Whatsapp icon Whatsapp

Cometa Halley

O cometa Halley é um dos principais cometas que ocorrem de forma periódica sendo visível a olho nu da superfície do planeta Terra. A sua última aparição aconteceu em 1986.
Um cometa brilhante com grandes trilhas de poeira e gás em referência ao cometa Halley.
Os cometas sempre suscitaram grande curiosidade nas sociedades humanas.

O cometa Halley é um dos mais famosos cometas periódicos que podem ser vistos a olho nu da superfície terrestre. A sua passagem ocorre a cada 75 ou 76 anos. A última passagem desse cometa na Terra aconteceu entre 1985 e 1986.

Esse cometa tem como características a grande luminosidade e a baixa densidade. É reconhecido pela sua importância em termos científicos e astronômicos. O nome do cometa Halley é uma referência ao cientista britânico Edmond Halley (1656-1742).

Leia também: O que é um meteoro?

Resumo sobre o cometa Halley

  • O cometa Halley é um objeto celeste, muito luminoso e passível de visualização a olho nu da superfície terrestre, que ocorre de forma periódica.

  • Ele foi identificado pelo pesquisador britânico Edmond Halley (1656-1742), que conseguiu provar a sazonalidade desse cometa, que passa próximo à Terra a cada 75 ou 76 anos.

  • O cometa Halley é considerado o principal cometa periódico registrado, classificado como de curto período de visualização pela sociedade humana.

  • As aparições do cometa Halley ocorreram no Brasil, assim como em várias outras partes do mundo, chamando a atenção da sociedade, da comunidade científica e da mídia.

  • A última aparição do cometa Halley no mundo ocorreu entre os anos de 1985 e 1986, com destaque para os meses de fevereiro e abril de 1986.

  • A próxima aparição do cometa Halley, conforme os cálculos acerca do seu período de ocorrência, deve ocorrer próximo ao ano de 2061.

História do cometa Halley

As aparições do cometa Halley possuem diversos relatos ao longo da história. Esse cometa, caracterizado pela recorrência de suas aparições e pela luminosidade de sua estrutura, passa de forma periódica próximo à Terra, em um período de tempo considerado curto, permitindo a sua visualização de forma recorrente ao longo dos séculos.

Os primeiros registros históricos da visualização desse cometa datam ainda da Antiguidade, por meio de relatos recuperados de povos antigos, como os babilônios, que indicam a passagem do Halley pela atmosfera terrestre.

Mediante a constância dos relatos, inclusive registrados em objetos como quadros e tapetes, o pesquisador britânico Edmond Halley (1656-1742) provou que havia a passagem recorrente do cometa, em cerca de 75 ou 76 anos, conseguindo confirmar no meio científico que se tratava do mesmo objeto celeste.

O pesquisador, inclusive, acertou o ano da passagem seguinte do cometa Halley, contribuindo assim de forma significativa para os estudos astronômicos da época. Esse foi também o primeiro cometa periódico classificado, ganhando como designação o nome do seu “descobridor”.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Principais características do cometa Halley

O cometa Halley é um objeto celeste, muito luminoso e passível de visualização a olho nu da superfície terrestre, que ocorre de forma periódica. A sua sazonalidade ocorre em torno de 75 ou 76 anos. Ele tem esse nome por causa do cientista Edmond Halley (1656-1742), que auxiliou na sua caracterização e periodização, além de calcular diversos elementos astronômicos em relação à movimentação do cometa. O nome oficial desse cometa é 1P/Halley.

Os cálculos realizados pelo cientista, posteriormente aprimorados em razão do desenvolvimento da ciência, apontam que o cometa Halley possui uma dimensão de 15 por 8 quilômetros distribuídos em uma densidade de 0,6 gramas por centímetros cúbicos. Ele é formado por poeira espacial, gelo e fragmentos rochosos, tradicionalmente atrelado a uma superfície composta por estruturas porosas e formações de crateras, que resultam em uma baixa densidade.

