Tornado

O tornado é um tipo de ciclone, com dimensões e duração bem menores que a de um furacão. Porém, esse fenômeno é capaz de gerar grandes catástrofes.

O tornado é um tipo de ciclone, ou seja, redemoinhos atmosféricos que giram em torno de um centro de baixa pressão atmosférica. Normalmente a sua formação ocorre no final da tarde, pois nesse período a atmosfera apresenta maior instabilidade.

A palavra tornado é originária do termo espanhol tornada, que significa tempestade. O tornado apresenta dimensões e duração bem menores que a de um furacão. Porém, esse fenômeno é capaz de gerar grandes catástrofes, como por exemplo, destruição de casas.

Os tornados são fenômenos tipicamente continentais, sua formação ocorre através da chegada de frentes frias em regiões onde o ar está mais quente e instável, favorecendo o desenvolvimento de uma tempestade, que, por sua vez, impulsiona a formação desse tipo de ciclone.

Algumas regiões são mais propícias para a formação de tornados, pois apresentam aspectos favoráveis para a ocorrência desse fenômeno. Entre essas regiões podemos destacar a parte central dos Estados Unidos, e alguns países da América do Sul como o Uruguai, Argentina e o sul do Brasil.

Formação dos Tornados:

1 - A massa de ar frio forma uma “tampa” sobre a massa de ar quente próxima ao solo, impedindo a formação de nuvens. Com a entrada de uma frente fria ou pelo aquecimento excessivo da faixa de ar próxima ao solo, o ar quente rompe a tampa e invade a massa de ar frio.

2 - O ar quente sobe e se expande, com velocidade que pode chegar a 250 KM/h. A instabilidade na atmosfera pode fazer com que o movimento de expansão ocorra em forma espiral.

3 - Umidade condensada cai em forma de chuva. Com a evaporação, o tornado se forma abaixo da “tampa” em área onde não há chuva. Ao contrário dos furacões, os tornados são compactos e de curta duração.

Um tornado normalmente apresenta 100 metros de extensão, e sua duração é de poucos minutos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Tornado: redemoinhos atmosféricos
Tornado: redemoinhos atmosféricos
Publicado por: Wagner de Cerqueira e Francisco
Assuntos relacionados
O sol não cessa
O Sol da Meia Noite
O Sol da Meia Noite, O que é o Sol da Meia Noite, Como ocorre o Sol da Meia Noite, O Sol da Meia Noite e a incidência de sol, O Sol da Meia Noite e a inclinação da Terra, O Sol da Meia Noite e as estações do ano.
Os furacões são tão grandes que só podem ser vistos inteiramente em imagens de satélite
Furacão
Descubra o que é um furacão, como ele se forma e as suas características principais.
Tempestades derrubam árvores em cidades e no campo.
Intensidade do vento
Intensidade do vento, Vento calmaria, Vento franco, Vento moderado, Vento forte, Tempestade, Os ventos variam de acordo com sua intensidade.
Terremoto na cidade chilena Valdivia, em 1960 (Grande Terremoto).
Grandes terremotos da história
Confira aqui uma lista dos grandes terremotos da história, onde aconteceram, quando e quais foram suas consequências.
Degelo
Várias espécies de animais marinhos e peixes estão ameaçadas pelo degelo. Entenda!
Lava vulcânica solidificando-se e dando origem a rochas ígneas ou magmáticas
Rochas Ígneas
Conheça as principais características e as classificações das rochas ígneas, também chamadas de magmáticas.
Imagem de satélite de um ciclone, um tipo de fenômeno atmosférico
Fenômenos atmosféricos
Conheça alguns dos principais fenômenos atmosféricos que se manifestam, tais como o efeito estufa, a inversão térmica, os ciclones e muitos outros.
Em vermelho, a influência do El Niño.
El Niño
El Niño, o que é El Niño, influência do El Niño sobre a temperatura mundial, efeitos do El Niño no clima.
Fóssil de uma espécie de crocodilo datado com mais de 160 milhões de anos
Fósseis
Entenda o que são os fósseis, conheça os seus principais tipos e confira exemplos, descobrindo como se formam esses importantes registros geológicos.