Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Geografia
  3. Geografia Física
  4. Placas Tectônicas

Placas Tectônicas

As placas tectônicas representam as diferentes partes da crosta terrestre e estão sempre em movimento, causando alterações nas formas de relevo do planeta.

Sabemos que a crosta terrestre corresponde à camada superior da Terra, que é formada por rochas em seu estado sólido. Já as camadas inferiores – exceto o núcleo interior, que também é sólido – apresentam-se em uma textura líquida ou pastosa. A grande questão é que a crosta terrestre não se apresenta de maneira contínua ao longo de toda a extensão do planeta. Ela é fraturada em vários “pedaços”, conhecidos como placas tectônicas.

A teoria que aponta a existência das placas tectônicas foi elaborada ao longo do século XX a partir de evidências existentes na Dorsal Mesoceânica, no Pacífico, onde foi apontado o afastamento das áreas continentais. Mas tudo isso veio das premissas da Teoria da Deriva Continental, que indicou o movimento dos continentes, fato que sabemos que acontece ainda nos dias atuais, em um ritmo lento para os olhos humanos, mas relativamente acelerado em termos geológicos.

A litosfera – nome dado para designar toda a porção sólida superior da Terra – é bastante fina em relação ao interior do planeta, de forma que ela foi facilmente rompida ao longo do tempo em função da pressão interna exercida pelo magma. O movimento das placas, resultado dessa ruptura, é continuado em razão da pressão exercida pelas correntes ou células de convecção do magma terrestre. Confira a imagem a seguir:

Movimento das células de convecção presentes no manto *
Movimento das células de convecção presentes no manto *

Nesse sentido, as placas tectônicas estão movimentando-se, mas nem sempre na mesma direção, o que provoca o afastamento entre elas, em alguns casos, ou a colisão, em outros, havendo ainda os movimentos laterais. Observe a imagem:

Diferentes movimentações das placas tectônicas
Diferentes movimentações das placas tectônicas

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Assim, os movimentos convergentes de obducção envolvem o conflito entre duas placas, mas sem o afundamento de uma sob a outra, provocando a formação de limites conservativos. Um efeito conhecido dessa ocorrência foi a formação da falha geológica de San Andreas, na América do Norte. Já os movimentos convergentes de subducção são responsáveis pela formação de cadeias montanhosas, como a Cordilheira dos Andes, na porção oeste da América do Sul.

Os movimentos divergentes, como o próprio nome sugere, representam as áreas de afastamento entre duas placas tectônicas e a consequente formação de fraturas nessas localidades, onde também o magma solidifica-se e renova a composição dessa crosta.

Além das alterações nas formas de relevo continentais e oceânicas, a movimentação das placas tectônicas também acarreta outros fenômenos geológicos, como a ocorrência de terremotos e também a manifestação dos vulcões. Não por acaso, os principais registros dessas ocorrências manifestam-se nas áreas limítrofes entre uma placa e outra, cujo exemplo mais notório é o Círculo de Fogo do Pacífico, uma área que se estende do oeste da América do Sul ao leste da Ásia e algumas partes da Oceania. Nessa área, os terremotos – e, consequentemente, os tsunamis – são frequentes e intensos.

Ao todo, existem várias placas tectônicas, conforme podemos observar no mapa acima. Em algumas definições, o número delas é maior, pois subdividem-se conceitualmente mais vezes as suas estruturas em razão de suas manifestações internas. As principais placas tectônicas são: Placa do Pacífico, Placa Norte-Americana, Placa de Nazca, Placa do Caribe, Placa dos Cocos, Placa Sul-Americana, Placa Africana, Placa Antártida, Placa Euro-asiática, Placa da Arábia, Placa do Irã, Placa das Filipinas e Placa Indo-australiana.

Créditos da imagem: Surachit e Wikimedia Commons.

Distribuição das placas tectônicas da Terra
Distribuição das placas tectônicas da Terra
Publicado por: Rodolfo F. Alves Pena
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

Assinale a alternativa que indica um acidente geográfico que não tenha sido diretamente originado pela ação das placas tectônicas:

a) Cordilheira dos Andes

b) Grand Canyon

c) Falha de San Andreas

d) Monte Everest

e) Alpes

Questão 2

Enumere a segunda coluna a partir da primeira, buscando relacionar os conceitos de epirogênese e orogênese com suas respectivas características:

