Whatsapp icon Whatsapp

Competência 2 da redação do Enem

A competência 2 da redação do Enem diz respeito à capacidade de entender a proposta de redação e de aplicar conhecimentos diversos na defesa de um ponto de vista.
Caderno de provas do primeiro dia de aplicação do Enem, quando é realizada a redação, junto a outros objetos escolares.
A competência 2 da redação do Enem é uma das 5 competências utilizadas para avaliar a redação do exame, realizada no primeiro dia de prova. [1]

A competência 2 da redação do Enem está relacionada à capacidade de o(a) participante entender a proposta de redação e aplicar conhecimentos de diversas áreas para defender seu ponto de vista em texto que deve ser do tipo dissertativo-argumentativo, além de escrito em forma de prosa.

As outras competências se referem ao domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa, à organização de informações e fatos na defesa de um ponto de vista, ao conhecimento dos mecanismos linguísticos para a construção da argumentação e proposta de intervenção.

Leia também: Competência 3 da redação do Enem — o que avalia?

Resumo sobre a competência 2 da redação do Enem

  • Na competência 2 da redação do Enem, é avaliada a capacidade de o(a) participante compreender a proposta de redação.

  • Também é exigido que o(a) participante aplique conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema.

  • O texto produzido deve ser do tipo dissertativo-argumentativo e escrito em prosa.

  • É preciso explorar o tema em sua totalidade, para não ser penalizado por tangenciamento.

  • Nas outras quatro competências, são avaliados o domínio da língua portuguesa, a defesa do ponto de vista e a proposta de intervenção.

Videoaula sobre a competência 2 da redação do Enem

O que é avaliado na competência 2 da redação do Enem?

A competência 2 da redação do Enem, de acordo com o Ministério da Educação, está relacionada a estas capacidades do(a) participante:

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa.

Trocando em miúdos, é preciso entender o que a proposta de redação está pedindo. Por exemplo, o tema da prova de 2021 foi “Invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil”. Nesse caso, é preciso falar do registro civil (de nascimento, por exemplo), mas atrelado à questão da invisibilidade.

Afinal, sem o uso desse direito, o indivíduo se torna invisível para o Estado e para a sociedade. Além disso, também é necessário refletir sobre a relação entre a cidadania e o acesso a esse tipo de registro. Então, se você resolve falar apenas de invisibilidade ou somente de cidadania, sem fazer uma relação com o registro civil, isso indica que você não compreendeu bem a proposição.

Entendida a proposta, é necessário utilizar, em sua argumentação, conhecimentos de várias áreas. É, portanto, a hora de você mostrar que esteve atento(a) às aulas das diversas disciplinas escolares, que leu e pesquisou bastante. Evidenciar seu repertório sugere que você sabe o que está falando, que sua argumentação está amparada sobre bases sólidas.

É claro que cada tema exigirá saberes específicos. No caso do tema de 2021, mencionado acima, você pode usar conhecimentos de Filosofia, Geografia, História, Sociologia, Literatura, por exemplo. Vale lembrar que o texto da redação não é um texto narrativo, assim, você precisa ter em mente que defenderá ideias.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Ele deve ser dissertativo-argumentativo, o que significa que você precisa trazer argumentos para defender suas ideias. Além disso, seu texto deve ser escrito em forma de prosa, isto é, não pode ser escrito em versos. Consciente da proposta, da estrutura textual exigida e munido(a) de um repertório vasto, suas chances de sucesso são grandes.

Não se esqueça de que a competência 2 é avaliada em um total de 200 pontos, segundo estas condições apontadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep):

Avaliação da competência 2 do Enem

Pontuação

Condição

200

Desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, baseado em um repertório sociocultural produtivo, e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo.

160

Desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão.

120

Desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão.

80

Desenvolve o tema recorrendo à cópia de trechos dos textos motivadores ou apresenta domínio insuficiente do texto dissertativo-argumentativo, não atendendo à estrutura com proposição, argumentação e conclusão.

40

Apresenta o assunto, tangenciando o tema, ou demonstra domínio precário do texto dissertativo-argumentativo, com traços constantes de outros tipos textuais.

0

Fuga ao tema/não atendimento à estrutura dissertativo-argumentativa. Nestes casos a redação recebe nota zero e é anulada.

Algumas dicas para tirar a nota máxima na competência 2 da redação do Enem

  • Leia a proposta com atenção, para evitar tangenciamento (abordagem parcial) ou fuga do tema (nenhuma relação com a proposta).

