineração.

Esse período é identificado por importantes conflitos que marcaram a história do estado, como a Guerra dos Emboabas, travada entre bandeirantes paulistas descobridores das jazidas e os colonizadores portugueses pelo direito à comercialização do ouro. O segundo conflito de maior importância é a Inconfidência Mineira, motivado pela alteração nas políticas fiscais de Portugal sobre a exploração aurífera na região.

Bandeira de Minas Gerais, que tem expresso o lema da Inconfidência Mineira.
Bandeira de Minas Gerais, que tem expresso o lema da Inconfidência Mineira.

A exploração e produção de ferro começaram no estado a partir do século XIX, que foi quando a produção cafeeira também passou a desempenhar importante papel para a economia e para a política da região. Considerando esse último aspecto, teve destaque a política do café com leite, que diz respeito à alternância da presidência entre representantes mineiros e paulistas entre 1889 e 1930.

O processo de industrialização do estado de Minas ganhou forças a partir da década de 1940 e foi estimulado a partir do governo de Juscelino Kubitschek, que deu maior atenção à infraestrutura espacial essencial para a atração de novas indústrias para a região. O aumento do dinamismo econômico do estado e a maior diversificação industrial e produtiva tiveram início a partir da década de 1970. Atualmente, o estado é considerado um dos mais industrializados do Brasil.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Dados gerais de Minas Gerais

  • Região: Sudeste.

  • Capital: Belo Horizonte.

  • Governo: estrutura dividida entre Executivo (governador), Legislativo (Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais) e Judiciário (Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais).

  • Área territorial: 586.521,123 km2 (IBGE, 2019).

  • População: 21.292.666 habitantes (IBGE, 2020).

  • Densidade demográfica: 33,41 hab/km2.

  • Fuso: horário padrão de Brasília (GMT -3 horas).

  • Clima: tropical, tropical de altitude e semiárido.

Geografia de Minas Gerais

O estado de Minas Gerais está localizado na região Sudeste do Brasil, fazendo fronteira com:

Consiste no quarto maior estado brasileiro em área territorial, ficando atrás de Amazonas, Pará e Mato Grosso. Em termos populacionais, fica no topo da lista das unidades de federação mais populosas, que é liderada por São Paulo.

Veja também: Quais são os tipos de crescimento populacional?

  • Clima de Minas Gerais

Três tipos climáticos são predominantes no estado de Minas Gerais, sendo eles:

  • tropical;

  • tropical de altitude;

  • semiárido.

O primeiro deles é caracterizado por temperaturas elevadas mesmo no inverno, quando as mínimas atingem cerca de 18º. Essa estação é seca, e os verões, chuvosos, com índices pluviométricos que vão de 700 mm a 1300 mm. Ocorre em parte do Triângulo Mineiro, na porção central e nordeste do estado e na faixa leste, na divisa com o Espírito Santo.

O clima tropical de altitude ocorre nas porções mais elevadas do território, como nas regiões das serras da Mantiqueira, Canastra e Espinhaço. Abrange toda a região sudeste do estado e uma parte da área central. As temperaturas são amenas na maior parte do ano e os invernos são secos. O clima semiárido ocorre na região norte do estado, onde faz divisa com a porção sul da Bahia. É predominantemente quente e seco, com precipitações que ficam abaixo dos 1000 mm anuais.

  • Vegetação de Minas Gerais

O estado de Minas Gerais é composto por três biomas, sendo eles:

  • Cerrado, na porção oeste do território e em todo o Triângulo Mineiro, cobrindo um total de 22% do estado;

  • Mata Atlântica, a leste, onde o estado faz divisa com Rio de Janeiro e Espírito Santo, com cobertura de 9,5%;

  • Caatinga, na sua região norte, onde há a ocorrência do semiárido, havendo, dentro dessas áreas, algumas manchas com a presença dos outros domínios. Ao todo, sua cobertura é de apenas 1% do território.

