Whatsapp icon Whatsapp

Formas de relevo

As formas de relevo são montanhas, planaltos, planícies e depressões. Elas representam o conjunto de formações geomorfológicas existentes na superfície terrestre.
Vista aérea de montanhas rochosas na China, exemplo de forma de relevo.
As formas de relevo são classificadas em montanhas, planaltos, planícies e depressões.

As formas de relevo representam o conjunto de feições geomorfológicas existentes na superfície terrestre. Elas são classificadas em montanhas, planaltos, planícies e depressões. As montanhas são as feições de relevo mais elevadas em altitude. Já as planícies possuem altitudes mais baixas e relevo bem suave.

Os planaltos são formações associadas aos processos geomorfológicos provocados por agentes externos, como a erosão. As depressões são caracterizadas pela presença de formas de baixa altitude, especialmente quando comparadas às demais áreas geográficas vizinhas. O Brasil possui um relevo caracterizado pela atuação de agentes externos e pela predominância de planaltos.

Leia também: Quais são os biomas que existem no mundo?

Resumo sobre formas de relevo

  • O relevo é um dos principais aspectos da geografia de uma localidade, pois representa as feições geomorfológicas da superfície terrestre.

  • Conforme as características geomorfológicas, as feições de relevo são classificadas em montanhas, planaltos, planícies e depressões.

  • As montanhas são formas de relevo de elevada altitude associadas especialmente ao processo de movimentação das placas tectônicas.

  • Os planaltos são formas de relevo de considerável altitude que possuem o topo relativamente plano, com predominância da erosão.

  • As planícies são formas de relevo de baixa altitude, compostas de vastas áreas planas por meio do processo de sedimentação.

  • As depressões são formas de relevo que possuem uma altitude mais baixa quando comparadas às demais áreas geográficas vizinhas.

  • O Brasil possui uma formação geomorfológica diversa, caracterizada pela presença de um relevo bastante recente, apesar do substrato litológico antigo.

  • As formas geomorfológicas encontradas no território brasileiro são os planaltos, as planícies e as depressões.

Quais são as formas de relevo?

O relevo é o termo que indica o conjunto de formações geomorfológicas presentes na superfície terrestre. Esse aspecto da paisagem é bastante modificado ao longo do tempo, tanto por agentes internos quanto por agentes externos. O relevo é um dos principais aspectos considerados na caracterização geográfica de uma localidade. Conforme os aspectos das formas geomorfológicas, o relevo é classificado em montanhas, planaltos, planícies e depressões.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características das formas de relevo

O relevo presente na superfície terrestre é dividido, de acordo com as suas características, em quatro grandes grupos: montanhas, planaltos, planícies e depressões. Os pontos abaixo apresentam os principais aspectos dessas formas geomorfológicas:

  • Montanhas: são formas de relevo de elevada altitude. Elas foram formadas, ao longo do tempo geológico e geomorfológico, especialmente por agentes internos do relevo, como o vulcanismo e o tectonismo, logo, são resultantes principalmente das movimentações das placas tectônicas. Esse tipo de forma de relevo é o de maior altitude entre as formações geomorfológicas. Para saber mais sobre as montanhas, clique aqui.

Pico da montanha do Everest coberto por neve, exemplo de forma de relevo.
O monte Everest, localizado no continente Ásia, é a maior montanha do mundo.
  • Planaltos: são formas de relevo de considerável altitude que possuem o topo relativamente plano. Essas formações geomorfológicas são compostas principalmente por rochas de diferentes origens que foram bastante transformadas ao longo do tempo, com destaque para os agentes externos. A erosão, por exemplo, é um dos principais agentes de transformação das formas de planaltos. Para saber mais sobre essa forma de relevo, clique aqui.