O cometa Halley é considerado o principal cometa periódico registrado, classificado como de curto período de visualização pela sociedade humana.

Leia também: O que diferencia um cometa, um asteroide e um meteoro?

O cometa Halley no Brasil

As aparições do cometa Halley ocorreram no Brasil, assim como em várias outras partes do mundo, chamando a atenção da sociedade local, da comunidade científica e da mídia do país. A localização geográfica do território brasileiro, na porção centro-sul do planeta, muitas vezes facilitou a visualização do cometa. Porém, ao mesmo tempo, tal visualização foi prejudicada, em razão de questões climáticas, como o céu encoberto, e ainda humanas, como a poluição das zonas urbanas.

A passagem do cometa Halley, especialmente em sua última aparição no país entre 1985 e 1986, suscitou diversos registros históricos e muitos relatos da população civil.

Última aparição do cometa Halley

A última aparição do cometa Halley no mundo ocorreu entre os anos de 1985 e 1986, com destaque para os meses de fevereiro e abril de 1986, quando houve maior visualização dele, especialmente na porção sul do planeta. Em razão do período histórico citado, em que havia maior estruturação em termos tecnológicos e científicos, o cometa Halley foi amplamente estudado e registrado, fomentando diversos conteúdos científicos e acadêmicos, que contribuíram para o desenvolvimento da Astronomia mundial.

Registro da última aparição do cometa Halley, no ano de 1986.
Registro da última aparição do cometa Halley, no ano de 1986.

A próxima aparição do cometa Halley

A próxima aparição do cometa Halley, conforme os cálculos acerca do seu período de ocorrência, deve ocorrer próximo ao ano de 2061. Esse cálculo leva em conta o último ano de visualização do cometa na Terra, 1986, junto ao tempo de recorrência desse fenômeno, que em média aconteceu a cada 76 anos.

Leia também: 5 fatos curiosos sobre o Universo

Curiosidades sobre o cometa Halley

  • O ano de 1910 é apontado como uma das principais passagens do cometa Halley pela Terra, visto que ficou marcado pela histeria da população civil em relação ao fenômeno.

  • A última aparição do fenômeno, em 1986, causou grande expectativa na população mundial, apesar de que o cometa ficou pouco visível ao olho nu da superfície terrestre.

  • Apesar da imprecisão dos cálculos astronômicos, há diversos estudos que apontam o ano de 2061 como o próximo da passagem do cometa Halley.

  • O cometa Halley, o mais famoso na sociedade terrestre, suscitou a criação de livros, séries, filmes e até mesmo objetos, como camisetas e canecas, que fazem referência ao fenômeno.

Publicado por Mateus Campos

Artigos Relacionados

Estrelas
Que tal saber mais sobre as estrelas? Confira o que são, do que são feitas e como é a evolução das estrelas, do seu nascimento ao seu fim.
Galáxia
Saiba mais sobre a formação e a evolução das galáxias, além de conhecer os três principais tipos de galáxias.
Planeta Terra
Conheça algumas curiosidades sobre nosso planeta. Entenda como são formadas as estruturas interna e externa da Terra. Identifique os movimentos terrestres.
Planetas gasosos do Sistema Solar
Clique aqui e saiba mais sobre os planetas gasosos do Sistema Solar, isto é, as principais características de Júpiter, Saturno, Urano e Netuno.
Planetas rochosos do Sistema Solar
Clique aqui e saiba mais sobre os planetas rochosos do Sistema Solar, isto é, Mercúrio, Vênus, Terra e Marte.
Via Láctea
Clique e saiba mais sobre a Via Láctea, galáxia que abriga o nosso Sistema Solar.
video icon
Professora ao lado do texto"Aposto".
Português
Aposto
Aposto é o nome que se dá ao elemento sintático que se junta a outro a título de explicação ou de apreciação. Assista a esta videoaula e aprenda um pouco mais sobre o emprego e a classificação desse termo acessório da oração.