  • Leia com atenção os textos motivadores, pois eles servem para dar uma ideia geral ou mesmo apontar variações acerca do tema.

  • Não faça uma narrativa, ou seja, não conte histórias; pois o texto deve ser do tipo argumentativo, com apresentação de um ou mais argumentos, desenvolvimento da argumentação e conclusão.

  • Não escreva um poema, a redação deve ser escrita em forma de prosa, não de verso.

  • Antes de começar a escrever a redação, você precisa, com base no tema proposto, decidir qual(is) ideia(s) defenderá.

  • Seja claro(a), explique e dê exemplos para fortalecer sua argumentação.

  • Tenha objetividade, mostre que sua defesa está pautada em fatos e não em “achismos”.

  • Faça citações indiretas (aquelas que não precisam de aspas, já que trazem apenas uma paráfrase e não a transcrição exata de um discurso), mas cite o(a) autor(a) da(s) ideia(s), para demonstrar seriedade e justificar suas afirmações.

  • Use informações ou fatos atuais de conhecimento geral para corroborar suas ideias também, pois mostra que você está atento(a) às notícias do seu país e do mundo.

  • Nunca copie trechos dos textos motivadores; além de eles serem desconsiderados na contagem de linhas da redação, tal atitude é um ponto negativo na análise do avaliador.

Saiba mais: 8 dicas sobre a estrutura do parágrafo

O que pode zerar a redação do Enem?

Por fim, vale lembrar que algumas ações podem fazer com que sua redação receba nota zero. Então evite estas situações apontadas pelo Inep:

  • fuga total do tema;

  • não obediência ao tipo dissertativo-argumentativo;

  • extensão de até 7 (sete) linhas manuscritas apenas;

  • extensão de até 10 (dez) linhas escritas apenas, no sistema Braille;

  • usar impropérios;

  • fazer desenhos, em qualquer parte da folha de redação;

  • utilizar números ou sinais gráficos sem função clara em qualquer parte do texto ou da folha de redação;

  • colocar parte deliberadamente desconectada do tema proposto;

  • pôr assinatura, nome, iniciais, apelido, codinome ou rubrica fora do local devidamente designado para a assinatura do(a) participante;

  • produzir um texto predominante ou integralmente escrito em língua estrangeira;

  • entregar a folha de redação em branco, mesmo que haja texto escrito na folha de rascunho;

  • escrever texto ilegível, que impossibilite sua leitura por dois avaliadores independentes.

Quais são as 5 competências da redação do Enem?

Competências da redação do Enem

Competência

Especificação

1

Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa.

2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa.

3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os Direitos Humanos.

Créditos de imagem

[1] Gabriel_Ramos / Shutterstock

Publicado por Warley Souza
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

A Redação do Enem
Clique aqui e não fique mais preocupado!
A redação nota 10!
Confira nossas dicas para você alcançar uma redação nota 10 em concursos e vestibulares.
Como começar uma redação?
Aprenda como começar uma redação. Conheça dicas para planejar bem seu texto. Veja, também, como começar a redação independentemente do tema.
Competência 3 da redação do Enem
Clique aqui e saiba o que é avaliado na competência 3 da redação do Enem. Veja algumas dicas para tirar nota máxima nessa competência.
Dicas de redação
É hora de escrever: Clique e confira cinco superdicas de redação que vão facilitar seus estudos!
Dicas para a redação do Enem
Sente-se apto (a) para fazer a redação do Enem? Se sim ou se não, não deixe de conferir algumas dicas ao clicar aqui!
Estrutura do texto dissertativo
Saiba qual a sequência estrutural que você deve seguir ao elaborar uma dissertação!
Proposta de intervenção da redação do Enem
Leia e saiba mais sobre o que fazer para obter a nota máxima, 200 pontos, na proposta de intervenção da prova de Redação do Enem!
Textos persuasivos
Por meio de um esforço, mínimo por sinal, você encontrará informações necessárias que farão você apreender muito acerca dos chamados textos persuasivos, por isso, clique!
Tipos de introdução no texto dissertativo-argumentativo
Há diferentes recursos que podem ser utilizados para introduzir um texto dissertativo-argumentativo. Saiba quais são os tipos de introdução!
video icon
Texto"Matemática do Zero | Soma dos ângulos externos de um polígono convexo" em fundo azul.
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Soma dos ângulos externos de um polígono convexo
Nessa aula demonstrarei a fórmula da soma dos ângulos externos de um polígono convexo qualquer e como encontrar a medida de cada ângulo externo.