Whatsapp icon Whatsapp

Mato Grosso

  Mato Grosso é um estado da região Centro-Oeste do Brasil. Está localizado em um ponto central da América do Sul. A sua geografia é formada e influenciada pela presença, em seu território, de três grandes biomas: Floresta Amazônica, Cerrado e Pantanal. O estado possui uma população aproximada de 3,5 milhões de habitantes. A cultura local é marcada pela influência indígena e africana, além dos colonizadores europeus.

A história do Mato Grosso está relacionada ao processo de ocupação do interior do território brasileiro e à busca por metais preciosos na região. A descoberta de ouro e diamantes fomentou a ocupação do estado e sua economia. Na atualidade, a base econômica mato-grossense é a agropecuária, setor em que o estado é destaque internacional. Contudo, a produção primária encontra como obstáculo principal a infraestrutura incipiente, que dificulta o escoamento da produção para outras regiões.

Leia também: Estados do Brasil – entidades autônomas que possuem seus próprios governos

Dados gerais do Mato Grosso

  • Região: Centro-Oeste

  • Capital: Cuiabá

  • Governo: Mauro Mendes (2019-2022)

  • Área territorial: 903.207 km² (IBGE, 2019)

  • População: 3.526.220 habitantes (IBGE, 2020)

  • Densidade demográfica: 3,36 hab./km² (IBGE, 2010)

  • Fuso: UTC-4

  • Clima: Tropical

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

História de Mato Grosso

O atual território de Mato Grosso já pertenceu à Espanha por meio do Tratado de Tordesilhas, assinado em 1494, antes mesmo do processo de colonização do Brasil. Com a chegada dos colonizadores portugueses ao litoral brasileiro e da evolução da ocupação do interior do Brasil, cresceu o interesse de Portugal pelas possíveis reservas de minerais presentes no país.

Além disso, as inúmeras incursões de forças estrangeiras e as indefinições sobre as fronteiras terrestres resultaram em um novo acordo entre Espanha e Portugal. Nesse contexto foi assinado o Tratado de Madri (1750), o qual assegurava que o território do Mato Grosso pertencia ao Brasil, sob a colonização de Portugal. A capitania de Mato Grosso foi fundada nesse período, mais precisamente, em 1748.

A maioria da população local, nesse período, foi atraída pelos depósitos de recursos minerais, como o ouro, em especial, na região da capital, Cuiabá. A mineração foi o fator pioneiro de povoamento do Mato Grosso, sendo que, após a decadência da atividade, o estado sofreu com o isolamento político e econômico.

Já após a proclamação da república (1889), novas levas de imigrantes chegaram à região, atraídas pela exploração de borracha e madeira. A ocupação do território foi se desenvolvendo, inclusive com incentivos fiscais estatais, que buscavam atrair contingente populacional para a região.

Nos anos 1970, por exemplo, muitos sulistas chegaram ao estado em razão dos incentivos do Estado para a ocupação de terra para a prática da agropecuária. Em 1979, o território do Mato Grosso foi dividido em dois estados (Mato Grosso e Mato Grosso do Sul). Desde então o estado é destaque no desenvolvimento das atividades agropecuárias.

Veja também: Quais são as capitais dos estados do Brasil?

O estado do Mato Grosso é conhecido como um dos grandes celeiros agrícolas do mundo, em razão da elevada produção agropecuária. [1]
O estado do Mato Grosso é conhecido como um dos grandes celeiros agrícolas do mundo, em razão da elevada produção agropecuária. [1]

Geografia de Mato Grosso

O estado de Mato Grosso está localizado na região Centro-Oeste do Brasil, na porção mais central da América do Sul. O território mato-grossense faz divisa com:

Ele é o terceiro maior estado em território do Brasil. Além disso, faz fronteira com a Bolívia. O relevo estadual é composto predominantemente por áreas de baixa altitude, sendo formado por planaltos aplainados. Por sua vez, há a ocorrência de áreas localizadas no planalto central brasileiro, mais elevado, e também de planícies rebaixadas, como o Pantanal. Os principais rios que cortam o Mato Grosso são Araguaia, Cuiabá, Paraguai, Teles Pires, e Xingu.

O clima do Mato Grosso é o Tropical, marcado por duas estações bem definidas, uma quente e úmida e outra amena e seca. O estado comporta três dos mais importantes biomas do Brasil:

Desse modo, apresenta uma vegetação muito rica, marcada pela diversidade de espécies e pela importância ambiental.

Mapa do Mato Grosso

Fonte: IBGE.
Fonte: IBGE.

Divisão geográfica do Mato Grosso

O estado de Mato Grosso tem 141 municípios. Eles estão divididos em cinco geográficas intermediárias e 18 regiões geográficas imediatas, conforme a divisão geográfica dos estados brasileiros, proposta pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no ano de 2017. A tabela seguinte apresenta a divisão geográfica do estado:

Regiões geográficas intermediárias

Regiões geográficas imediatas

Cuiabá

Cuiabá

Tangará da Serra

Diamantino

Cáceres

Cáceres

Pontes e Lacerda - Comodoro

Mirassol d’Oeste

Sinop

Sinop

Sorriso

Juína

Alta Floresta

Peixoto de Azevedo – Guarantã do Norte

Juara

Barra dos Garças

Barra dos Garças

Confresa – Vila Rica

Água Boa

Rondonópolis

Rondonópolis

Primavera do Leste

Jaciara

Fonte: IBGE.

Demografia do Mato Grosso

A população absoluta de Mato Grosso é de 3.526.220 habitantes, porém o estado apresenta uma população relativa de apenas 3,36 habitantes por quilômetro quadrado, em razão da grande área territorial estadual. A população mato-grossense é predominantemente urbana, sendo que a maior cidade do estado é a capital, Cuiabá, com cerca de 600 mil habitantes.

As cidades de Várzea Grande, Rondonópolis, Sinop e Tangará da Serra também são centros urbanos importantes do estado, todas com mais de 100 mil habitantes. A população do Mato Grosso é formada por descendentes de portugueses, africanos e indígenas, além de grande volume de migrantes oriundos da região Sul do Brasil.

A capital de Mato Grosso, Cuiabá, é a maior cidade em população do estado e foi uma das primeiras cidades fundadas em território mato-grossense. [2]
A capital de Mato Grosso, Cuiabá, é a maior cidade em população do estado e foi uma das primeiras cidades fundadas em território mato-grossense. [2]

Economia do Mato Grosso

O setor dominante da economia do Mato Grosso é o primário. O estado é um grande produtor agrícola de soja, milho e algodão. A maior parte é cultivada em latifúndios monocultores, com alto emprego de agrotóxicos e mecanização, sendo a produção voltada para o mercado externo.

Essas mesmas características estão presentes na pecuária, em especial, na produção de rebanho bovino. Além do gado, o estado é destaque na área pesqueira, sendo o maior produtor de pescado de água doce do país.

Já no extrativismo, há a extração de seivas, como a borracha natural, e também de madeira. O Mato Grosso é o maior produtor de diamante do Brasil, além da elevada produção de ouro e pedras coradas, como a ametista e o quartzo rosa.

Os setores secundário e terciário locais possuem um papel secundário na economia mato-grossense. As indústrias locais estão voltadas para o beneficiamento dos bens primários, com destaque para empresas de farelo e óleo de soja, frigoríferos e beneficiamento de madeira. O comércio e os serviços, além dos órgãos públicos, são importantes meios de geração de emprego e renda, em especial nas cidades. Já o turismo tem crescimento nos últimos anos, com destaque para o ecoturismo, muito praticado em regiões como o Pantanal e o Xingu.

Governo do Mato Grosso

O Poder Executivo do estado de Mato Grosso tem como representantes legais o governador Mauro Mendes e o vice-governador Otaviano Pivetta. O estado possui 24 deputados estaduais, que representam a população nas decisões estaduais. Já em nível federal, Mato Grosso está representado por oito deputados federais e três senadores.