Há também a presença de Campos Rupestres ou de Altitude nas áreas mais elevadas, como as serras da Canastra, Espinhaço e Mantiqueira.

  • Relevo de Minas Gerais

A morfologia de Minas Gerais é caracterizada pela presença de planaltos, possuindo, no geral, altitudes elevadas, que variam dos 500 aos 1500 metros, com exceção das áreas onde se encontram os vales dos rios como o vale do Paranaíba e Grande, a oeste, mais precisamente no Triângulo Mineiro, o vale do São Francisco, ao norte, e os vales do Jequitinhonha, Rio Mucuri, Rio Doce e Rio Paraíba do Sul, a leste no território. Nessas áreas, as altitudes variam de 100 a 500 metros.

Serra do Cipó, compreendida no Maciço do Espinhaço, uma das principais formações rochosas do estado de Minas Gerais.
Serra do Cipó, compreendida no Maciço do Espinhaço, uma das principais formações rochosas do estado de Minas Gerais.

Minas Gerais se situa sobre os planaltos do Atlântico e Central, estando este disposto no norte do estado. Nessa área, destaca-se o Maciço do Espinhaço, onde se encontra o Quadrilátero Ferrífero. As Serras da Mantiqueira, da Canastra e do Caparó são as principais formações da porção sul do território mineiro.

O pico mais elevado do estado é o Pico da Bandeira, que fica na divisa com o Espírito Santo e possui 2.892 metros de altitude.

  • Hidrografia de Minas Gerais

O estado possui nove bacias hidrográficas, sendo elas:

  • Bacia do Rio Grande, que se estende por toda a região sul, na divisa do estado com São Paulo;

  • Bacia do Paranaíba, no sudeste e parte leste, na divisa com Goiás;

  • Bacia do Rio São Francisco, a maior em extensão do estado (235.442 km2), que vai do centro-sul até a divisa com a Bahia;

  • Bacia do Pardo;

  • Bacia do Jequitinhonha;

  • Bacia do Rio Doce;

  • Bacia do Rio Mucuri;

  • Bacia do São Mateus;

  • Bacia do Paraíba do Sul.

Acesse também: Rio São Francisco – importante rio brasileiro cuja nascente é encontrada em MG

Mapa de Minas Gerais

Mapa de Minas Gerais e sua localização no território nacional. Fonte: IBGE.
Mapa de Minas Gerais e sua localização no território nacional. Fonte: IBGE.

Demografia de Minas Gerais

Conforme as informações mais recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população de Minas Gerais é composta por mais de 21 milhões de habitantes, sendo, por isso, o segundo estado mais populoso do Brasil. Com relação à densidade demográfica, entretanto, Minas Gerais aparece em 14º lugar.

Apresentando queda na taxa de fecundidade, a tendência é uma queda no crescimento da população mineira nos próximos anos. A idade média da sua população fica em torno dos 34,26 anos, superior à idade média da população brasileira, que gira em torno dos 32 anos|1|. A expectativa de vida no estado é, atualmente, de 77,7 anos, também acima da média do Brasil, que é de 76,7 anos.

Divisão geográfica de Minas Gerais

O estado de Minas Gerais pode ser dividido em mesorregiões e microrregiões, conforme o IBGE.

O mapa abaixo representa as 12 mesorregiões identificadas pelo instituto, que são:

  • Norte de Minas;

  • Noroeste de Minas;

  • Jequitinhonha;

  • Central Mineira;

  • Vale do Mucuri;

  • Vale do Rio Doce;

  • Metropolitana de Belo Horizonte;

  • Zona da Mata;

  • Campo das Vertentes;

  • Oeste de Minas;

  • Triângulo Mineiro/Alto Parnaíba;

  • Sul/Sudoeste de Minas.

Mesorregiões mineiras de acordo com o IBGE.
Mesorregiões mineiras de acordo com o IBGE.

Cada uma delas é, por sua vez, dividida em microrregiões, composta por grupos de municípios.