Coluna 01

(1) Epirogênese

(2) Orogênese

___________________

Coluna 02

I. ( ) Ocorre em zonas estáveis;

II. ( ) Possui curta duração geológica;

III. ( ) Causa elevação e/ou rebaixamento do nível do mar;

IV. ( ) Origina dobras e falhas geológicas;

V. ( ) Resulta da pressão horizontal exercida pelo choque das Placas Tectônicas.

Mais Questões
Assuntos relacionados
Distribuição dos vulcões no mundo. A grande maioria dos vulcões concentra-se na região de encontro de placas tectônicas
Vulcões
Saiba mais sobre os vulcões, curiosas estruturas geológicas que normalmente se concentram em regiões de encontro entre placas tectônicas.
De acordo com a teoria da Deriva Continental, no passado havia só um continente:  Pangeia
Deriva Continental
Entenda a teoria da Deriva Continental e compreenda como um único continente fragmentou-se e deu origem a todos os espaços terrestres atuais.
Placa alertando para o perigo de um tsunami, na Tailândia
Tsunami
Você sabe como se forma um tsunami? Clique aqui e descubra essa e outras informações sobre esse fenômeno!
Imagem da costa do Mar Morto
Mar Morto
Características, informações e curiosidades sobre o Mar Morto.
Imagem da ação do tsunami na Tailândia, em 2004, ocasionado pelo Círculo do Fogo do Pacífico
Círculo de Fogo do Pacífico
O Círculo de Fogo do Pacífico e a manifestação desse evento geológico com as zonas de instabilidade sísmica da Terra.
As áreas montanhosas são formadas, na maioria dos casos, por agentes endógenos do relevo
Agentes endógenos do relevo
Entenda quais são e como se comportam os principais agentes endógenos do relevo terrestre, responsáveis pela sua transformação e modelagem.
Efeitos de um abalo sísmico de forte intensidade no Nepal
Zonas sísmicas da Terra
Conheça as principais zonas sísmicas da Terra, isto é, as regiões do planeta onde é mais frequente a ocorrência de terremotos.
Na atualidade, há vários vulcões ativos. Um deles é o Vulcão Tungurahua, no Equador
Tipos de erupção vulcânica
Clique aqui e saiba mais sobre os diferentes tipos de erupção vulcânica, classificação que se baseia na quantidade e intensidade da lava expelida.
Os vulcões são formações geológicas que variam em tamanho e nível de atividade
10 curiosidades sobre Vulcões
Clique aqui e veja dez curiosidades sobre vulcões, estruturas geológicas surpreendentes!
O Kilauea, o vulcão mais ativo do mundo, está localizado no Parque Nacional de Vulcões do Havaí
O vulcão mais ativo do mundo
Saiba mais sobre o vulcão mais ativo do mundo e que está em constante erupção desde 1983.
A Serra dos Órgãos, no estado do Rio de Janeiro, é uma formação localizada em um escudo cristalino
Escudos cristalinos
Saiba mais sobre os escudos cristalinos, tipo de estrutura geológica bastante resistente à erosão e ao intemperismo.
Monte Kilimanjaro, maior montanha da África, na Tanzânia.
Montanhas
Saiba mais sobre o tipo de relevo conhecido como montanha. O texto a seguir apresentará a definição de montanha, além de suas características estruturais, processos de formação, as principais montanhas do mundo e onde se localizam. Descubra também se há ou não a presença de montanhas em território brasileiro.
Os vulcões expelem material magmático advindo do interior da Terra.
Por que vulcões entram em erupção?
Descubra por que os vulcões entram em erupção. Saiba como vulcões são formados, onde se localizam e como são constituídos. Saiba também os tipos de erupção.
Fenômeno da Aurora Polar
Aurora Polar
O que é aurora polar, como se dá a formação da aurora, as características da aurora polar, as relações mitológicas envolvendo a aurora polar.
Construção destruída por um terremoto na Turquia
Terremotos
O conceito, os níveis de intensidade e as causas possíveis dos terremotos.
O relevo corresponde a irregularidade da superfície terrestre
Formação e Transformação do Relevo
Formação e Transformação do Relevo, O que é relevo, Quais são os fatores de formação do relevo, Como o relevo pode ser transformado, Os processos erosivos sofridos pelo relevo, A classificação de erosão.
O rio Amazonas é o maior do mundo.
Os doze rios mais importantes do mundo
Os maiores e mais importantes rios para diversas civilizações
Imagem de um vulcão em erupção.
Vulcanismo na formação do relevo
Fenômeno emite lava contida no interior da Terra para a superfície.
As diferentes Placas Tectônicas
As principais Placas Tectônicas
Clique aqui e conheça quais são as principais placas tectônicas da Terra!
A mecanização das atividades agrícolas contribui para a exaustão do solo
Exaustão dos solos
Fenômeno provocado pelas atividades humanas.
Kalahari, um dos mais famosos desertos do mundo
Deserto do Kalahari
As principais características do segundo maior deserto africano, o Deserto do Kalahari.
A crosta é a camada mais fina que envolve superficialmente a Terra
Crosta terrestre
Informações acerca das características, dinâmicas e composições da crosta terrestre.