Holocausto

O Holocausto foi o assassinato em massa de minorias consideradas “inferiores” pelos alemães nazistas. Entre as vítimas estavam principalmente judeus, mas outros grupos também foram alvos, como homossexuais, ciganos e doentes mentais.

Logo após a chegada dos nazistas ao poder na Alemanha e a escolha de Adolf Hitler como chanceler, os judeus sofreram perseguições, como o fechamento de suas lojas e as prisões sem nenhuma justificativa. Muitos foram encaminhados para os campos de concentração, onde foram submetidos a condições desumanas e mortos nas câmaras de gás.

Leia também: Hannah Arendt – filósofa judia que vivenciou a perseguição nazista

Antissemitismo na Alemanha

  • Leis de Nuremberg

As Leis de Nuremberg, com características antissemitas, foram aprovadas em 1935. A Lei de Proteção do Sangue e da , por exemplo, proibia os judeus de casarem-se ou manterem relações sexuais com não judeus. Além disso, proibia os judeus de usarem as cores do Reich (vermelho, preto e branco) bem como ter empregada doméstica com menos de 45 anos de idade. Era uma forma de os nazistas manterem a “pureza” da raça ariana.

Outra lei era a da Cidadania do Reich, que excluía qualquer direito aos judeus. Quem tivesse ¾ de sangue judeu ou praticasse o judaísmo não teria direito à cidadania. Aos judeus caberia apenas o cumprimento severo das suas obrigações, e eles estavam excluídos de qualquer direito. Para saber mais detalhes sobre essa legislação antissemita, leia: Leis de Nuremberg.

  • Noite dos Cristais

Um estudante judeu de 17 anos assassinou o diplomata alemão Ernst vom Rath na embaixada da Alemanha, em Paris, em 1938. O ato foi uma resposta à expulsão dos seus pais da Alemanha. Hitler ordenou que ações violentas fossem feitas contra judeus como forma de punição ao ato ocorrido em Paris contra o diplomata. Na noite do dia 9 de novembro do mesmo ano, começaram os ataques contra os comércios judeus. Era a Noite dos Cristais. O nome deu-se por causa dos vidros quebrados das lojas durante as ações de repressão por parte do governo nazista.

A Noite dos Cristais é chamada também de pogrom ataque violento contra um grupo específico. Além da destruição das lojas, vários judeus foram presos nessa ação e levados para campos de concentração. Saiba mais informações sobre esse episódio lendo o texto: Noite dos Cristais.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Solução Final

Em 1939, a Alemanha invadiu a Polônia, dando início à Segunda Guerra Mundial. O conflito fez com que os nazistas pensassem em uma solução para a “questão judaica”, ou seja, de que forma eliminar os judeus da Europa já que os campos de concentração não estavam prontos quando a guerra começou. Os judeus foram agrupados em guetos e neles aguardavam qual destino seguir: campos de concentração ou de extermínio.

Nos guetos, os judeus sofreram com a discriminação, mas também com a falta de condições básicas de sobrevivência. Muitos perderam a vida por causa de doenças ou foram para os campos de concentração enfraquecidos. O mais famoso foi o Gueto de Varsóvia, localizado na Polônia e organizado logo após a invasão nazista. Os judeus desse gueto tentaram rebelar-se contra os nazistas, mas foram derrotados. Leia mais detalhes sobre essa decisão dos nazistas em: Solução Final: o plano de extermínio dos judeus.

  • Grupos de extermínio

Os grupos de extermínio foram criados para exterminar os judeus. Integrantes desses grupos pretendiam matá-los para promover a “limpeza” dos alemães. Os judeus eram fuzilados e enterrados em valas ou também usados como cobaias para experimentos feitos por médicos nazistas. A matança de judeus foi tanta que os próprios fuziladores tiveram problemas psicológicos por causa dos assassinatos em massa.