Economia de Minas Gerais

O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de Minas Gerais, de acordo com o IBGE, era de 0,731, colocando-o na 9º posição entre os estados brasileiros. O Produto Interno Bruto (PIB), por sua vez, foi de R$ 576 bi no ano de 2017, sendo os rendimentos mensais per capita no valor de R$ 1.358. O PIB de Minas Gerais é o segundo maior do Brasil, ficando atrás de São Paulo.

A nível espacial, a região metropolitana de Belo Horizonte é aquela que apresenta maior dinamismo econômico, seguida da região do Triângulo Mineiro e Alto Parnaíba. Na primeira, o destaque fica com o setor de serviços, liderado pelas atividades do setor financeiro e pelo comércio. Já no Triângulo Mineiro, são a agropecuária, a indústria de alimentos e a exploração mineral que conduzem a economia regional.

Na agricultura, os principais cultivos são café, cana-de-açúcar, milho, soja e feijão. Na indústria extrativa há o predomínio da extração de minerais metálicos, enquanto a indústria de transformação é liderada pela metalurgia e produtos alimentícios. Por último está o setor de serviços, responsável pela maior parcela do PIB do estado. Entre suas principais atividades estão a administração pública e o comércio.

Governo de Minas Gerais

A estrutura governamental de Minas Gerais é organizada a partir dos Três Poderes.

  • Executivo: representado pelas figuras do governador e do vice-governador estaduais.

  • Legislativo: representado pela Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais (Alemg) e pelo Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE).

  • Judiciário: representado pelos tribunais de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJMG) e de Justiça Militar do Estado de Minas Gerais (TJM).

Leia também: Vereador – cargo político do Legislativo municipal

Infraestrutura de Minas Gerais

O conjunto de infraestrutura em Minas Gerais, sobretudo quando se consideram os transportes, é bastante desenvolvido e confere grande dinamismo para o estado, assim como promove a sua integração de forma eficaz com as demais regiões do Brasil.

A malha rodoviária é uma das maiores do país, contando com 272.062,02 km de rodovias, dos quais mais de 28 mil km se encontram pavimentados. Esse dado coloca Minas Gerais como o estado com a maior extensão de vias pavimentadas no Brasil. Ainda sobre as rodovias, Minas é atravessada por 11 rodovias federais, representadas pelas iniciais BR.

Amaior extensão de rodovias pavimentadas do país fica em Minas Gerais.[1]
A maior extensão de rodovias pavimentadas do país fica em Minas Gerais.[1]

Minas Gerais possui também uma extensa malha ferroviária, que se estende por 4.800 km. Esse modal se faz presente no território mineiro desde o século XIX, tendo sido importante para o desenvolvimento econômico, com transporte de mercadorias, e o transporte de pessoas. Atualmente há apenas um trem que faz o translado de passageiros no estado. A maioria é responsável pelo transporte da produção das atividades extrativistas, como a mineração.

Importante também para a economia mineira e o escoamento de produtos são os portos secos, dispostos em cinco cidades: Betim, Juiz de Fora, Uberaba, Uberlândia e Varginha|2|.

Cultura de Minas Gerais

Minas Gerais é detentora de uma enorme diversidade cultural, fruto tanto da sua localização geográfica, entre estados de diferentes regiões do país, quanto do processo de formação de sua população. Sua riqueza cultural é expressa por meio dos costumes, das artes em suas mais variadas vertentes (literatura, música, teatro, escultura, pintura), da culinária, do artesanato e da religião.

Uma das manifestações típicas e de cunho religioso é a Festa de Nossa Senhora do Rosário, comumente referida como Festa do Congado pela presença dos Guardas do Congado. A Festa dos Santos Reis, conhecida como Folias de Reis, é igualmente popular no estado.

Os guardas do Congado dão alcunha à manifestação cultural-religiosa que acontece em Minas Gerais no mês de janeiro.
Os guardas do Congado dão alcunha à manifestação cultural-religiosa que acontece em Minas Gerais no mês de janeiro.