Ovelhas pastando no planalto do Tibete, um exemplo de forma de relevo.
O planalto do Tibete, situado na Ásia, é uma das maiores formações de planalto da China.
  • Planícies: são formas de relevo de baixa altitude, formadas por vastas áreas planas e pouco acidentadas. Essas formas de relevo estão comumente associadas ao processo geomorfológico de sedimentação, ou seja, são formadas essencialmente pelo acúmulo de sedimentos, notadamente oriundos de formas mais elevadas de relevo. As planícies são encontradas principalmente ao longo das margens de mares, rios e lagos. Para saber mais sobre essa forma de relevo, clique aqui.

Vista aérea de porções de água no Pantanal, forma de relevo de planície.
A planície do Pantanal, localizada na América, forma um dos grandes biomas do Brasil.
  • Depressões: são formas de relevo que possuem uma altitude mais baixa quando comparadas às demais áreas geográficas vizinhas. Sofrem especialmente com a ação da erosão na transformação dos seus aspectos geomorfológicos. As depressões são divididas em dois tipos: a depressão relativa situa-se acima do nível do mar; já a depressão absoluta ocorre abaixo do nível do mar. Para saber mais sobre essa forma de relevo, clique aqui.

Costa salgada do mar Morto, exemplo de depressão, uma forma de relevo.
O mar Morto é uma das principais formações de depressão do Oriente Médio.

Quais são as principais formas de relevo do Brasil?

O Brasil possui uma formação geomorfológica bastante diversa, caracterizada pela presença de um relevo recente, apesar do substrato litológico antigo. Esse cenário é dado em razão da proeminência da ação dos agentes externos de relevo do país que provocam a transformação constante das feições geomorfológicas locais.

O Brasil está situado em uma faixa de clima tropical, com forte atuação de agentes externos, como a água e o vento, assim como de processos geomorfológicos em sentido amplo, como a erosão e a sedimentação. Portanto, o relevo brasileiro é historicamente bastante modificado e apresenta formas geomorfológicas recentes. Nesse contexto, o relevo brasileiro é predominantemente formado por planaltos e por áreas menores de planícies e depressões.

A predominância dos planaltos no país é fruto da presença de uma estrutura geológica bastante antiga em conjunto com a ação contínua de agentes externos, como a erosão. A estrutura de relevo do Brasil não possui montanhas, visto que essas formas estão associadas aos processos de movimentação das placas tectônicas, bastante diminutos no país. Ainda, destaca-se que no Brasil as formas de relevo também sofrem com os problemas ambientais, com destaque para a erosão intensificada pela ação humana.

Saiba mais: Agentes de transformação do relevo — externos e internos

Exercícios resolvidos sobre formas de relevo

Questão 1 (FASM) Levando em consideração os agentes formadores do relevo brasileiro, assinale a alternativa que contém a afirmação correta.

a) No território brasileiro, as áreas de derrames magmáticos recentes são responsáveis pela presença de grandes cadeias de montanhas.

b) O Brasil está localizado no centro de placa tectônica, o que favorece a formação de dobramentos recentes.

c) No território brasileiro, as estruturas e as formações litológicas são antigas, porém as formas do relevo são recentes.

d) O território brasileiro está localizado em área de movimentos orogenéticos recentes e amplo processo erosivo.

e) O Brasil está localizado em uma área de intenso processo erosivo e estrutura geológica recente.

Resolução: Alternativa C. A estrutura geológica brasileira, formada por rochas cristalinas e sedimentares, é bastante antiga; porém as formas de relevo são recentes devido à ação destacada de agentes externos do relevo, como a erosão.

Questão 2 (Unemat) Na proposta de classificação do relevo brasileiro, Ross (1989) apresentou a seguinte caracterização: são as únicas unidades do relevo brasileiro cujo arcabouço consiste em bacias sedimentares recentes, formadas por deposições do período Quaternário.

MAGNOLI e ARAÚJO, 2005.

A caracterização exposta refere-se a:

a) planaltos.

b) planícies.

c) depressões.

d) bacias sedimentares.

e) crátons.

