Whatsapp icon Whatsapp

O que é guirlanda?

Guirlanda é um círculo de flores ou plantas torcidas que se tornou um dos símbolos de Natal. Uma das tradições com as guirlandas são as Coroas do Advento.
Guirlanda, um dos mais tradicionais símbolos do Natal, em um fundo claro.
A guirlanda é um tradicional item de decoração natalina.

Você sabe o que é uma guirlanda? A guirlanda é um item decorativo que consiste em um círculo que pode ser feito de plantas ou de flores, sendo também conhecida como grinalda. A guirlanda é um importante item de Natal, simbolizando a ideia de eternidade para os cristãos. Uma importante tradição cristã é fazer uma Coroa do Advento, que consiste em uma guirlanda com quatro velas.

A grinalda é um item de decoração que esteve presente em diversos povos da Antiguidade, como etruscos, gregos e romanos. Para esses povos, ela era um símbolo de poder e vitória e era comumente usada como coroa. A guirlanda é feita de plantas com folhas perenes, ou seja, que se mantêm verdes.

Leia também: 30 curiosidades que você precisa saber sobre o Natal

Resumo sobre a guirlanda

  • A guirlanda é um item de decoração muito relacionado com o Natal.

  • Consiste em um círculo feito de flores ou de plantas.

  • Era usada como forma de coroa por gregos e romanos na Antiguidade.

  • Os cristãos ressignificaram a guirlanda, associando-a com a eternidade.

  • Outra forma de usá-la é como Coroa do Advento.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Origem da guirlanda

A guirlanda ou grinalda é uma das decorações natalinas, correspondendo basicamente a um círculo feito de flores ou de plantas torcidas. É comumente colocado nas portas das casas durante o período de Natal. Sua associação com o Natal significa que as guirlandas foram ressignificadas dentro do cristianismo.

Nem sempre a guirlanda foi um símbolo associado a celebrações cristãs. Isso porque, na Antiguidade, ela era um símbolo utilizado por diversos povos europeus pagãos:

  • Etruscos: povo que habitava o norte da Península Itálica, utilizavam a coroa de plantas que conhecemos como guirlanda na forma de uma coroa. Era um símbolo relacionado com a nobreza etrusca.

  • Gregos: a guirlanda era um sinal de poder e vitória, sendo também bastante utilizada como coroa. A coroa de louros, por exemplo, utilizada pelo deus Apolo na mitologia grega, é um tipo de guirlanda. Esse deus utilizava essa coroa de louros porque Dafne, ninfa pela qual ele era apaixonado, havia se transformado numa árvore de louro.

Na sociedade grega, a guirlanda, enquanto uma coroa, poderia ser utilizada como um símbolo de vitória por atletas gregos que participavam de jogos. Além disso, na forma de uma coroa, ela poderia também demonstrar o status dessa pessoa na sociedade.

  • Romanos: faziam uso da guirlanda semelhante ao dos gregos, ou seja, como coroas.

Significado da guirlanda

Com o crescimento do cristianismo, a guirlanda foi ressignificada, passando a ser um dos símbolos de Natal, a celebração que comemora o nascimento de Jesus Cristo. Assim, para os cristãos, a guirlanda passou a ser um símbolo da fé e uma representação da vida eterna, uma vez que o círculo é uma forma que remete à ideia de continuidade, eternidade.

Além disso, para os cristãos, a guirlanda é utilizada como uma decoração de porta, sendo adicionadas nela velas, que simbolizam a luz que Jesus trouxe para o mundo. Nesse sentido, a guirlanda passa a ser uma decoração de mesa, possuindo velas de cores roxa, rosa, vermelha e branca.

Esse item decorativo está presente nas tradições anglicana, luterana e católica, sendo conhecido como Coroa do Advento. Cada uma das quatro velas é acesa durante uma das semanas do Advento, representando, na ordem: esperança, paz, alegria e amor.

Mãe e filha lendo um livro próximo à Coroa do Advento, uma guirlanda com quatro velas, um importante símbolo do Natal.
Utilizada como uma decoração de mesa, a guirlanda que possui quatro velas é chamada de Coroa do Advento.

Tradicionalmente, a Coroa do Advento possuía três velas roxas e uma vermelha, mas a distribuição das cores tem se alterado, conforme citado. O costume de usar a Coroa do Advento se popularizou na Europa durante o reinado da rainha Vitória, no Reino Unido, durante o século XIX.