Crianças judias em um campo de concentração, onde eram separadas dos pais.
Crianças judias em um campo de concentração, onde eram separadas dos pais.
  • Campos de concentração

Os campos de concentração são os maiores exemplos do Holocausto. Milhões de judeus foram encaminhados para esses locais, onde eram forçados a trabalhos desumanos ou encaminhados diretamente para a câmara de gás. Auschwitz, na Polônia, é o campo mais lembrado. Viktor Frankl, psiquiatra judeu e sobrevivente de um campo de concentração, relata em seu livro, Em busca de sentido, o sentimento daqueles que desembarcavam dos lotados vagões de trem em um desses campos:

“De repente, do amontoado de gente esperando ansiosamente no vagão, surge um grito: 'Olha a tabuleta: Auschwitz!' Naquele momento, não houve coração que não se abalasse. Todos sabiam o que significava Auschwitz. Esse nome suscitava imagens confusas mas horripilantes de câmara de gás, fornos crematórios e execuções em massa. O trem avança lentamente, como que hesitando, como se quisesse dar aos poucos a má notícia à sua desgraçada carga humana: Auschwitz.”

Logo após a derrota nazista na guerra, os soldados aliados obrigaram os alemães que moravam perto dos campos de concentração a entrarem e verem o que o os nazistas fizeram contra os judeus. Cineastas foram chamados para gravarem imagens nos campos de concentração a fim de registrar o crime contra a humanidade praticado por Hitler e obter provas para o julgamento do alto-comando alemão que aconteceria, anos depois, em Nuremberg. Saiba maiores detalhes sobre esses locais inóspitos e desumanos lendo o texto: Campos de concentração.

Campo de concentração de Auschwitz, onde milhares de judeus perderam suas vidas.
Campo de concentração de Auschwitz, onde milhares de judeus perderam suas vidas.

Filmes que abordam o Holocausto

  • A lista de Schindler

  • O menino do pijama listrado

  • O pianista

  • A vida é bela

  • Campos de Concentração nazistas

Resumo sobre o Holocausto

  • O Holocausto foi o assassinato em massa de judeus na Alemanha nazista.

  • Antissemitismo na Alemanha: grupos de extermínio e progrom.

  • Solução Final: exterminar os judeus para garantir a “limpeza da Alemanha”.

Veja também: O nazismo era de esquerda ou de direita?

Exercícios resolvidos

Questão 1 – Assinale a alternativa que corretamente apresenta o que foi a Noite dos Cristais:

A) Foi uma ação violenta contra os judeus como vingança do governo nazista ao assassinato de um diplomata alemão praticado por um estudante judeu de 17 anos.

B) Desencadeou a invasão alemã da Polônia para expandir-se a construção de campos de concentração.

C) Foi o roubo praticado por agentes nazistas que assaltaram bancos judeus e aprisionaram milhões de cristais valiosos para financiar o armamento alemão na Segunda Guerra Mundial.

D) Os Aliados invadiram a Alemanha e atacaram o bunker onde Adolf Hitler estava escondido, acabando assim a guerra na Europa.

Resolução

Alternativa A. Ao descobrir que o assassino do diplomata alemão em Paris foi um estudante judeu, Hitler ordenou ações violentas contra os judeus. Lojas e casas pertencentes a eles foram destruídas na noite de 9 de novembro de 1938. Esse evento ficou conhecido como Noite dos Cristais.

Questão 2 – Logo após o início da Segunda Guerra Mundial, em 1939, os nazistas planejavam a Solução Final para o que eles chamavam de “questão judaica”. Qual era o principal objetivo dessa solução:

A) reintegrar os judeus à sociedade alemã.

B) transformar os judeus em soldados de guerra.

C) exterminar os judeus e promover a “limpeza” da raça ariana.

D) conceder a cidadania aos judeus.

Resolução

Alternativa C. A Solução Final foi a tentativa dos nazistas de exterminar os judeus da Europa. Grupos de extermínio foram criados para assassinar judeus por fuzilamento. Médicos usaram judeus como cobaias para seus experimentos.