A arquitetura é outro importante aspecto da cultura mineira, com edificações que vão das coloniais, aquelas características do Ciclo do Ouro, especialmente em Ouro Preto, até o período contemporâneo. Destaca-se a obra de Antônio Francisco de Lisboa, o Aleijadinho. Entre seus trabalhos mais famosos está o Santuário de Bom Jesus de Matosinhos, no município de Congonhas.

A culinária é fortemente atrelada à identidade do estado, e muitos dos seus pratos típicos são consumidos em todo o território nacional. O pão de queijo e os queijos artesanais são os primeiros a serem associados a Minas Gerais, acompanhados do café. A diversidade de sabores do estado perpassa ainda por preparações como o feijão-tropeiro, frango caipira com fubá, paçoca de carne-seca, bem como doces que levam na sua base o leite, como doce de leite, e ovos.

Notas

|1| População vai parar de crescer no Brasil e em Minas Gerais, diz IBGE. Estado de Minas, 25 jul. 2018. (Clique aqui e acesse).

|2| Infraestrutura. Agência de Promoção de Investimento e Comércio Exterior de Minas Gerais. (Clique aqui e acesse).

Crédito da imagem

[1] Christyam de Lima / Shutterstock

Publicado por: Paloma Guitarrara
Assuntos relacionados
O acidente em Mariana causou danos materiais e socioeconômicos*
Acidente em Mariana (MG) e seus impactos ambientais
Entenda um pouco mais sobre o acidente em Mariana e seus impactos ambientais para o Brasil.
Aleijadinho
Clique e conheça a vida de Aleijadinho. Saiba como ele se tornou escultor, qual foi a doença que o acompanhou durante sua vida e quais são suas principais obras.
Barroco Mineiro
Fique sabendo como se formou, em cidades que eram sede da prospecção de ouro no Brasil Colônia, o barroco mineiro. Conheça suas principais características e autores.
Brumadinho é uma cidade localizada em Minas Gerais e está na região metropolitana de Belo Horizonte
Desastre ambiental em Brumadinho
Entenda o desastre ambiental que ocorreu em Brumadinho (MG): saiba o que aconteceu com a barragem, tenha informações sobre o número de mortes e desaparecidos, além de compreender os problemas ambientais ocasionados em decorrência dessa tragédia. Veja também a reação de algumas organizações ligadas ao meio ambiente.
Espírito Santo
Conheça os aspectos geográficos do Espírito Santo. Saiba mais sobre o processo de ocupação histórica e de desenvolvimento econômico desse pequeno estado sudestino.
Goiás
Conheça a história do estado de Goiás. Veja os principais elementos constitutivos da geografia goiana e saiba mais sobre a dinâmica econômica e demográfica local.
Vila Rica, atual Ouro Preto, foi o palco de uma das mais importantes revoltas do período colonial do Brasil.
Inconfidência Mineira
Clique e acesse este texto a respeito de uma das mais importantes revoltas da história da colonização do Brasil: a Inconfidência Mineira.
A mineração é uma importante atividade econômica que consiste na exploração de minérios.
Mineração
Entenda mais sobre mineração, atividade econômica sinônimo de desenvolvimento e também de impactos ambientais negativos.
Localização da Paraíba no mapa do Brasil
Paraíba
Clique aqui e conheça as principais características do estado da Paraíba!
Região Sudeste
Conheça os principais aspectos geográficos da região Sudeste do Brasil. Entenda a importância política dessa região, assim como o seu dinamismo econômico.
Rio de Janeiro
Conheças as principais características geográficas do estado do Rio de Janeiro. Veja aspectos da população, da economia e da cultura do território fluminense.
Santa Catarina
Conheças as características de Santa Catarina. Veja quais são os setores de destaque da economia local. Saiba mais sobre os imigrantes que povoaram o estado.