Whatsapp icon Whatsapp

Cocaína

Cocaína é um alcaloide extraído das folhas das plantas conhecidas popularmente como plantas da coca. Atua no sistema nervoso central, provocando euforia.
Folhas de coca e cloridrato de cocaína em pó, em fundo escuro
A cocaína é uma substância retirada das plantas conhecidas, popularmente, como plantas de coca.

Cocaína é um alcaloide presente nas folhas de coca. Destaca-se por ser um estimulante do sistema nervoso central que provoca euforia e sensação de prazer. A cocaína está presente em produtos como a merla e crack, entretanto, em grande parte das vezes, ela é usada como sinônimo de cloridrato de cocaína. O cloridrato de cocaína se apresenta em pó, sendo utilizado por aspiração ou então dissolvido em água e aplicado por via endovenosa.

Leia mais: Classificação das drogas de acordo com seus efeitos

Resumo sobre cocaína

  • A cocaína é um estimulante do sistema nervoso central e é extraída das plantas da coca.

  • Merla e crack têm cocaína em sua composição.

  • A cocaína em pó é geralmente utilizada por via intranasal ou via endovenosa.

  • Provoca excitação, melhora o estado de alerta, diminui o sono, provoca sensação de prazer e autoconfiança.

  • Também pode provocar ansiedade, depressão e paranoia.

  • Apresenta potencial de causar dependência.

  • Seu uso excessivo pode levar à morte por overdose.

O que é cocaína

Cocaína é um alcaloide natural retirado de espécies vegetais do gênero Erythroxylon. O gênero é conhecido, principalmente, por duas espécies, Erytroxylum coca e Erytroxylum novogranatense, as quais são conhecidas popularmente como plantas da coca. A espécie Erytroxylum coca destaca-se como a principal fonte de cocaína para a produção de drogas ilícitas. A espécie Erytroxylum novogranatense, por sua vez, é cultivada de maneira legal e destina-se à obtenção de cocaína para utilização em indústrias farmacêuticas e alimentícias.

Geralmente, o nome cocaína é utilizado para se referir ao cloridrato de cocaína, uma droga ilícita, a qual se apresenta na forma de pó e é, geralmente, utilizada por aspiração ou por injeção endovenosa. O alcaloide, no entanto, não está presente apenas no cloridrato de cocaína, estando também em outras drogas ilícitas, como merla e crack, produtos também obtidos da coca.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Como a cocaína é usada

A cocaína ou o cloridrato de cocaína, como exposto, apresenta-se em pó, sendo, geralmente, utilizada por aspiração nasal. Além disso, alguns usuários fazem uso da cocaína por injeção endovenosa, sendo, nesse caso, o pó dissolvido em água. Em relação a essa segunda forma de uso, não podemos deixar de destacar o risco aumentado de o indivíduo contrair infecções, como hepatite e HIV, devido ao compartilhamento de seringas. Em relação à merla e ao crack, os usuários utilizam essas drogas, geralmente, fumando-as.

Punhado de cloridrato de cocaína em pó, ziplock com cocaína em pó e seringa com cocaína líquida, em fundo escuro
O cloridrato de cocaína é utilizado por aspiração ou injeção endovenosa.

Leia mais: LSD — droga sintética alucinógena que provoca alterações no sistema nervoso central

Efeitos da cocaína no organismo

A cocaína é uma substância estimulante do sistema nervoso central. Ela atua bloqueando a recaptação da dopamina, fazendo com que ocorra um acúmulo desse neurotransmissor no sistema de recompensa cerebral, fenômeno responsável pelos efeitos agudos da droga e também por sua dependência.

A dopamina é armazenada em terminais pré-sinápticos e é liberada na fenda sináptica após algum estímulo neuronal. Na fenda, ela sofre catabolismo e recaptação para o terminal pré-sináptico. Essa recaptação é realizada por transportadores dopaminérgicos.

Logo após o uso da droga, o usuário experimenta estes efeitos:

  • euforia;

  • aumento do estado de vigília;

  • aumento da sensação de autoconfiança, prazer e bem-estar;

  • aumento do estado de alerta e da concentração;

  • aumento das sensações sexuais;

  • aceleração do pensamento.

Com o passar do tempo, a pessoa pode apresentar sintomas indesejáveis, como:

  • fadiga;

  • mudança repentina do estado de ânimo;

  • irritabilidade;

  • aumento da impulsividade.

Em relação aos sintomas físicos, percebe-se um aumento de:

  • frequência cardíaca;

  • sudorese;

  • ritmo respiratório;

  • temperatura do corpo.