Veja também: Presépio — item decorativo de Natal que encena o local de nascimento de Jesus Cristo

Importância da guirlanda

A guirlanda é parte de uma importante tradição cristã: a celebração do Natal. Ela possui uma importância simbólica, pois representa valores importantes para os cristãos, sendo considerada uma tradição sua utilização na decoração de portas e mesas.

Quando se coloca a guirlanda?

Guirlanda pendurada em uma porta durante o período de Natal.
Guirlanda pendurada em uma porta durante o período de Natal.

Assim como diversas outras decorações e símbolos natalinos, a data correta de utilização da guirlanda tem como base o calendário litúrgico da Igreja Católica. Esse calendário estabelece que o período natalino se inicia com o primeiro domingo do Advento, que antecede ao nascimento de Jesus.

Sendo assim, a guirlanda pode ser utilizada a partir do primeiro domingo do Advento. Confira as datas nas quais essa data litúrgica foi celebrada nos últimos anos e será celebrada nos próximos:

  • 2020: 29 de novembro

  • 2021: 28 de novembro

  • 2022: 3 de dezembro

  • 2023: 3 de dezembro

  • 2024: 1º de dezembro

  • 2025: 30 de novembro

  • 2026: 29 de novembro

  • 2027: 28 de novembro

  • 2028: 3 de dezembro

Curiosidades sobre guirlanda

  • Existem guirlandas para a celebração do Dia de Corpus Christi.

  • A Coroa do Advento foi utilizada inicialmente pelos luteranos.

  • As guirlandas são feitas de ramos de árvores com folhas perenes, isto é, que permanecem verdes durante todo ano.

Fontes

CANÇÃO NOVA. A coroa do Advento e seu significado. Disponível em: https://formacao.cancaonova.com/liturgia/tempo-liturgico/advento/a-coroa-do-advento-e-seu-significado/.

DOHLEN, Cate Von. Velas e coroas do Advento: A história e o significado, cores, simbolismo, temas e muito mais. Disponível em: https://hallow.com/pt-br/blog/velas-e-coroas-do-advento/.

MOON, Kat. Christmas Wreaths Are a Classic Holiday Decoration With a Surprisingly Deep History. Disponível em: https://time.com/5482144/christmas-wreath-origins/.

Publicado por Daniel Neves Silva

Artigos Relacionados

História da Páscoa
Acesse este link do Mundo Educação e tenha acesso a informações sobre os diferentes significados da Páscoa, seja em sua tradição judaica e relacionada à história dos hebreus, seja em sua tradição cristã, relacionada diretamente com a vida de Cristo, além de conhecer algumas influências de outros povos na Páscoa.
História do Papai Noel
Clique no texto para saber mais detalhes sobre a história do Papai Noel. Veja a origem cristã e pagã dessa emblemática figura natalina.
História do panetone
Clique aqui e conheça e a história do panetone. Entenda como e quando surgiu. Descubra qual é o seu significado e leia curiosidades a seu respeito.
Missa do Galo
Acesse este texto e saiba do que se trata a Missa do Galo. Veja o que é, quais as teorias que explicam seu nome e quem criou essa tradição.
Origem da Árvore de Natal
Acesse este texto e amplie seus conhecimentos a respeito de um dos símbolos mais tradicionais do período natalino: a árvore de Natal. Conheça um pouco sobre a origem e a evolução desse símbolo ao longo da história. Entenda também o que a árvore representava para diferentes povos da antiguidade.
Por que o Natal é comemorado no dia 25 de dezembro?
Saiba por que comemoramos o Natal no dia 25 de dezembro. Entenda o que os historiadores sabem sobre o nascimento de Jesus.
Presépio
Você sabe quem criou o Presépio? Clique aqui e conheça a história do Presépio de Natal. Saiba qual o seu significado e quais figuras fazem parte de um Presépio.
Reis magos
Clique e saiba mais sobre os reis magos. Saiba o que a Bíblia diz sobre eles e o que os historiadores conseguiram descobrir sobre as origens e os nomes dos reis magos.
video icon
Texto"Matemática do Zero | Congruência de triângulos" em fundo azul.
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Congruência de triângulos
Nessa aula veremos que para dois triângulos serem congruentes, os seus lados homólogos e os ângulos correspondentes devem ser congruentes. Porém, ao invés de analisar os três lados e os três ângulos, veremos que é necessário analisar apenas alguns casos de congruência de triângulos: LAL (Lado, Ângulo, Lado), LLL (Lado, Lado, Lado), ALA (Ângulo, Lado, Ângulo) e LAAo (Lado, Ângulo, Ângulo Oposto).