Whatsapp icon Whatsapp

Transporte passivo

Transporte passivo é a movimentação de substâncias através da membrana sem gasto de energia e a favor do gradiente de concentração.
O transporte passivo não envolve gasto de energia.
O transporte passivo não envolve gasto de energia.

O transporte passivo é um tipo de transporte de substâncias através da membrana plasmática que não envolve gasto de energia. Nele, o transporte ocorre a favor de um gradiente de concentração. Oxigênio e dióxido de carbono são exemplos de moléculas que conseguem se difundir livremente pela membrana plasmática por meio da chamada difusão simples.

Outras moléculas, no entanto, necessitam do auxílio de proteínas para que o transporte ocorra. O transporte passivo com auxílio de proteínas é chamado de difusão facilitada. Outro tipo de transporte passivo é a osmose, que se caracteriza pela difusão de água através de uma membrana seletivamente permeável.

Leia mais: Diferenças entre células eucarióticas e procarióticas

Resumo sobre transporte passivo

  • Transporte passivo é o transporte de substâncias através de membrana plasmática sem gasto de energia e a favor do gradiente de concentração.

  • Difusão simples, osmose e difusão facilitada são tipos de transporte passivo.

  • Difusão simples corresponde ao movimento de partículas do meio mais concentrado para o meio menos concentrado.

  • Osmose é um processo de difusão de água através de membrana seletivamente permeável.

  • Difusão facilitada envolve proteínas de transporte.

O que é o transporte passivo?

Uma das características mais marcantes da membrana plasmática é sua capacidade de controlar a entrada e saída de sustâncias na célula, o que é conhecido como permeabilidade seletiva. Essa permeabilidade é extremamente importante para o funcionamento da célula, uma vez que permite que o ambiente intracelular se mantenha em equilíbrio.

O transporte passivo é um tipo de transporte através da membrana que não envolve gasto de energia. Nele, uma substância se move a favor do seu gradiente de concentração, indo de uma área com maior concentração para outra de concentração mais baixa. Difusão simples, osmose e difusão facilitada são tipos de transporte passivo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Difusão simples

No processo de difusão simples, partículas movem-se através da membrana de uma região em que estão em maior concentração para uma área de menor concentração. A movimentação ocorre até que as concentrações nos dois lados da membrana se igualem. Esse processo é espontâneo, sem a necessidade de gasto de energia, e a difusão em direção ao gradiente de concentração não é afetada por outras substâncias.

As células capturam oxigênio para a respiração celular por meio de difusão simples. O oxigênio atravessa a membrana sem gasto de energia, e à medida que a célula o utiliza, mais ele entra na célula.

Esquema ilustrativo dos processos de difusão simples e facilitada
A difusão simples se difere da difusão facilitada, pois nela não há o envolvimento de proteínas de transporte.

Osmose

A osmose é um tipo de transporte passivo que se caracteriza pela difusão de água através de uma membrana seletivamente permeável. Na osmose, a água se movimenta da região onde há baixa concentração de soluto para a região com maior concentração de soluto. A movimentação da água ocorre até que as concentrações de soluto se igualem em ambos os lados da membrana.

  • Osmose em células animais

As células animais, quando em solução isotônica (mesma concentração de soluto dentro e fora da célula), permanecem com seu volume estável. Isso se deve ao fato de que, nessa situação, a água flui na mesma proporção em ambas as direções.

Em solução hipotônica (menor concentração de soluto fora da célula), por sua vez, a célula absorverá água excessivamente. A entrada de água na célula faz com que ela aumente de volume e sofra lise (rompimento).

Quando uma célula animal é colocada em uma solução hipertônica (maior concentração de soluto do lado de fora da célula), ocorre a perda de água para o ambiente. A célula, então, murcha e pode até mesmo morrer em consequência da perda de água.

Esquema ilustrativo do processo de osmose em célula animal em diferentes concentrações de soluto
Observe o que ocorre com a célula animal em soluções com diferentes concentrações de soluto.

Vale salientar que alguns organismos unicelulares apresentam células sem parede celular e que, em ambiente hipotônico, poderiam se romper caso absorvessem grande quantidade de água. A Euglena, por exemplo, tende a absorver água por osmose, porém conta com uma organela especializada que bombeia a água em excesso para fora do corpo. Essa organela é chamada de vacúolo contrátil.

  • Osmose em células vegetais

Esquema ilustrativo do processo de osmose em célula vegetal em diferentes concentrações de soluto
Observe o que ocorre com a célula vegetal em soluções com diferentes concentrações de soluto.

Diferentemente das células animais, as células vegetais possuem parede celular, a qual atua garantindo a manutenção do balanço hídrico. Quando uma célula vegetal é colocada em uma solução isotônica, ela não absorverá água, tornando-se flácida.

Quando colocada em solução hipotônica, a célula absorve água e incha. Dizemos que a célula se torna túrgida, sendo esse um estado saudável para a maioria das plantas. Diferentemente da célula animal, ela não se romperá, pois a parede celular exerce uma pressão que impede que a célula continue absorvendo água de maneira indiscriminada.

Por fim, quando a célula vegetal é colocada em meio hipertônico, ocorrerá a perda de água. A célula murchará e a membrana plasmática se soltará da parede celular. Essa situação é conhecida como plasmólise. Caso queira saber mais sobre o tema deste tópico, leia: Osmose.

Difusão facilitada

Algumas moléculas não são capazes de se mover livremente através da membrana plasmática, necessitando de ajuda para que isso aconteça. Essa ajuda é dada pelas proteínas de membrana, que garantem a passagem de uma substância para o outro lado da membrana. O transporte passivo com auxílio de proteínas é chamado de difusão facilitada.

Duas proteínas atuam nesse processo: as proteínas canais e as proteínas carreadoras. As proteínas canais, como o nome indica, formam um caminho pelo qual as substâncias podem atravessar a membrana plasmática. No caso das proteínas carreadoras, elas sofrem modificações que permitem movimentar uma substância para o outro lado da membrana. Em nenhuma das duas situações há gasto de energia.

Diferenças entre transporte passivo e transporte ativo

O transporte passivo e o transporte ativo são processos que garantem a passagem de substâncias através da membrana. O primeiro se caracteriza como a passagem de uma substância através da membrana plasmática sem gasto de energia. O transporte ativo, por sua vez, requer energia para ocorrer. Além disso, no transporte passivo, as substâncias se movem a favor do gradiente de concentração, já no ativo a movimentação é contra o gradiente.

  • Videoaula sobre transporte passivo e ativo

Publicado por Vanessa Sardinha dos Santos
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

A descoberta da célula foi fundamental para o rumo dos estudos em Biologia
Descoberta da célula
Conheça como ocorreu a descoberta da célula e entenda o porquê desse termo.
Mecanismo de difusão facilitada.
Difusão Facilitada
O transporte passivo de substâncias pela membrana plasmática, regulado por enzimas carreadoras.
A ameba alimenta-se por fagocitose, um tipo de endocitose
Endocitose e exocitose
Compreenda a diferença entre endocitose e exocitose, além de entender como ocorrem esses processos.
Membrana plasmática
Que tal ampliar seus conhecimentos a respeito da membrana plasmática? Clique aqui e conheça as principais características dessa membrana e suas funções!
Osmose é um processo de movimentação da água através de uma membrana semipermeável.
Osmose
Aprenda um pouco mais a respeito da osmose, processo que envolve a movimentação de solvente por uma membrana semipermeável. Neste texto, aprenderemos a definição desse processo e conheceremos como a osmose atua nas células animais e vegetais. Além disso, conheceremos um exemplo de osmose que acontece no nosso dia a dia.
O transporte ativo é um tipo de transporte através da membrana em que há gasto de energia.
Transporte ativo
Aprenda mais sobre o transporte ativo, aqui. Neste texto aprenderemos o que é esse tipo de transporte e saberemos o que é a bomba de sódio-potássio.
video icon
Geografia
Regionalização do mundo
Assista à videoaula sobre regionalização do mundo e entenda como é possível classificar os países em conjuntos. Conheça os fatores considerados para as possíveis regionalizações mundiais e a importância disso para a geopolítica mundial.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Matemática
Área da esfera
Clique para aprender a calcular a área da esfera.
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Estrangeirismo
Nessa videoaula você entende sobre o estrangeirismo na música "Samba do Approach."
video icon
videoaula brasil escola
História
Crise de 1929
A quebra da bolsa de valores de Nova Iorque afetou não só os EUA, como o mundo. Entenda!