O usuário também pode apresentar hipertensão arterial, pupilas dilatadas, e desenvolver hiperatividade motora, tremores nas mãos e espasmos musculares.

O uso contínuo pode levar a distúrbios psiquiátricos. Alguns dos problemas relatados são:

Vale salientar ainda que crises paranoicas podem aumentar o risco de acidentes e de exposição à situações de violência.

Leia mais: Maconha — planta amplamente utilizada em todo o mundo, tanto para uso medicinal quanto recreativo

Dependência de cocaína

A cocaína é uma droga com grande potencial para causar dependência. Um indivíduo dependente tem um padrão de consumo compulsivo, realizado, geralmente, com o objetivo de eliminar os sintomas decorrentes da abstinência da droga, como perda de interesse pelas atividades do dia a dia, a fissura pela droga e a mudança do estado de ânimo.

A pessoa dependente da cocaína, aos poucos, torna a droga mais importante que qualquer outro compromisso, comprometendo, portanto, sua vida social e profissional.

Overdose de cocaína

A overdose não é um evento raro em usuários de cocaína e a dose letal depende da via de administração. Os sintomas da overdose aguda por cocaína são taquicardia, hipertensão, arritmia, dor no peito, infarto, sudorese, convulsões e febre alta. 

Publicado por Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos Relacionados

Alguns produtos que contém substâncias inalantes.
Solventes ou inalantes
Substâncias que causam dependência com muita facilidade.
O uso de drogas é responsável pela morte de várias pessoas todos os anos.
26 de junho - Dia Internacional de Combate às Drogas
Aprenda mais sobre o Dia Internacional de Combate às Drogas, aqui. Neste texto abordaremos também um pouco a respeito da problemática do uso de drogas.
O uso crônico da cola de sapateiro desencadeia em graves sequelas.
Cola de sapateiro
Droga muito difundida entre crianças e adolescentes de rua.
Amostra de crack
Crack
O crack é uma droga ilícita que pode desencadear consequências graves no organismo. Clique para entender melhor os efeitos dessa droga.
A dopamina é um importante neurotransmissor.
Dopamina
Saiba mais sobre a dopamina, um importante neurotransmissor produzido em nosso corpo que tem papel no desenvolvimento da doença de Parkinson e da esquizofrenia.
O termo drogas refere-se a quaisquer substâncias que, quando utilizadas, causam alterações na estrutura e funções do organismo.
Drogas
O consumo de drogas pelo homem remonta à antiguidade. Saiba mais sobre a história, classificação e outros tópicos relacionados a essas substâncias aqui!
Usuário de Heroína
Heroína
Heroína, a heronína, o princípio ativo da heronína, conseqüências da heroína e malefícios do uso da heroína, efeitos e histórico da heroína (surgimento da droga).
O LSD é uma droga sintética que não pode ser comercializada em território nacional.
LSD
Você já ouviu falar a respeito do LSD? Clique aqui e conheça mais sobre essa droga sintética, responsável por provocar alucinações.
A maconha é a droga ilícita mais utilizada em nosso país.
Maconha
Que tal conhecer mais sobre a maconha? Essa planta polêmica pode trazer danos quando usada como droga de abuso, porém apresenta algumas substâncias importantes.
Flor da Coca, da qual é extraída parte da composição da merla.
Merla
Merla, a merla, o que é a merla, efeitos da merla, quais as consequências da merla, onde a merla age no organismo, consequencias da merla, a merla e o organismo, efeitos da merla.
Os neurotransmissores são importantes para a propagação do impulso nervoso
Neurotransmissor
Entenda o que é um neurotransmissor e suas principais características e conheça algumas dessas importantes moléculas e suas funções no organismo.
As substâncias do “Boa noite, Cinderela” provocam muita sonolência.
Substâncias químicas do “Boa noite, Cinderela”
Acesse este link e conheça as substâncias que podem ser usadas no golpe “Boa noite, Cinderela”. Substâncias como alcaloides, que têm ação depressora no sistema nervoso central, quando misturadas em bebidas alcoólicas, formam uma droga usada, geralmente, para dopar pessoas e, assim, realizar assaltos ou crimes sexuais.
video icon
Português
Tempos derivados do presente do indicativo
São derivados do tempo presente do indicativo o pretérito perfeito do indicativo, o presente do subjuntivo e o imperativo verbal. Assista a esta videoaula para conferir como se dá a formação de cada um deles.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas.