Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Curiosidades Químicas
  4. Composição e efeitos dos esteroides anabolizantes

Composição e efeitos dos esteroides anabolizantes

Os esteroides anabolizantes são compostos que podem ser naturais (produzidos pelo próprio organismo) ou sintéticos, que são derivados de outro esteroide, a testosterona.

Todo esteroide é caracterizado por possuir o grupo funcional abaixo:

Estrutura em comum dos esteroides

A testosterona possui os grupo metil, carbonila e hidroxila ligados a esse núcleo básico dos esteroides. Sua fórmula estrutural pode ser vista a seguir:

Imagem da fórmula da testosterona

Os esteroides anabolizantes possuem a capacidade de aumentar a força e a massa muscular do indivíduo, sendo que a própria testosterona funciona como um tipo de anabolizante.

As fórmulas estruturais de alguns esteroides anabolizantes sintéticos são mostradas a seguir:

Esteroides anabolizantes sintéticos

Esses compostos podem ser usados para tratamento de vários distúrbios no organismo. Por exemplo, o hipogonadismo é uma doença em que os testículos produzem pouca testosterona e reduz a produção de espermatozoides, causa infertilidade e diminuição da libido. Assim, os anabolizantes podem ser indicados para tratar pacientes com esse problema.

Outros problemas para os quais eles podem ser indicados são para recuperar a massa muscular perdida por portadores de HIV, em doenças musculares, na velhice, na andropausa e em doenças compulsivas.

No entanto, o uso dos esteroides anabolizantes é para casos específicos e deve ser receitado e controlado por um médico, pois se não forem usados da forma correta, os efeitos podem ser terríveis.

Usar esteroides anabolizantes sintéticos sem precisar é muito perigoso

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Na década de 1940, o uso de testosterona sem necessidade médica começou a ficar comum entre praticantes de levantamento de peso. E daí em diante, jovens e atletas passaram a usar mais de 20 tipos diferentes de anabolizantes que, em geral, são produzidos a partir de material retirado dos testículos do boi.

Além desses, ainda existem aqueles que entram no país e são vendidos ilegalmente. Esses medicamentos podem ser em comprimido ou injetáveis, que podem estar em ampolas não esterelizadas e misturadas com outras drogas.

O anabolizante pode ser injetável ou vir em cápsulas e comprimidos

Porém, a beleza e a força dos esteroides anabolizantes é enganosa, pois leva ao desenvolvimento de vários efeitos indesejáveis. Veja alguns:

  • Morte súbita;
  • Mau funcionamento dos rins e fígado;
  • Hipertensão;
  • Doenças hormonais;
  • Alteração na libido;
  • Esterelidade;
  • Impotência;
  • Mau hálito;
  • Ataque cardíaco;
  • Crescimento do tecido mamário em homens (ginecoma) e diminuição dos seios da mulher;
  • Surgimento de cânceres;
  • Alterações do ciclo menstrual das mulheres;
  • Hipertrofia do clitóris,
  • Mudanças na voz (nas mulheres costuma fica mais grossa);
  • Nascimento de pêlos nas mulheres;
  • Gera dependência química e se for interrompido o uso, a pessoa sentirá dor de cabeça, depressão, variação de humor, agressividade, irritabilidade extrema, ciúme patológico, distração, confusão mental, insônia e esquecimentos.

Além de tudo isso, a maioria dos jovens é levada ao uso de outras drogas a fim de combater esses efeitos psíquicos e emocionais causados pelos anabolizantes.

Os esteroides anabolizantes são procurados principalmente em academias
Os esteroides anabolizantes são procurados principalmente em academias
Publicado por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça
Assuntos relacionados
As fotos são produtos de reações químicas.
Fotografar: tecnologia química
A química da fotografia, elemento químico presentes nos filmes fotográficos, cargas elétricas responsáveis pela fotografia, tecnologia das câmaras digitais, a química das máquinas fotográficas, elétrons e prata no processo de fotografar.
Argônio: componente do ar usado para proteger o filamento de lâmpadas.
Destilação fracionada do ar
Obtenção dos componentes do ar e suas utilizações.
Adsorver e absorver: qual a diferença?
Descubra o significado em uma linguagem química.
Estresse oxidativo
Como ele surge em nosso corpo e como preveni-lo?
Uso de gás lacrimogênio por policiais para dispersar manifestação popular
Uso de haletos orgânicos em armas químicas
Os haletos orgânicos podem ser usados para tirar vidas como armas químicas. Veja dois exemplos do uso desses compostos com essa finalidade, o fosgênio e o gás lacrimogênio.
A testosterona relaciona-se com o aumento da massa muscular
Testosterona
Que tal conhecer um pouco mais a respeito da testosterona? Clique aqui e saiba mais sobre esse importante hormônio, conhecido como hormônio masculino. Nesse texto falaremos onde a testosterona é produzida, quais são as suas principais funções no organismo e os danos ocasionados por sua redução em homens idosos.
Sulfeto de Mercúrio: pigmentação preta.
A química da Tatuagem
Compostos presentes nas tatuagens, propriedade de formar compostos coloridos, pigmentos nas células da pele, Elementos de transição, tatuagem definitiva, Sulfeto de Mercúrio, Sais de cádmio, Sais de crômio, Sais de ferro, Óxido de Titânio, Sais de cobalto, Carbono.
Sentimos o sabor doce graças às papilas gustativas.
Quimiorrecepção da língua
Quimiorrecepção da língua, papilas gustativas, receptores gustativos, terminações nervosas da língua, quimiorreceptores, percepção dos diferentes sabores, aroma e sabor.
Qual é o estado físico do fogo?
Clique aqui e descubra qual é o estado físico do fogo. Saiba mais sobre a composição do fogo e quais são as suas propriedades e características.
Cristais salinos encontrados no Mar Morto.
Por que o mar morto recebe este nome?
Conheça as propriedades do ponto mais baixo do planeta Terra.
O THC é o princípio ativo mais potente da maconha
THC – Principal componente ativo da maconha
O THC é o princípio ativo mais potente da planta da maconha. Veja a sua estrutura, quanto tempo ele permanece no sangue e seus efeitos.