Whatsapp icon Whatsapp

Alce

Alce é o maior dos cervídeos atuais e é encontrado em regiões frias do Hemisfério Norte. Destacam-se por suas pernas longas e finas e por grandes chifres nos machos.
Alce em ambiente com neve
Alces são cervídeos encontrados em regiões frias do norte do planeta.

Alce é um mamífero que se destaca como a maior espécie da família Cervidae. Alces são encontrados em regiões frias do Hemisfério Norte e caracterizam-se por seus pescoços curtos e grossos, cabeças grandes, corpos maciços, caudas curtas e pernas compridas e finas.

Os machos possuem grandes chifres, os quais pesam até 35 kg. Esses chifres são utilizados, por exemplo, na competição pela fêmea. Os alces são solitários, bons nadadores e podem correr até 56 km/h. Esses animais são mais ativos no nascer e no pôr do Sol.

Leia mais: Veados — animais pertencentes à família Cervidae; das suas mais de 55 espécies, oito são encontradas no Brasil

Resumo sobre alces

  • São os maiores cervídeos viventes.

  • Possuem cauda curta e pernas longas e finas.

  • Sob o pescoço deles, há uma aba de pele conhecida como sino.

  • Podem pesar mais de 500 kg, sendo os machos mais pesados que as fêmeas.

  • Os machos têm grandes chifres, de até 35 kg.

  • Sua gestação dura cerca de 230 dias, e, em geral, a fêmea dá à luz um único filhote.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características do alce

O alce é um animal mamífero de grande porte, podendo atingir 2,3 metros de altura e três metros de comprimento. Trata-se do maior cervídeo vivente. Em relação à sua massa, machos podem atingir 600 kg, enquanto as fêmeas atingem cerca de 400 kg.

Os alces apresentam corpo maciço, cauda curta e pernas compridas e finas. O pescoço é curto e grosso, a cabeça é grande, as orelhas são longas e o focinho é longo e caído. Possuem na região abaixo do pescoço uma aba de pele coberta de pelos denominada sino. O sino está presente nos machos e pode estar ou não nas fêmeas. Os alces, geralmente, têm pelos de pretos a marrons ou marrons acinzentados, tendo as pernas uma coloração mais clara.

Os alces machos apresentam grandes chifres, que crescem durante a primavera e caem no inverno, pesando até 35 kg. Os chifres podem ser uma arma poderosa no momento da competição pela fêmea, na época do acasalamento. Em geral, essas lutas não provocam ferimentos graves, entretanto, lesões nas costelas e até mesmo perfurações podem ocorrer em determinadas situações.

Os alces são animais solitários, sendo, entre o grupo dos cervídeos, os menos sociais. Costumam ser mais ativos durante o nascer e o pôr do Sol. São capazes de se comunicar por odores, postura corporal e vocalizações. Conseguem correr até 56 km/h e são bons nadadores.

Atualmente, os alces estão classificados pela IUCN como uma espécie “pouco preocupante”. Isso significa que, no momento, não é uma espécie ameaçada de extinção.

Classificação taxonômica do alce

Os alces (Alces alces) são animais da família do cervídeos, assim como a rena e o veado-campeiro. Observe, a seguir, a classificação taxonômica completa deles:

Reino: Animalia

Filo: Chordata

Classe: Mammalia

Ordem: Cetartiodactyla

Família: Cervidae

Gênero: Alces

Espécie: Alces alces

Habitat do alce

Os alces são encontrados em regiões frias do Hemisfério Norte, em locais onde há a cobertura sazonal da neve. Podem ser observados na Taiga, na Tundra e em florestas temperadas, vivendo, geralmente, em regiões próximas a fontes de água, como rios, lagos e lagoas.

Leia mais: Porco-espinho — mamífero roedor que pode ser encontrado na Ásia, África e América

Alimentação do alce

O alce é um animal herbívoro, alimentando-se, portanto, de vegetais, como gramíneas. Durante o inverno, pode se alimentar de caules e galhos, ingerindo folhas no verão. Vegetação aquática também pode fazer parte da dieta deles.

Reprodução do alce

Podemos observar dois sistemas de acasalamento na reprodução dos alces: um em que há a formação de haréns, e outro em que a há formação de pares transitórios. Os alces que vivem na Tundra do Alasca adotam o sistema de acasalamento pela formação de haréns. Nesse caso, um macho dominante reúne várias fêmeas e as defende de outros machos. No caso dos alces que fazem ligações de pares transitórias, os machos defendem apenas uma fêmea.

Alce visto de frente
O alce utiliza seus chifres na competição pelas fêmeas.

A gestação do alce dura cerca de 230 dias. Em geral, nasce apenas um filhote, entretanto, pode haver o nascimento de gêmeos. Ao nascerem, os filhotes pesam cerca de 16 kg. Os filhotes de alce ganham massa rapidamente, sendo observado, nos primeiros cinco meses, um aumento da sua massa de nascimento em 10 vezes. A mãe e o filhote permanecem juntos por até um ano. Em geral, alces vivem 15 anos na natureza.

Publicado por Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos Relacionados

Mamíferos
Clique aqui e veja quais são as principais características dos mamíferos.
Veado (Família Cervidae)
Animais encontrados naturalmente em todo o mundo, exceto na Austrália.
video icon
"Banco de Redações | Aumento do alcoolismo entre as mulheres brasileiras" escrito sobre fundo bege e uma ilustração de uma caixa com uma pessoa dentro
Banco de Redações
Banco de Redações | Aumento do alcoolismo entre as mulheres brasileiras
Assista a esta aula e saiba como produzir um texto com o tema “Aumento do alcoolismo entre as mulheres brasileiras”.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
videoaula brasil escola
Biologia
Transgênicos
Você sabe o que são alimentos transgênicos? Não se engane, eles estão mais presentes do que você imagina!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Química
Alotropia
Não deixe de assistir nossa aula para fixar tudo o que você estudou sobre alotropia!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Filosofia
Batman
Que tal assistir ao vídeo para uma análise ética sobre o herói?