Publicado por: Carlos César Higa
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

(UFU 2007) [modificada] O depoimento a seguir, escrito por uma pesquisadora polonesa em 1985, relembra momentos de sua adolescência entre judeus em Varsóvia. Trecho 1: anos finais da década de 1930; trecho 2: meados da década de 1940.

Trecho 1

"Àquela época, era difícil para qualquer um ingressar na escola de medicina da Universidade de Varsóvia - para uma moça ou um rapaz judeu, era quase impossível. Embora as universidades polonesas não tivessem chegado a adotar a exclusão total, havia não obstante uma clara restrição extra-oficial ao número de judeus admitidos como alunos, em especial nos cursos que preparavam profissionais liberais, como o de medicina."

Trecho 2

"Os guardas obrigam mais e mais pessoas a entrarem, até que fica difícil respirar. Crianças gritam, homens praguejam e blasfemam, uma pessoa fica histérica. - Vamos botar essas três judias pra fora! - exclama de repente uma mulher. - Estaremos bem melhor sem elas. Uma forte reprimenda faz com que ela se cale. - Mais uma palavra - um homem mutilado diz asperamente - e quem vai ser jogada pra fora é você." BAUMAN, Janina. "Inverno na Manhã. Uma jovem no Gueto de Varsóvia". Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2005, p. 17 e 198.

Considerando a narrativa apresentada e o contexto a que se refere, assinale a alternativa correta.

a) A perseguição nazista aos judeus não causou inicialmente muita estranheza, pois diferentes práticas antissemitas eram comuns no dia a dia em várias partes da Europa.

b) O catolicismo e o anglicanismo eram muito difundidos na Polônia já naquela época. Fato este que justificava o forte preconceito contra outras religiões, até mesmo antes do surgimento do nazismo.

c) O convívio entre praticantes de diferentes religiões é indesejável, sobretudo em regiões com culturas tradicionais ou em espaços muito habitados, devido ao risco de violências.

d) Hostilidades, restrições e perseguições são sempre lembradas por escritores que viveram o holocausto, mas não se repetem atualmente devido à grande tolerância religiosa.

e) Na Polônia, o antissemitismo e o holocausto foram conduzidos pelos próprios poloneses católicos.

Questão 2

(UFSCAR 2008) "Esse mundo novo de extermínio em massa e aniquilação cultural patrocinados pelo Estado deu origem a um novo termo - genocídio, que surgiu em 1944 (...)" (Mark Mazower. "Continente sombrio". SP: Companhia das Letras, 2001.)

O termo genocídio foi historicamente cunhado com o extermínio:

a) dos anarquistas ucranianos durante a revolução bolchevique.

b) dos judeus durante a vigência do nazismo.

c) dos romenos no seu processo de independência.

d) dos etíopes na invasão italiana.

e) dos zulus durante o governo racista da África do Sul.