Bandeira do Mato Grosso

Infraestrutura do Mato Grosso

A infraestrutura do Mato Grosso começou a se concretizar nos anos de 1970, com as políticas de povoamento do estado empreendidas pelo governo federal. Desse modo, foram construídas, em especial, rodovias federais que integrassem o território mato-grossense aos demais estados do país.

Além disso, a rede de transportes do estado é formada por rodoviais estaduais e um aeroporto de grande porte, localizado em Várzea Grande. A principal ferrovia do estado é a Ferronorte, que liga Mato Grosso até o porto de Santos (SP), sendo uma importante via de escoamento da produção de grãos do estado. No mais, o estado possui cidades bem estruturadas, muitas delas desenvolvidas com o aporte de ferramentas de planejamento urbano.

As redes de saúde e educação públicas atendem todo o território mato-grossense, inclusive as aldeias indígenas existentes no estado. Com o crescimento das atividades agropecuárias, novos investimentos devem ser realizados no estado, a fim de melhorar a logística estadual e atender o crescimento da população local.

Veja também: Demarcação de terras indígenas – garantia de direitos territoriais dos indígenas

Cultura do Mato Grosso

As apresentações culturais de Siriri e Cururu são muitos tradicionais no Mato Grosso.
As apresentações culturais de Siriri e Cururu são muitos tradicionais no Mato Grosso.

O estado do Mato Grosso possui uma cultura baseada nos costumes trazidos pelos colonizadores da região. Desse modo, há influências europeias, mas também indígenas e africanas. O estado é um celeiro de danças e gêneros musicais ainda pouco conhecidos no Brasil.

São tradicionais as apresentações de Siriri, uma dança indígena, e do Cururu, um desafio de rimas musicais. O sertanejo é o ritmo musical mais popular, seguido pelo lambadão cuiabano, que possui forte influência da música paraense. São instrumentos musicais tradicionais mato-grossenses a viola de cocho e o ganzá.

Créditos das imagens

[1] Alf Ribeiro / Shutterstock

[2] Roberto Tetsuo Okamura / Shutterstock  

Publicado por Mateus Campos

Artigos Relacionados

Acre
Saiba mais sobre o Acre. Leia sobre a sua história e veja de que forma é composta a cultura da região. Conheça os principais aspectos geográficos do estado.
Bandeira de Cuiabá
Cuiabá
Saiba mais sobre a história de Cuiabá. Leia sobre o papel dos bandeirantes na fundação dessa cidade e veja dados sobre a geografia, demografia e economia cuiabana.
Distrito Federal
Conheça as características do Distrito Federal. Entenda a divisão geográfica e a forma de administração pública que são específicas desse ente federado brasileiro.
Goiás
Conheça a história do estado de Goiás. Veja os principais elementos constitutivos da geografia goiana e saiba mais sobre a dinâmica econômica e demográfica local.
Mato Grosso do Sul
Conheça o Mato Grosso do Sul, estado brasileiro originado do desmembramento do Mato Grosso. Veja os principais aspectos do território sul-mato-grossense.
Paraná
Conheça os aspectos geográficos do estado do Paraná. Saiba mais sobre o processo de ocupação histórica estadual, assim como sobre o seu desenvolvimento econômico.
Pernambuco
Conheça as principais características geográficas de Pernambuco. Veja quais são as principais atividades econômicas, sociais e culturais presentes no estado.
Sergipe
Conheças as características geográficas de Sergipe. Saiba mais sobre o menor estado em extensão territorial do Brasil. Aprenda um pouco de sua história e cultura.
video icon
Português
Derivação Imprópria
Assista agora mesmo à nossa aula sobre derivação imprópria e aprenda um pouco mais sobre esse processo de formação de novas palavras, o qual acontece pela mudança de classe gramatical da palavra.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas.