Tinham ou tinha?

A conjugação do verbo “ter” é assunto de muitas dúvidas, não propriamente do próprio verbo, mas de seus derivados. Vejamos algumas considerações:

O verbo “ter” quando no sentido de “existir” é impessoal e ficará na 3ª pessoa do singular.
Por esse motivo, é errado dizer: Tinham muitas coisas para fazer. O certo é: Tinha muitas pessoas no clube, Tinha possibilidades de você permanecer?

Se o verbo “ter” estiver auxiliando o verbo “haver” permanecerá na 3ª pessoa do singular: Tinha havido várias reuniões antes desta.

Alguns derivados do verbo “ter” são: manter, reter, deter, obter, conter, entreter, dentre outros.

As conjugações dos verbos derivados do “ter” são constantemente causas de equívocos na língua: Se o banco não manter o meu talão de cheque, mudo para outro. Se você reter líquido, poderá ter má circulação.

No presente do indicativo a conjugação fica: eu tenho, eu retenho, eu detenho, eu obtenho, eu contenho, eu entretenho.

A conjugação no futuro do subjuntivo é acompanhada de “quando” ou “se” e indica possibilidade: quando eu tiver, se o banco retiver, se ele detiver, se eu obtiver, quando isso contiver, quando ela entretiver.

Então, retomando as frases expostas em parágrafo acima, o certo será: Se o banco não mantiver o meu talão, mudo para outro. Se você retiver líquido, poderá ter má circulação.

Quando ficar em dúvidas, consulte a conjugação do verbo “ter”, pois os derivados deste seguem o mesmo padrão. Logo, se no futuro do presente o verbo “ter” apresenta a seguinte conjugação: eu terei, tu terás, ele/ela terá, nós teremos, vós tereis, eles/elas terão, então, o verbo “manter” seguirá o mesmo raciocínio: eu manterei, tu manterás, ele/ela manterá, nós manteremos, vós mantereis, eles/elas manterão.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Publicado por: Sabrina Vilarinho
Assuntos relacionados
Deferir ou diferir?
Saiba mais sobre os significados de diferir, deferir, deferido, indeferido!
Haja vista deve ser sempre empregada de forma invariável
Haja vista ou haja visto?
Haja vista ou haja visto: embora representem expressões usuais, apenas a primeira considera-se como adequada.
O emprego das palavras "perca" e "perda" pode gerar algumas dúvidas
Perca ou perda? Qual usar?
Por que é errado quando dizemos “perca de tempo”?
Tivesse e estivesse: uma forma pertence ao verbo estar; e a outra, ao verbo ter
Tivesse e estivesse
“Tivesse” pertence ao verbo ter; e “estivesse”, ao verbo estar.
Trata-se de ou tratam-se de representam um dos muitos questionamentos linguísticos
Trata-se de ou tratam-se de?
Qual das duas formas é considerada correta: trata-se de ou tratam-se de? Dúvidas? Retire-as e ainda amplie sua competência linguística, clicando e conferindo!