Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Páscoa
  3. Data da Páscoa

Data da Páscoa

A Páscoa é uma das celebrações mais importantes para judeus e cristãos. Cada religião possui critérios diferentes para determinar o dia no qual a Páscoa é comemorada.

A Páscoa é uma das comemorações mais importantes, seja para cristãos, seja para judeus. No caso dos cristãos, a Páscoa é um momento de relembrar a crucificação e morte de Jesus Cristo, além de também celebrar sua ressurreição. Já a Páscoa judaica, chamada de Pessach, é um momento de relembrar e celebrar a libertação dos hebreus da escravidão do Egito.

Referente a essa comemoração, um assunto que sempre causa dúvida nas pessoas diz respeito à data que celebra a Páscoa e nesse texto veremos como e quando foram estabelecidos os critérios que definem sua celebração.

Acesse também: Conheça um pouco da história dos ovos de Páscoa

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Como é definida a data da Páscoa?

As datas que foram estabelecidas a Páscoa cristã e judaica seguem critérios diferentes. Nesta parte do texto entenderemos como a data de cada uma delas foi estabelecida.

  • Páscoa judaica

A Páscoa judaica (chamada de Pessach pelos judeus), conforme mencionado, celebra a libertação do povo hebreu da escravidão do Egito. A data da Páscoa judaica foi estabelecida por uma ordem de Javé, conforme consta na Torá (livro sagrado que possui os cinco primeiros livros encontrados também na Bíblia cristã). No livro de Êxodo, no capítulo 12, o seguinte trecho afirma:

“Desde a tarde do dia catorze do primeiro mês até a tarde do dia vinte e um do mesmo mês, o pão que vocês comerem será feito sem fermento”|1|.

Esse trecho de Êxodo 12 estabelece que a comemoração da Pessach acontecerá sempre no dia 14 de nissan (ou nisã), nome do primeiro mês que consta no calendário judaico. Esse calendário é um calendário lunissolar, isto é, que se baseia em ciclos da lua e do sol. Os meses do calendário judaico baseiam-se no ciclo lunar, enquanto que o ano judaico baseia-se no ciclo solar.

Sendo assim, dentro da tradição judaica, a Pessach é comemorada no dia 14 de nissan conforme consta na narrativa bíblica, e, anualmente, a comemoração judaica acontece nessa data. Atualmente, os judeus vivem utilizando dos dois calendários, o gregoriano, muito utilizado no mundo ocidental, e o judaico, calendário próprio de sua cultura.

Abaixo colocaremos quando a comemoração da Pessach se iniciará nos próximos quatro anos, confira:

  • 2019: 19 e 20 de abril

  • 2020: 8 e 9 de abril

  • 2021: 27 e 28 de março

  • 2022: 15 e 16 de abril

  • Páscoa cristã

O sistema que é usado pelos cristãos para determinar a data da Páscoa é bem mais complexo que o utilizado pelos judeus. Além disso, diferentemente dos judeus, que sempre iniciam a comemoração da Páscoa em 14 de nissan (em seu próprio calendário), a comemoração para os cristãos não é fixa e, portanto, acontece em data móvel e cada ano ocorre em uma data diferente entre 22 de março e 25 de abril.

O sistema que determina a Páscoa cristã baseia-se em práticas oriundas de hebreus, romanos e egípcios. No caso dos egípcios a contribuição foi pelo uso do calendário solar; no caso dos hebreus pela utilização de um calendário lunar, além de terem sido o povo que legou a Páscoa aos cristãos; os romanos, por fim, além de usarem o calendário solar, foram aqueles que criaram o sistema que define a data da Páscoa.

No século IV, mais precisamente no ano de 325, foi realizado o Concílio de Niceia, e nele as autoridades da Igreja Católica reuniram-se para determinar uma data para a comemoração da Páscoa com o objetivo de unificar a celebração da ressurreição de Cristo em toda a cristandade. Assim, durante o Concílio de Niceia ficou decidido que a data da Páscoa seria determinada pela seguinte estrutura:

  • A data da Páscoa é celebrada no primeiro domingo após a primeira lua cheia que ocorre depois do equinócio de primavera/outono.

