Whatsapp icon Whatsapp

Lei da Velocidade para uma Reação

Segundo a lei da velocidade, a taxa de desenvolvimento de uma reação é proporcional à concentração dos reagentes
Segundo a lei da velocidade, a taxa de desenvolvimento de uma reação é proporcional à concentração dos reagentes

Um dos fatores que interferem na velocidade, rapidez ou taxa de desenvolvimento de uma reação química é a concentração dos reagentes. Conforme dito no texto “Influência da Concentração na Velocidade das Reações”, geralmente, um aumento na concentração dos reagentes aumenta a rapidez de uma reação.

Isso pode ser visto na reação de decomposição da água oxigenada (solução aquosa de peróxido de hidrogênio):

H2O2(l) → H2O(l) + ½ O2(g)

A seguir temos uma tabela com dados obtidos experimentalmente e que relaciona a concentração do reagente, em temperatura constante (25ºC) com a velocidade da reação:

Tabela com valores de concentração e velocidade de uma reação de decomposição da água oxigenada

Observe que do experimento 1 para o 2 dobrou-se a concentração da água oxigenada e o resultado foi que a velocidade da reação de decomposição também dobrou. Já do experimento 1 para o 3, tanto a concentração do reagente como a velocidade da reação quadruplicaram.

Isso nos leva a concluir corretamente que a concentração em mol/L é diretamente proporcional à velocidade da reação. Essa relação entre a rapidez de uma reação e as concentrações dos reagentes é dada por uma expressão matemática que é denominada lei da velocidade da reação. Assim, para a reação descrita essa lei é representada da seguinte forma:

Fórmula da lei da velocidade da decomposição da água oxigenada

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Nessa equação, k é uma constante característica de cada reação que varia exclusivamente com a temperatura. Veja também que a concentração do reagente é representada por colchetes [ ].

A lei da velocidade de uma reação também é denominada como Lei da Ação das Massas, Equação de Rapidez ou ainda Lei Cinética da Reação.  

Assim, para uma reação genérica balanceada, temos:

aA + bB → cC + dD

Fórmula da lei da velocidade das reações químicas

Os símbolos α e β são expoentes que são determinados experimentalmente. Na reação da água oxigenada mencionada acima o expoente foi igual a 1, que é o mesmo valor do coeficiente dessa substância na reação. Porém, isso não ocorre sempre. Somente em reações elementares, isto é, que se desenvolvem em uma única etapa, é que ocorrerá dos expoentes na expressão da lei da velocidade serem iguais aos respectivos coeficientes..

Entretanto, é importante lembrar que, na prática, isso nem sempre acontece. Quando a reação não é elementar, ocorrendo em mais de uma etapa, é necessário determinar experimentalmente os valores dos expoentes. Isso será determinado pela primeira etapa da reação, que é a fase lenta.

Veja também o texto “Ordem de uma reação” para você entender melhor como isso é feito.

 

Publicado por Jennifer Rocha Vargas Fogaça

Artigos Relacionados

Concentração em mol/L
A concentração em mol/L é a relação existente entre o número de mol do soluto em um litro da solução.
Crioscopia
Você já ouviu falar de crioscopia? Não? Clique aqui e entenda!
Formas de energia
Conheça a definição de energia e veja suas diferentes formas de obtenção.
Tipos de Volumetria
Conheça as análises volumétricas usadas para determinar a concentração nas soluções.
video icon
"Matemática do Zero | Classificação de triângulos" escrito sobre fundo azul
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Classificação de triângulos
Nessa aula veremos que um triângulo pode ser classificado quanto às medidas dos lados (isósceles, equilátero e escaleno) e quanto às medidas dos ângulos (acutângulo, retângulo e obtusângulo).