Resolução: Alternativa B. O texto faz menção às planícies, formas de relevo mais planas, com baixa altitude e pouca declividade. Elas estão associadas ao processo de sedimentação presente na superfície terrestre.

Fontes

ECO4U. Quais os principais tipos de relevo no Brasil? In: Empresa Brasil de Comunicações, 28/04/2015. Disponível em: https://memoria.ebc.com.br/infantil/voce-sabia/2015/04/quais-os-principais-tipos-de-relevo-no-brasil.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Relevo do Brasil. IBGE Educa. Disponível em: https://educa.ibge.gov.br/jovens/conheca-o-brasil/territorio/18306-relevo-do-brasil.html.

QCONCURSOS. Questões de Vestibular sobre Geografia. Qconcursos. Disponível em: https://www.qconcursos.com/questoes-de-vestibular/questoes?q=formas+de+relevo.

Publicado por Mateus Campos
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

A Biosfera
Biosfera, O que é a Biosfera, Os aspectos favoráveis a vida na Biosfera, A Biosfera e seus elementos, A constituição da Biosfera, Biosfera esfera da vida.
Agentes de formação do relevo
Confira aqui quais são os agentes de formação do relevo e veja como eles atuam.
América Central
América Central, características da América Central, problemas enfrentados pelos países da América Central, economia, clima, Estados Unidos da América Central.
Bioma
Entenda o que são biomas, quais as suas características e importância e por que devemos preservá-los. Conheça os principais biomas do Brasil e do mundo.
Depressões
Aprenda um pouco mais sobre o tipo de relevo conhecido como depressão. No conteúdo do texto a seguir, você poderá encontrar não só a definição de depressão, como também as suas classificações, processos que a originam, as principais curiosidades sobre esse tipo de relevo e onde se localizam no Brasil e no mundo.
Formação e Transformação do Relevo
Formação e Transformação do Relevo, O que é relevo, Quais são os fatores de formação do relevo, Como o relevo pode ser transformado, Os processos erosivos sofridos pelo relevo, A classificação de erosão.
Montanhas
Saiba mais sobre o tipo de relevo conhecido como montanha. O texto a seguir apresentará a definição de montanha, além de suas características estruturais, processos de formação, as principais montanhas do mundo e onde se localizam. Descubra também se há ou não a presença de montanhas em território brasileiro.
Planaltos
Clique aqui e conheça um pouco mais sobre os planaltos, um tipo de forma de relevo. No texto falaremos sobre a sua definição, quais são os processos erosivos que os originam, suas particularidades e as localizações. Veja também o maior planalto existente!
Planícies
Aprenda mais sobre a forma de relevo conhecida como planície, que é encontrada não só em território brasileiro, mas também em todo o mundo. Este texto abordará a definição de planície, os processos que a originaram e suas particularidades. Venha conhecer também a maior planície alagável do mundo.
Pressão atmosférica
A pressão atmosférica e os elementos que interferem em suas variações.
Relevo
Aprenda o conceito de relevo. Veja quais são as principais formas do relevo terrestre. Entenda o papel dos agentes da natureza na formação do relevo terrestre.
Relevo brasileiro
Clique aqui, saiba quais são as principais características geomorfológicas do Brasil e conheça as formas de relevo que ocorrem ao longo do território brasileiro.
Relevo e sociedade
Como os elementos estruturais da natureza condicionam a nossa vivência? Compreenda a dinâmica existente entre relevo e sociedade!
Tsunami
Clique aqui e saiba o que é um tsunami. Conheça suas principais causas e características. Descubra também quais foram os piores tsunamis do mundo.
video icon
Texto"Matemática do Zero | Condição de existência de triângulos" em fundo azul.
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Condição de existência de triângulos
Nessa aula veremos a condição de existência de um triângulo utilizando um raciocínio lógico e em seguida formalizando esse conhecimento.