Whatsapp icon Whatsapp

Comer muitos ovos de Páscoa faz mal?

O chocolate é um alimento que apresenta substâncias benéficas ao nosso organismo, entretanto, comer muitos ovos de Páscoa faz mal, sendo necessário moderação.
O consumo excessivo de ovos de Páscoa pode causar danos à saúde.
O consumo excessivo de ovos de Páscoa pode causar danos à saúde.

Na Páscoa, é comum a comercialização de ovos de chocolate, denominados de ovos de Páscoa. Esses ovos podem ser feitos de chocolate branco, amargo, meio amargo ou ao leite e podem ou não conter recheios. Esse produto é bastante apreciado, entretanto, seu consumo exagerado pode trazer danos à saúde.

O recomendado é que diariamente sejam consumidos apenas cerca de 30 g de chocolate, sendo ideal a ingestão de chocolate com concentração de 50% a 70% de cacau. Vale destacar que não é necessário temer o produto, bastando apenas ter moderação.

Os chocolates mais saudáveis são aqueles que apresentam maior teor de cacau.
Os chocolates mais saudáveis são aqueles que apresentam maior teor de cacau.

Comer muito chocolate faz mal?

Durante a Páscoa, é comum o aumento do consumo de chocolates, comportamento que pode gerar uma série de problemas a curto e a longo prazo. O maior desses problemas está relacionado ao excesso de açúcar e gorduras, que, a longo prazo, pode desencadear excesso de peso e levar ao surgimento de doenças como diabetes e hipertensão.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

De todos os chocolates disponíveis, o branco é o que apresenta o maior teor de açúcar e gordura. Vale salientar, no entanto, que muitos autores não consideram o chocolate branco um verdadeiro chocolate. Isso se deve ao fato de que o chocolate branco é obtido a partir da manteiga de cacau e outros ingredientes, além de não conter massa de cacau.

Além do ganho de peso e problemas relacionados à obesidade, o chocolate pode também causar danos a curto prazo quando consumido em excesso. Dentre os danos causados a curto prazo pelo consumo excessivo de chocolate, podemos destacar:

  • Irritação no estômago e no intestino;

  • Agitação;

  • Insônia;

  • Enxaqueca;

  • Diarreia.

Evidencia-se ainda que algumas pessoas podem apresentar alergia após consumir chocolate, uma vez que esse produto pode conter uma série de ingredientes que desencadeiam reações alérgicas em algumas pessoas, tais como leite, ovos, amendoins e castanhas. Sendo assim, é fundamental analisar atentamente os componentes do chocolate que está sendo comprado para evitar danos à saúde.

Leia também: Alergias alimentares

Benefícios do chocolate

Apesar de, em grande quantidade, os ovos de Páscoa serem responsáveis por danos à saúde, não podemos nos esquecer de que o chocolate não se trata de um vilão, estando esse alimento relacionado a vários benefícios à saúde.

É importante dizer que os benefícios são maiores quando consumimos chocolates amargos e meio amargos, uma vez que as propriedades benéficas estão relacionados com as substâncias presentes no cacau, sendo mais benéficos, portanto, aqueles que possuem maior teor desse produto.

O consumo de chocolate, se feito de maneira adequada, pode trazer benefícios ao organismo.
O consumo de chocolate, se feito de maneira adequada, pode trazer benefícios ao organismo.

Dentre as substâncias benéficas presentes no chocolate, podemos destacar os flavonoides, os quais estão relacionados à prevenção de doenças cardiovasculares. Além disso, pesquisas indicam que alimentos ricos em flavonoides podem reduzir a pressão arterial.

O triptofano, que também é encontrado nos chocolates, principalmente no amargo e meio amargo, é um precursor da serotonina, um neurotransmissor que está relacionado com o bom humor. O triptofano no nosso organismo acaba diminuindo os sintomas depressivos. O chocolate também estimula a produção de dopamina e de endorfina, que garantem redução dos níveis de estresse e elevam a disposição mental.

Leia também: Chocolate é um alimento saudável?

Percebemos, portanto, que o chocolate pode apresentar benefícios e também causar danos à saúde. Entretanto, os malefícios estão relacionados, principalmente, a um consumo exagerado do produto. É importante destacar ainda que os benefícios do chocolate são maiores naqueles que possuem um maior teor de cacau e uma baixa quantidade de açúcar, ou seja, o chocolate meio amargo e o amargo.

Publicado por Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos Relacionados

A alergia alimentar pode estar relacionada com vários fatores
Alergias Alimentares
Alergia alimentar, forma de defesa do sistema imunológico, alimentos que provocam reação alérgica, onde as manifestações alérgicas são mais freqüentes, sintomas da alergia alimentar, tratamento da alergia alimentar.
Pedaços de chocolate em panela, em tábua; ao redor, porções de cacau em tigelas, em mesa.
Benefícios do chocolate
Você conhece todos os benefícios do chocolate e quais são os chocolates realmente benéficos à saúde? Clique aqui e amplie seus conhecimentos sobre o tema.
Cacau
Clique aqui e conheça mais sobre o cacau. Veja as características do cacaueiro e a importância e as propriedades do seu fruto.
A colomba pascal conquistou o gosto dos brasileiros.
Colomba Pascal
Colomba Pascal, um alimento muito presente na Páscoa.
O critério utilizado para determinar a data da Páscoa para os cristãos foi definido durante o Concílio de Niceia, que aconteceu em 325.*
Data da Páscoa
Clique aqui e acesse este texto para saber mais sobre a datação do dia em que se comemora a Páscoa. Entenda os critérios utilizados por cada religião.
Os ovos de Páscoa são um dos principais símbolos da Páscoa moderna.
Ovo de Páscoa
Clique aqui e acesse este texto para saber mais sobre a história do ovo de Páscoa. Conheça sua origem, seu significado e qual sua relação com a Páscoa cristã.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Matemática
Área da esfera
Clique para aprender a calcular a área da esfera.
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Estrangeirismo
Nessa videoaula você entende sobre o estrangeirismo na música "Samba do Approach."
video icon
videoaula brasil escola
História
Crise de 1929
A quebra da bolsa de valores de Nova Iorque afetou não só os EUA, como o mundo. Entenda!