Vitiligo

O vitiligo é uma doença de pele que apresenta causa ainda desconhecida e se caracteriza pelo surgimento de manchas brancas de diferentes formatos e tamanhos na pele. É uma doença de pele não infecciosa e que não apresenta formas de prevenção. Ele não causa danos graves à saúde física do indivíduo, porém muitos vivenciam uma queda na autoestima em decorrência do problema.

Atualmente existem alguns tratamentos disponíveis para tratar a doença, como medicamentos e fototerapia. O Dia Mundial de Combate ao Vitiligo é celebrado em 25 de junho. Essa data foi escolhida por ser o aniversário de morte de Michael Jackson, um cantor que possuía a doença.

Leia também: Câncer de pele — tipo de neoplasia bastante frequente em nosso país

O que é o vitiligo?

O vitiligo se caracteriza pelo surgimento de manchas sem coloração na pele.
O vitiligo se caracteriza pelo surgimento de manchas sem coloração na pele.

O vitiligo é uma doença de pele que se caracteriza pelo surgimento de manchas na pele formadas pela perda de coloração no local. A falta de coloração nessas lesões se deve à diminuição ou ausência de melanócitos, que são células responsáveis pela produção de um pigmento que dá cor à pele, a chamada melanina. Em algumas situações, observa-se também o acometimento dos pelos. A doença pode atingir pessoas de todos os sexos, raças e idades.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Causas do vitiligo

As causas do vitiligo ainda não são completamente conhecidas. Acredita-se que fenômenos autoimunes estão relacionados com o surgimento da doença. Estudos também indicam ainda que o vitiligo pode ter relação com causas genéticas, sendo observado, em muitos casos, que pacientes com a doença apresentam também casos de outros parentes na família com o problema.

Acredita-se também que fatores emocionais possam ser responsáveis tanto por desencadear como agravar o vitiligo. Além disso, exposição intensa ao sol e a pesticidas pode desencadear a doença em indivíduos geneticamente predispostos.

Tipos de vitiligo

O vitiligo, segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, pode ser classificado em dois tipos: segmentar e não segmentar. O segmentar ou unilateral é aquele que se manifesta apenas em uma parte do corpo. Já o não segmentar, conhecido também como bilateral, manifesta-se nos dois lados do corpo, como nas duas mãos e nos dois pés. Esse é o tipo mais comum de vitiligo e se destaca por apresentar períodos de estagnação e períodos em que a doença se desenvolve. Com o tempo, a duração dos ciclos é maior, assim como as áreas despigmentadas.

Leia também: O que é albinismo?

Sintomas do vitiligo

O principal sintoma do vitiligo é o surgimento de manchas na pele (lesões cutâneas de hipopigmentação), as quais apresentam tamanhos e formatos variados. Essas manchas apresentam coloração branca e, em alguns casos, a região atingida pode apresentar dor ou sensibilidade.

De maneira geral, no entanto, essas lesões não costumam causar dor, descamar ou coçar. As manchas podem aumentar de tamanho e novas manchas podem surgir ao longo da vida. Em alguns casos, a doença pode afetar todo o corpo. Vale ressaltar que ela não provoca sérios danos à saúde, porém muitas pessoas apresentam uma redução da autoestima devido ao surgimento do problema.

Muitas pessoas possuem vergonha das manchas que apresentam no corpo, o que provoca uma grande redução da qualidade de vida desses indivíduos.
Muitas pessoas possuem vergonha das manchas que apresentam no corpo, o que provoca uma grande redução da qualidade de vida desses indivíduos.

Diagnóstico do vitiligo

O vitiligo é geralmente diagnosticado por meio da análise das áreas hipopigmentadas na pele do paciente por um médico dermatologista. A realização da biópsia indica que as regiões das lesões apresentam ausência de melanócitos, células responsáveis pela produção de melanina.

Tratamento do vitiligo

O tratamento do vitiligo é individualizado e visa, principalmente, à estabilização do quadro e repigmentação de áreas afetadas. Atualmente existem alguns medicamentos que podem ajudar a repigmentar as áreas manchadas na pele. Além de medicamentos, a fototerapia, tratamento com laser, transplante de melanócitos e técnicas cirúrgicas podem ser utilizados no tratamento. Maquiagens podem também auxiliar na questão estética para disfarçar as manchas.