Mais Questões
Assuntos relacionados
Adolf Hitler
Acesse e descubra detalhes da vida de Adolf Hitler, o líder do partido nazista. Entenda como foi a vida do homem responsável pela morte de milhões.
Antissemitismo
Clique aqui para entender o que é antissemitismo, qual a origem do termo, o que são povos de origem semita e o porquê de os judeus serem tão hostilizados.
Selo russo celebrando, em 1995, os 50 anos da vitória sobre os alemães na Batalha de Berlim*
Batalha de Berlim e a queda do Nazismo
Entenda os fatos relacionados à Batalha de Berlim, como a subsequente queda do Nazismo entre os últimos eventos da Segunda Guerra Mundial.
Portal encontrado no campo de concentração de Auschwitz. No portal, está escrito “o trabalho liberta”.
Campos de concentração
Clique para acessar este texto do Mundo Educação que traz informações a respeito dos campos de concentração nazistas. Veja com nosso texto uma definição simples do que eram os campos de concentração, conheça outros exemplos na história e saiba detalhes do funcionamento de um campo nazista.
O trabalho escravo e a exploração do trabalho infantil são exemplos de violações contra os direitos humanos.
Direitos Humanos
Clique e conheça a história da defesa e do reconhecimento dos Direitos Humanos, a atuação da ONU, além de ter acesso à Declaração Universal dos Direitos Humanos.
Estado laico é aquele que não adota religião oficial, promove a liberdade religiosa e protege, igualmente, aqueles que não optarem por uma crença.
Estado laico
Clique aqui e saiba o que é Estado laico, sua importância e desde quando o Brasil é um país laico. Saiba também o que são os Estados confessional, teocrático e ateu.
Benito Mussolini foi o líder do Partido Nacional Fascista e assumiu o governo italiano em 1922.*
Fascismo
Clique para entender o que é fascismo de forma clara e fácil. Conheça aqui a história desse movimento, as características do fascismo, o que é neofascismo e também a história de ascensão do fascismo italiano, comandado por Benito Mussolini. Veja aqui o que deve ser levado em consideração ao classificar um governo como fascista.
Soldados americanos desembarcando na praia de Omaha, na Normandia, durante o Dia D, em 1944
Fases da Segunda Guerra Mundial
Conheça a trajetória da Segunda Guerra Mundial no continente europeu em suas duas fases.
Crianças vítimas do genocídio armênio
Genocídio e etnocídio
Você conhece a diferença entre genocídio e etnocídio? Embora sejam conceitos diferentes, eles estão relacionados. Saiba mais!
Gestapo
Clique para conhecer detalhes importantes a respeito da Gestapo, a polícia secreta dos nazistas. Entenda como surgiu, quais suas funções e como acabou.
Acima, os oficiais nazistas Himmler e Heydrich, operadores do extermínio de judeus *
Grupos de extermínio nazistas – Einsatzgruppen
Saiba o que eram e como atuavam os grupos de extermínio nazistas, conhecidos como Einsatzgruppen e criados por Himmler e Heydrich.
Monumento em homenagem às vítimas do Holodomor, na Ucrânia *
Holodomor
Saiba o que foi o Holodomor e o porquê de sua importância para a compreensão do contexto da URSS sob a liderança de Stalin.
Hitler discursando em Danzig, cidade conquistada pelos alemães durante a Invasão da Polônia *
Invasão da Polônia e início da Segunda Guerra Mundial
Clique e entenda o evento que causou o início da Segunda Guerra Mundial: a invasão da Polônia em 1939.
Memorial em homenagem às vítimas polonesas do Massacre de Katyn *
Massacre de Katyn
Clique e saiba mais sobre o massacre de Katyn, organizado pela polícia secreta soviética contra prisioneiros poloneses durante a Segunda Guerra.
Cruz de ferro nazista com a suástica ao centro
Nazismo
Conheça as características do nazismo e as etapas de ascensão do partido nazista ao poder na Alemanha, nos anos 1920 e 1930.
Grupo de neonazistas italianos fazendo a saudação nazista.*
Neonazismo
Clique no link para acessar este texto sobre o movimento conhecido como neonazismo. Entenda qual é a ideologia defendida pelos neonazistas, conheça um pouco da trajetória histórica desse grupo e alguns de seus símbolos. Veja também o contexto da história do nazismo.
Loja judia com vitrines quebradas após a “Noite dos Cristais” na Alemanha
Noite dos Cristais
Fique sabendo o que foi a Noite dos Cristais, ocorrida durante o período de vigência do nazismo na Alemanha.
O nazismo é um dos regimes totalitários mais conhecidos na história do século XX.*
Regimes totalitários
Clique no link e saiba mais sobre os três regimes totalitários que existiram na Europa do período entreguerras: fascismo, nazismo e stalinismo.
No portal de entrada do campo de extermínio de Auschwitz está escrito: Arbeit Macht Frei (“o trabalho liberta”)
Solução Final: o plano de extermínio dos judeus
Você sabe o que foi a Solução Final? Entenda como foi arquitetado esse que foi o plano nazista de extermínio dos judeus na Europa.