Whatsapp icon Whatsapp

Domingo de Ramos

Domingo de Ramos é uma celebração cristã que faz parte da tradição da Páscoa. Essa celebração relembra a entrada triunfal de Jesus na cidade de Jerusalém.
Pintura representando Jesus Cristo chegando a Jerusalém acompanhado de seus discípulos, em referência ao Domingo de Ramos.
O Domingo de Ramos relembra a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém.

O Domingo de Ramos é uma celebração cristã que faz parte da tradição da Páscoa. Ele marca o início da Semana Santa, período que relembra os últimos dias de Jesus, celebrados com procissões e missas. Esse dia também relembra a chegada de Jesus a Jerusalém e a recepção triunfal que ele recebeu.

Apesar da recepção, Jesus foi para Jerusalém a fim de cumprir seu propósito de redimir a humanidade de seus pecados. A partir disso, iniciou-se o período que levou à sua crucificação. É comum que, durante o Domingo de Ramos, ramos de palmeiras sejam abençoados na missa e guardados para serem transformados em cinzas posteriormente.

Leia mais: Sexta-Feira Santa — data vinculada à Pascoa e que representa o dia em que Jesus foi crucificado e morreu

Resumo sobre Domingo de Ramos

  • O Domingo de Ramos é uma celebração que tem relação com a Páscoa.

  • A celebração marca o início da Semana Santa.

  • Relembra a chegada triunfal de Jesus a Jerusalém.

  • São realizadas procissões e missas com os fiéis.

  • Ramos levados à missa são abençoados e depois transformados em cinzas.

Sentido do Domingo de Ramos

O Domingo de Ramos é uma celebração móvel que faz parte da liturgia e do calendário cristão, sendo diretamente relacionada com a Páscoa, a festa que relembra e comemora a ressurreição de Jesus Cristo. O Domingo de Ramos marca o início da Semana Santa, os sete dias que antecedem a Páscoa.

A Semana Santa é marcada por uma série de ações entre os cristãos, e as primeiras são realizadas no próprio Domingo de Ramos. Essa celebração relembra a chegada de Jesus a Jerusalém, sendo recebido como um rei. A tradição fala que a população estendeu ramos de palmeiras para recebê-lo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A recepção triunfal de Jesus chamou a atenção das autoridades romanas e as autoridades religiosas judaicas. Ambas passaram a temer que Jesus seria o líder de uma revolta popular. A própria população esperava que Jesus assumisse o papel de líder político para livrá-la do domínio romano.

Os cristãos, por sua vez, entendem que Jesus Cristo trazia outra mensagem. Ele chegou montado em um jumento, animal que simbolizava a humildade e a paz, assim, apresentando-se dessa forma. Seu objetivo era outro: livrar a humanidade do preço dos pecados.

Os cristãos entendem que celebrar o Domingo de Ramos é reconhecer Jesus como filho de Deus, além de ser uma comprovação do comprometimento dos fiéis com a mensagem do Senhor.

A data do Domingo de Ramos

A celebração do Domingo de Ramos é uma das tradições relacionadas com a Páscoa, e sua data é definida de acordo com a da Páscoa. Isso porque a Igreja Católica estabeleceu os critérios para a data da Páscoa no século IV.

A data da Páscoa se estabelece no primeiro domingo após a primeira Lua cheia depois do equinócio da primavera (no Hemisfério Norte). Sendo assim, uma vez definida a data da Páscoa, define-se que o dia de Domingo de Ramos acontecerá sete dias antes.

Leia mais: Carnaval — apesar de ser uma festa tradicionalmente cristã, algumas de suas características remontam à Antiguidade

Quais são os símbolos do Domingo de Ramos?

O Domingo de Ramos tem um grande símbolo que são os ramos de palmeiras ou de oliveiras. Os ramos têm relação com o que a tradição afirma sobre Jesus ter sido recebido em Jerusalém com a população estendendo-os para que ele passasse. Isso era entendido como um sinal de reverência.

Os cristãos afirmam que, no Domingo de Ramos, os ramos indicam a mensagem de que os fiéis estão seguindo o caminho de Jesus Cristo. Além disso, a tradição litúrgica do cristianismo afirma que o vermelho é a cor litúrgica do Domingo de Ramos.

Celebração do Domingo de Ramos

No Domingo de Ramos acontece uma celebração prévia e fora da igreja em que os ramos são abençoados pelo padre. Os fiéis comparecem com os ramos em suas mãos, e o padre realiza uma oração e asperge água benta nas folhas. Uma procissão também é realizada para homenagear a entrada de Jesus em Jerusalém.

No final do dia, acontece uma missa, com a homília sendo realizada, e outros rituais se fazem, sempre lembrando da entrada triunfal de Jesus. A Igreja Católica permite que os ramos abençoados sejam levados para casa, mas orienta que eles sejam queimados e transformados em cinza posteriormente. Os que ficarem na igreja serão transformados em cinzas e usados na Quarta-Feira de Cinzas do ano seguinte.

Qual a importância do Domingo de Ramos?

O Domingo de Ramos tem grande importância na crença cristã por sua relação com a Páscoa, a festa mais importante do calendário litúrgico dos cristãos, e também porque remonta a um acontecimento importante, a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém. É importante relembrar que a entrada de Jesus em Jerusalém era o cumprimento de uma profecia judaica. Como apontado, a celebração dessa data é uma forma de reforçar a crença dos fiéis em Jesus.

Leia mais: Páscoa judaica — tradicional celebração que relembra a libertação dos hebreus da escravidão no Egito

Domingo de Ramos em 2024

A celebração da Páscoa em 2024 acontecerá no dia 31 de março, assim, como o Domingo de Ramos é celebrado sete dias antes da Páscoa, ele ocorrerá em 24 de março.

Fontes

MOON, Kat. What to Know About the Origins and Meanings of the Major Holy Week Rituals. Disponível em: https://time.com/5567157/holy-week-history/

REDAÇÃO. Qual o significado do Domingo de Ramos? Disponível em: https://www.a12.com/redacaoa12/igreja/a12-qual-o-significado-do-domingo-de-ramos

REDAÇÃO. Semana Santa: o significado de cada dia da celebração da paixão, morte e ressurreição de Cristo. Disponível: https://www.cnbb.org.br/261402-2/

VITTO, Rafael. Como é a celebração do Domingo de Ramos? Disponível em: https://formacao.cancaonova.com/liturgia/tempo-liturgico/quaresma/como-e-a-celebracao-do-domingo-de-ramos/

Publicado por Daniel Neves Silva