Vale salientar que o vitiligo não pode ser prevenido, porém um diagnóstico precoce promove um tratamento mais efetivo da doença. Desse modo, é importante que qualquer alteração na pele seja comunicada a um dermatologista.

Publicado por Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos Relacionados

Acne: doença de pele que acomete homens e mulheres na adolescência.
Acne
Acne, doença da pele freqüente na adolescência, incidência da acne, características da acne, estágios da acne, tratamento da acne, alimentos que podem agravar os sintomas da acne.
Auto-estima
Auto-estima, avaliação que a pessoa faz de si mesma, quando é formada a auto-estima, como as experiências do passado influenciam na auto-estima, situações que podem abalar a auto-estima, problemas psicológicos ocasionados pela auto-estima baixa, aspectos que aumentam a auto-estima.
Desenho esquemático demonstrando as camadas da pele
Camadas da pele
Conheça mais sobre a estrutura da pele e suas camadas.
Ao perceber alguma alteração na pele, procure rapidamente o dermatologista
Câncer de pele
Aprenda mais sobre o câncer de pele e conheça a diferença entre os tipos existentes e as principais lesões que surgem na pele com essa doença.
Dificuldade em tudo o que se relaciona com a matemática.
Discalculia
Discalculia, o que é discalculia, o que causa discalculia, os sinais que podem caracterizar a disculculia, como melhorar e facilitar a vida das pessoas com necessidades educativas especiais.
A meningite é uma doença que pode ser causada por bactérias e afeta as meninges, membranas que envolvem o sistema nervoso.
Doenças causadas por bactérias
Descubra mais sobre as doenças causadas por bactérias. Neste texto abordamos quais são as doenças bacterianas, seus sintomas, transmissão e tratamento.
Pitiríase versicolor, também chamada de pano branco ou micose de praia.
Doenças fúngicas
Informações sobre infecções que tendem a ser resistentes e, no caso de pessoas imunocomprometidas, bastante sérias.
Dor de Cabeça
Dor de Cabeça
Dor de Cabeça, o que é dor de cabeça, cefaléia tensorial, cefaléia secundária, cefaléia em salvas.
A dor aparece na região baixa da coluna vertebral.
Dor nas Costas
Dor nas Costas, dor na região cervical, torácica e lombar, onde a dor aparece, as principais causas de dor nas costas, diagnóstico de dor nas costas, tratamento da dor nas costas, medidas que podem prevenir a dor nas costas.
Glaucoma
Clique aqui e acesse nosso texto sobre glaucoma. Neste texto explicaremos o que é a doença e quais seus fatores de risco, sintomas, diagnóstico e tratamento.
Lúpus
Você já ouviu falar a respeito do lúpus? Clique aqui, entenda o que é essa doença. Conheça seus principais sintomas e como é feito o tratamento.
A melanina é produzida nos melanócitos e garante proteção contra a ação nociva do sol
Melanina
Saiba mais sobre a melanina, onde ela é produzida e sua importância para o organismo.
O albinismo pode ocorrer em qualquer espécie animal
O que é albinismo?
Você sabe o que é o albinismo? Clique aqui e saiba por que e como o albinismo ocorre!
video icon
Biologia
Equilíbrio de Hardy-Weinberg
Formulado, em 1908, pelos cientistas Hardy e Weinberg, o chamado equilíbrio de Hardy-Weinberg é um teorema que se aplica em grandes populações e sem a atuação de fatores evolutivos. Sendo assim, quando uma população apresenta determinadas características, consideramos que ela está em equilíbrio genético.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Guia de Profissões
Publicidade e Propaganda
Que tal conhecer um pouco mais sobre as funções de um publicitário?
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Genitive Case
É hora de aperfeiçoar sua gramática na Língua Inglesa. Assista!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Português
Preposições
Vamos aprender mais sobre essa classe conectiva de termos?