Whatsapp icon Whatsapp

Tóquio

Tóquio, capital do Japão, é conhecida por ser a metrópole mais populosa do mundo. Repleta de bairros turísticos, templos e parques, atrai milhares de turistas o ano todo.
Tóquio é o centro financeiro, econômico e político do Japão.
Tóquio é o centro financeiro, econômico e político do Japão.

Tóquio é a capital do Japão e sede do governo nacional. É considerada uma das maiores metrópoles do planeta e também o centro político, econômico, educacional e cultural do Japão. A metrópole representa uma das áreas de maior aglomeração urbana do mundo. A metrópole é constituída por 23 bairros, 26 municípios adicionais e as ilhas Izu e Ogasawara.

Leia também: Diferença entre populoso e povoado

Geografia

O Japão é um arquipélago de 6.852 ilhas, sendo estas quatro as maiores: Honshu, Hokkaido, Kyushu e Shikoku. As principais províncias do país concentram-se na costa de Honsu, maior ilha do arquipélago, inclusive Tóquio.

As províncias fronteiriças são:

  • Norte: Saitama

  • Oeste: Yamanashi

  • Leste: Chiba

  • Sul: Kanagawa

O relevo é, em geral, bastante acidentado com muitas áreas montanhosas e com a presença de vulcões. O clima da capital japonesa é temperado e apresenta umidade do ar elevada. Os períodos de chuva e de nuvens carregadas sobressaem-se e há poucos dias de céu claro. O inverno é rigoroso, com temperaturas baixas e as máximas não ultrapassam 35ºC, sendo a temperatura média anual de 14ºC. Há ocorrências de tufões periódicos em Tóquio.

Leia também: Cidades globais

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

População

Tóquio é a metrópole com maior aglomeração populacional do mundo.
Tóquio é a metrópole com maior aglomeração populacional do mundo.

A capital japonesa possui um pouco mais de 9 milhões de habitantes. Já a região metropolitana de Tóquio, que compreende todas as grandes cidades no entorno, possui um aglomerado de aproximadamente 37 milhões de habitantes, o maior aglomerado urbano do mundo.

Segundo previsões feitas pela Organização das Nações Unidas, Tóquio seguirá no topo da lista, sendo a cidade mais populosa, até 2028. As previsões apontam que a cidade de Nova Deli, na Índia, irá ultrapassar a capital japonesa.|1|

História

Tóquio foi fundada em 1457 e chamava-se Edo. A metrópole tornou-se capital do Japão com o atual nome em 1868. A expansão da cidade aconteceu ao longo dos anos, tornando-se bastante populosa. Grandes desastres naturais assolaram a região, destruindo parte de Edo, provocando incêndios e tirando a vida de milhares de pessoas.

Isso se deve à sua localização, por estar em uma região de vulcões e na fronteira das placas tectônicas Euro-asiáticas e do Pacífico, portanto está suscetível a abalos sísmicos e outros fenômenos geológicos.

A existência de arranha-céus, que é uma marca da cidade, só é possível devido aos avanços tecnológicos na construção desses edifícios, pois além dos fenômenos naturais, as guerras também destruíram a cidade, especialmente no período da Segunda Guerra Mundial.

Foi reconstruída no pós-guerra, voltando a crescer e se desenvolver com a criação de linhas de metrô e trem, instalação de diversas indústrias, melhoramento do sistema de saneamento básico e de infraestrutura, tornando-se uma das cidades de maior dinamicidade do mundo. O Japão foi a primeira nação a sair do status de país menos desenvolvido para país desenvolvido.

Leia também: Japão após Segunda Guerra Mundial

Economia

Tóquio apresenta o maior produto interno bruto do mundo, sendo, portanto, o centro financeiro do Japão, assim como do continente asiático, com a presença de inúmeras empresas, bancos, entre outros. O PIB da metrópole é avaliado em um pouco mais de US$ 1,4 trilhão. Tóquio foi eleita uma das cidades com maior custo de vida do planeta.

Muitas empresas possuem suas sedes na metrópole, visto que a bolsa de valores da capital japonesa é uma das mais representativas do mundo. Em Tóquio, bem como no país como um todo, há uma forte presença de companhias eletrônicas, além de petroquímicas, fábrica de automóveis e empresas de imprensa.

Turismo

Em Tóquio, há diversos templos budistas e santuários famosos.
Em Tóquio, há diversos templos budistas e santuários famosos.

Tóquio é visitada por milhares de turistas o ano todo. Possui vários pontos turísticos como templos budistas, santuários famosos como Meiji e Sensoji, parques e jardins, como Ueno e Yoyogi. A prefeitura é um dos pontos mais visitados. Aproximadamente 2 milhões e meio de pessoas visitam a metrópole, sendo os turistas, em sua maioria, asiáticos e norte-americanos.

Principais pontos turísticos

  1. Tsukiji Fish Market : um famoso mercado em Tóquio que oferece café da manhã com peixe fresco. Nele, há leilões de peixes e frutos do mar.

  2. Edo-Tokyo Museum : moderno edifício que apresenta a história da cidade por meio de exposições.

  3. Bairro Harajuku: conhecido por inspirar moda, famoso pela sua street fashion.

  4. Shinjuku: nesse bairro, encontra-se a estação ferroviária mais movimentada do mundo e o parque Shinjuku Gyoen, um parque com paisagens lindas durante as estações de outono e primavera.

  5. Asakysa: bairro histórico onde se situa o templo budista Senso-ji.

Leia também: Dez cidades para visitar nas férias e aprender História do Brasil

Shibuya

O bairro Shibuya possui o cruzamento mais movimentado do mundo.
O bairro Shibuya possui o cruzamento mais movimentado do mundo.

Shibuya é um bairro de Tóquio. Nele, encontra-se o cruzamento mais movimentado do mundo, o Shibuya Crossing. Centenas de pessoas atravessam a avenida em diversas direções. Aparentemente, há uma desorganização, mas os pedestres e veículos respeitam as sinalizações. Nesse bairro, há também as duas estações mais movimentadas do mundo: a Estação de Shinjuku e a Estação de Shibuya. Nele, vivem cerca de 224 mil habitantes.

Curiosidades

  • Tóquio foi considerada, pela Revista Monocle, a cidade mais habitável do mundo.

  • A capital japonesa sediará os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos em 2020.

  • É a metrópole mais populosa do mundo.

  • Em Tóquio, encontra-se a Torre de Tóquio, com 333 metros de altura.

  • É o maior eixo internacional de transportes: ferroviário, terrestre e aéreo do Japão.

  • Tóquio possui mais de duzentas estações de metrô.

Notas

|1| Até 2028, Nova Deli ultrapassará Tóquio. Para acessar, clique aqui.

*Créditos de imagem: Michael Gordon / Shutterstock

Publicado por Rafaela Sousa

Artigos Relacionados

Monte Fuji, ponto mais elevado do Japão.
Geografia do Japão
Geografia do Japão, Como o Japão é conhecido, A configuração do território japonês, As ilhas contidas no Japão, A extensão territorial do Japão, Número de habitantes do Japão.
Os japoneses estão ligados a tecnologias.
Informações úteis sobre o Japão
Informações úteis sobre o Japão, Informações sobre o território do Japão, Informações sobre a população do Japão, Informações sobre a economia do Japão, Informações sobre as atividades econômicas do Japão.
Tóquio, capital japonesa
Japão
Aspectos da segunda maior potência econômica do planeta.
O general Douglas MacArthur liderou a ocupação americana no Japão
Japão após a Segunda Guerra Mundial
Entenda como o Japão conseguiu garantir Hirohito como Imperador após a rendição na Segunda Guerra Mundial.
video icon
Filosofia
Dostoiévski | Literatura e Filosofia
Um dos maiores escritores de todos os tempos e uma das maiores mentes pensantes do século XIX, Fiódor Dostoiévski é um grande filósofo e psicólogo, porque, mesmo sem formação nessas áreas, conseguiu tratar de assuntos altamente filosóficos e profundamente psicológicos por meio dos personagens de seus romances dramáticos. Veja o nosso vídeo para conhecer apenas uma pequena dose da filosofia que há por trás da literatura de Dostoiévski!

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Genitive Case
É hora de aperfeiçoar sua gramática na Língua Inglesa. Assista!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Sociologia
Democracia racial
Você sabe o que significa democracia racial? Clique e nós te ensinamos!
video icon
Tigres Asiáticos
Geografia
Tigres Asiáticos
Assista à nossa videoaula sobre os Tigres Asiáticos, e conheça as razões do desenvolvimento rápido desses territórios.