Lembrando que o equinócio de primavera/outono (primavera no Hemisfério Norte e outono no Hemisfério Sul) acontece sempre entre 20 e 21 de março. Sendo assim, as datas da Páscoa cristã nos próximos quatro anos serão:

  • 2019: 21 de abril

  • 2020: 12 de abril

  • 2021: 04 de abril

  • 2022: 17 de abril

Acesse também: Saiba as teorias que explicam um dos principais símbolos da Páscoa

Curiosidades

  • Os cristãos ortodoxos utilizam o calendário juliano enquanto que católicos e protestantes utilizam o calendário gregoriano. Para os ortodoxos, a Páscoa em 2019 será comemorada no dia 28 de abril; em 2020 no dia 19 de abril; em 2021 em 2 de maio e em 2022 no dia 24 de abril.

  • Existe um debate entre grandes autoridades das diferentes igrejas para unificar a comemoração da Páscoa entre as igrejas anglicana, católica, ortodoxa e copta.

  • Na Inglaterra, até o século VIII, havia inúmeras confusões acerca da datação da Páscoa. Durante o Sínodo de Whitby, as autoridades cristãs da Inglaterra decidiram por seguir o modelo romano (o estipulado durante o Concílio de Niceia).

|1| Êxodo – Capítulo 12. Para acessar, clique aqui.

*Créditos da imagem: Renata Sedmakova e Shutterstock

O critério utilizado para determinar a data da Páscoa para os cristãos foi definido durante o Concílio de Niceia, que aconteceu em 325.*
O critério utilizado para determinar a data da Páscoa para os cristãos foi definido durante o Concílio de Niceia, que aconteceu em 325.*
Publicado por: Daniel Neves Silva
Assuntos relacionados
O coelho da Páscoa é aquele que, na tradição, traz os ovos de chocolate, é um dos grandes símbolos da Páscoa moderna.
Coelho da Páscoa
Clique aqui para saber mais sobre a história do coelho da Páscoa, um dos símbolos da Páscoa moderna. Conheça as diferentes teorias que explicam sua origem.
O consumo excessivo de ovos de Páscoa pode causar danos à saúde.
Comer muitos ovos de Páscoa faz mal?
Clique aqui e entenda por que comer muitos ovos de Páscoa faz mal mesmo o chocolate apresentando substâncias benéficas para o corpo humano.
A Páscoa para os cristãos relembra a morte e crucificação de Cristo e celebra a sua ressurreição após três dias
História da Páscoa
Acesse este link do Mundo Educação e tenha acesso a informações sobre os diferentes significados da Páscoa, seja em sua tradição judaica e relacionada à história dos hebreus, seja em sua tradição cristã, relacionada diretamente com a vida de Cristo, além de conhecer algumas influências de outros povos na Páscoa.
A colomba pascal conquistou o gosto dos brasileiros.
Colomba Pascal
Colomba Pascal, um alimento muito presente na Páscoa.
A Páscoa cristã relembra a crucificação e celebra a ressurreição de Cristo
Páscoa Cristã
Acesse este link do Mundo Educação e tenha acesso a informações sobre o significado da Páscoa para os cristãos. Entenda como essa comemoração está relacionada com a crucificação e ressurreição de Cristo e veja como ela é comemorada aqui no Brasil durante a Semana Santa.
Os ovos de Páscoa são um dos principais símbolos da Páscoa moderna.
Ovo de Páscoa
Clique aqui e acesse este texto para saber mais sobre a história do ovo de Páscoa. Conheça sua origem, seu significado e qual sua relação com a Páscoa cristã.
A árvore de Natal é um dos símbolos natalinos mais tradicionais, e suas origens remontam a crenças pagãs.
Origem da Árvore de Natal
Acesse este texto e amplie seus conhecimentos a respeito de um dos símbolos mais tradicionais do período natalino: a árvore de Natal. Conheça um pouco sobre a origem e a evolução desse símbolo ao longo da história. Entenda também o que a árvore representava para diferentes povos da antiguidade.
Na data de Corpus Christi, celebra-se o sacramento da eucaristia. Essa comemoração surgiu no século XIII
Corpus Christi
Clique neste link do Mundo Educação e tenha acesso a uma série de informações sobre uma tradicional festa que faz parte do calendário do catolicismo. Neste texto entenderemos do que se trata a data de Corpus Christi, isto é, o que a data celebra, e entenderemos a origem dessa festa que foi criada no século XIII.
A Igreja do Bonfim foi construída no século XVIII quando uma réplica da imagem do Senhor do Bonfim foi trazida de Setúbal, em Portugal, para Salvador.
Senhor do Bonfim
Clique e saiba como a devoção ao Senhor do Bonfim foi trazida para o Brasil. Entenda como as fitas e a lavagem da escadaria passaram a fazer parte dessa festividade.