Whatsapp icon Whatsapp

Intoxicação alimentar

A intoxicação alimentar é um problema de saúde que acomete milhares de pessoas todos os anos e pode levar à morte. Quando falamos em intoxicação alimentar, referimo-nos a um problema de saúde desencadeado por alimentos contaminados, por exemplo, por bactérias, fungos, vírus ou mesmo toxinas produzidas por esses organismos ou outras substâncias químicas.

Na maioria dos casos, no entanto, a intoxicação alimentar ocorre como consequência da contaminação por bactérias. A contaminação dos alimentos pode ocorrer, por exemplo, na armazenagem, no preparo e até mesmo na hora do consumo. Uma forma de prevenir o problema é adotando hábitos de higiene adequados, como lavar sempre as mãos ao preparar uma receita ou no momento de fazer suas refeições. O tratamento da intoxicação alimentar inclui hidratação.

Leia mais: Salmonelose – doença que desencadeia quadro de infecção gastrointestinal

O que é intoxicação alimentar?

Alimentos contaminados são responsáveis pela intoxicação alimentar.
Alimentos contaminados são responsáveis pela intoxicação alimentar.

O Manual Integrado de Prevenção e Controle de Doenças Transmitidas por Alimentos, do Ministério da Saúde, define intoxicação alimentar como uma “doença produzida pela ingestão de alimentos que contêm toxinas formadas naturalmente em tecidos de plantas ou animais, ou produtos metabólicos de micro-organismos ou substâncias químicas ou contaminantes físicos que se incorporam a ele de modo acidental ou intencional em qualquer momento, desde a sua origem, produção até o consumo”. A intoxicação alimentar, portanto, é uma doença transmitida devido à ingestão de alimentos e água contaminados.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que causa a intoxicação alimentar?

Na maioria dos casos, a intoxicação alimentar é provocada por bactérias que se desenvolvem nos alimentos. Entretanto, elas não são os únicos agentes que causam o problema. Vírus, fungos, toxinas produzidas por micro-organismos e até mesmo substâncias químicas podem contaminar o alimento. A contaminação pode ocorrer, por exemplo, no momento do preparo, no acondicionamento incorreto, e até mesmo na manipulação na hora do consumo.

Leia também: Doenças relacionadas com a água

Quais os sintomas da intoxicação alimentar?

De maneira geral, a intoxicação alimentar provoca sintomas gastrointestinais, porém os sintomas variam a depender do agente causador da intoxicação. Em alguns casos, eles se restringem à náusea, ao vômito, à cólica intestinal e à diarreia. Em casos mais graves, a pessoa pode apresentar paralisia, formigamento, tontura, desidratação, sangue na urina e nas fezes, e febre. Muitas pessoas acreditam que a intoxicação alimentar é um problema de fácil solução, porém ela pode levar à morte caso não se tenha ajuda médica eficiente.

Náusea e vômito são sintomas de intoxicação alimentar.
Náusea e vômito são sintomas de intoxicação alimentar.

Qual o tratamento para a intoxicação alimentar?

O tratamento da intoxicação alimentar baseia-se no controle dos sintomas e complicações. Como os sintomas variam a depender do agente causador, o tratamento também variará. Como, muitas vezes, a intoxicação alimentar provoca diarreia grave, é importante garantir a ingestão de sais hidratantes orais e muito líquido. Alguns pacientes mais graves podem necessitar de internação e hidratação endovenosa.

Leia também: Doenças causadas por bactérias

Como evitar intoxicação alimentar?

Muitas vezes os alimentos contaminados podem apresentar coloração, odor ou até mesmo um sabor diferenciado, entretanto, em alguns casos, não é possível verificar a diferença. Sendo assim, nossos cuidados devem ir além da observação atenta dos alimentos. Veja, a seguir, algumas formas de diminuírem-se os riscos de desenvolver-se uma intoxicação alimentar:

  • Lavar sempre as mãos antes de preparar os alimentos e antes de alimentar-se;

  • Ingerir sempre água tratada, fervida ou filtrada;

  • Consumir apenas leite pasteurizado ou fervido;

  • Cozinhar bem os alimentos, como carne e ovos;

  • Comprar alimentos de origem animal em locais confiáveis;

  • Obedecer às recomendações de armazenamento e validade de cada alimento;

  • Atentar-se à temperatura em que cada alimento deve ser conservado;

  • Higienizar adequadamente frutas, verduras, legumes e hortaliças, especialmente aquelas ingeridas cruas;

  • Higienizar os locais onde os alimentos serão manipulados e preparados;

  • Não deixar alimentos expostos, refrigerando os restos de comida após as refeições;

  • Proteger os alimentos do contato com vetores de doenças, como ratos e insetos;

  • Utilizar utensílios diferentes para manipular alimentos crus e cozidos;

  • Alimentar-se apenas em locais confiáveis, visivelmente limpos e que conservam os alimentos adequadamente.

Publicado por Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos Relacionados

Andropausa
Andropausa, o que é andropausa, sintomas da andropausa, período em que a andropausa ocorre, exames que devem ser feitos para diagnosticar a andropausa, tratamento para a andropausa.
Bactérias
Amplie seus conhecimentos sobre as bactérias, organismos unicelulares que podem ser encontrados em colônias!
Desidratação
Saiba o que é desidratação, seus sintomas e como você pode evitá-la!
Dificuldade de Concentração
Concentrar significa orientar os esforços mentais para uma determinada atividade. Clique e veja por que algumas pessoas têm dificuldade de concentração.
Doenças relacionadas com a água
Entenda o que são as doenças relacionadas com a água e como elas são transmitidas!
Fungos
Você sabe o que são fungos? Clique aqui e veja as principais características desses organismos, como se reproduzem, os tipos e a sua importância.
Náuseas e vômitos
Entenda o que são as náuseas e vômitos e conheça as suas principais causas.
Perigos do trânsito para a saúde
Perigos do trânsito para a saúde, trânsito, congestionamento, saúde, poluição, dicas, problemas de saúde, tráfego intenso, hora do rush, grandes cidades.
Teste do pezinho
Clique aqui e saiba o que é o teste do pezinho. Entenda a importância desse exame para o desenvolvimento saudável do recém-nascido.
Vírus
Clique aqui e conheça as principais características dos vírus. Entenda sua estrutura e como ocorre sua replicação. Veja algumas doenças causadas por vírus.
video icon
Ilustração da imagem de Dom Pedro I ao lado do escrito"Primeiro Reinado".
História
Primeiro Reinado: características gerais
Assista à nossa videoaula para conhecer as principais características do Primeiro Reinado (1822–1831) do imperador d. Pedro I. Confira também no nosso canal outras informações sobre o Primeiro Reinado e o Império Brasileiro.