Whatsapp icon Whatsapp

Foca

Foca é um mamífero aquático que ocorre geralmente em regiões de águas frias. São animais carnívoros e podem se alimentar de peixes, moluscos e até de outras focas.
As focas são animais que apresentam pescoço curto e corpo fusiforme arredondado.
As focas são animais que apresentam pescoço curto e corpo fusiforme arredondado.

Focas são animais mamíferos da subordem Pinnipedia e família Phocidae. Destacam-se por apresentarem uma nadadeira em forma de remo e um corpo hidrodinâmico que garante grande capacidade de natação.

Apesar de graciosos no ambiente aquático, esses animais não apresentam tanta habilidade para se locomoverem no substrato sólido. As focas normalmente são encontradas em regiões de águas frias e contam com uma camada espessa de gordura e pelos que garantem a manutenção de sua temperatura.

Leia também: Pinguins — aves não voadoras adaptadas à natação

Resumo sobre foca

  • Pinípedes são animais que vivem parte do tempo na água e parte no substrato sólido (praias rochosas ou arenosas e gelo).

  • Os pinípedes se dividem em três famílias: Otariidae, Odobenidae e Phocidae.

  • Phocidae é a família das focas.

  • As focas não possuem orelhas externas, e suas nadadeiras posteriores não podem ser projetadas para frente.

  • São animais carnívoros, encontrados em regiões de águas geladas.

  • Foca-monge-havaiana, foca-caranguejeira e foca-comum são algumas das espécies de foca.

Pinípedes e a relação com a foca

Os pinípedes são animais da subordem Pinnipedia. Nessa subordem estão inseridas três famílias: Otariidae, Odobenidae e Phocidae. A família Otariidae apresenta como representantes os lobos-marinhos e leões-marinhos. A Odobenidae é a família das morsas. A Phocidae, por sua vez, é a família na qual estão incluídas as focas e os elefantes-marinhos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Apesar de apresentarem certas peculiaridades, todos os animais citados apresentam algumas características em comum. A primeira delas está relacionada ao nome do grupo. O termo pinípede é derivado do latim pinna, que significa nadadeiras, e pedis, que significa pés, uma referência, portanto, aos membros modificados em nadadeiras presentes nesses animais. As nadadeiras e o corpo hidrodinâmico facilitam seu deslocamento no ambiente aquático.

Os pinípedes se destacam por viverem parte do tempo no ambiente aquático e parte em substrato sólido. Geralmente, se alimentam na água. Já em terra firme ou gelo, esses animais descansam, se reproduzem e têm os seus filhotes.

Possuem corpo coberto por pelos e apresentam vibrissas sensoriais na região do focinho. Essas vibrissas são conhecidas popularmente como os bigodes do animal. Os pelos, junto da camada espessa de gordura que envolve o seu corpo, ajudam os pinípedes a suportarem temperaturas baixas.

Características da foca

Como dito anteriormente, as focas são pinípedes da família Phocidae. Esses mamíferos aquáticos se destacam por possuírem um corpo fusiforme arredondado, pescoço curto e volumoso e ausência de orelhas externas. Os machos não apresentam testículos externos. Assim como outros pinípedes, as focas possuem o corpo recoberto por pelos. Os pelos das focas são trocados anualmente.

As nadadeiras posteriores das focas são utilizadas para o deslocamento na água e não podem ser projetadas para frente. A direção do nado é determinada pelas nadadeiras anteriores. As focas são bastante ágeis no ambiente aquático e são ótimas mergulhadoras. A foca-de-weddell, por exemplo, pode atingir uma profundidade de mais de 600 metros e ficar submersa por mais de uma hora.

Apesar de serem ágeis no ambiente aquático, as focas não apresentam a mesma habilidade no substrato sólido. Para se deslocarem na terra ou gelo, elas promovem o arqueamento de seu corpo. Ao contrário de outras espécies de pinípedes, as focas não são capazes de utilizar suas nadadeiras anteriores como apoio.

As focas são carnívoras, alimentando-se, portanto, de outros animais. Sua dieta pode incluir peixes, moluscos, pinguins, krill e até mesmo outras focas.

Saiba mais: Ariranha — outro mamífero carnívoro

Habitat da foca

Foca-caranguejeira no mar.
A foca-caranguejeira é uma espécie abundante na região da Antártida.

Existem diferentes espécies de foca, que possuem em comum a característica de serem encontradas em regiões de águas geladas, como Ártico e Antártida. Entretanto, isso não significa que não há espécies sobrevivendo em regiões de água mais quente. A foca-monge-havaiana (Neomonachus schauinslandi), por exemplo, vive em águas tropicais.

Ameaças à foca

As focas, assim como várias espécies de animais do nosso planeta, sofrem com as alterações em seu habitat. As mudanças climáticas impactam negativamente a vida desses animais, que utilizam as plataformas de gelo, por exemplo, para cuidar de seus filhotes.

Os seres humanos são também uma ameaça direta contra esses mamíferos. Por muito tempo, as focas foram caçadas com a finalidade de se obter gordura e pele para fabricação de casacos. A intensa captura desses animais foi responsável por uma redução drástica em muitas populações. Apesar de a caça ser proibida em várias regiões, as focas também podem morrer vítimas de acidentes com equipamentos de pesca, como redes.

Veja também: Por que devemos nos preocupar com as mudanças climáticas?

Espécies de foca

Conheça a seguir algumas características de diferentes espécies de focas.

  • Foca-monge-havaiana

Foca-monge-havaiana na areia.
Foca-monge-havaiana na areia.

A foca-monge-havaiana (Neomonachus schauinslandi) é, atualmente, a única espécie de foca encontrada em regiões tropicais. Popularmente, ela recebe esse nome devido às dobras de pele que apresenta em sua cabeça e que lembram o capuz de um monge.

Além disso, essa espécie é observada, geralmente, sozinha ou em pequenos grupos. A foca-monge-havaiana se alimenta de moluscos, peixes e lagostas. Essas focas apresentam cerca de 2,28 m de comprimento e podem pesar cerca de 226 kg. Segundo a União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN), a foca-monge-havaiana está classificada atualmente como “em perigo”.

Saiba também: Você conhece a Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN?

  • Foca-caranguejeira

A foca-caranguejeira (Lobodon carcinophagus) é uma espécie abundante na região da Antártida. Caracteriza-se por apresentar um corpo esguio e focinho comprido. Os adultos pesam cerca de 225 kg e podem atingir cerca de 2,60 m de comprimento. As fêmeas são maiores que os machos.

A alimentação dessa espécie de foca é baseada, principalmente, na ingestão de krill (pequeno crustáceo parecido com camarão). Seus dentes formam uma espécie de peneira que ajuda na captura do alimento. Uma foca-caranguejeira vive, em média, 20 anos. Orcas e a foca-leopardo são os principais preadores dessa espécie. Segundo a IUCN, a foca-caranguejeira está classificada atualmente como “pouco preocupante”.

  • Foca-comum

Foca-comum na areia.
A foca-comum apresenta como principais predadores as orcas e tubarões.

A foca-comum (Phoca vitulina), ou foca-do-porto, ocorre em águas costeiras do hemisfério norte, sendo observada em regiões desde temperadas até polares. Diferentemente da foca-caranguejeira, entre as focas-comuns, o macho é maior que a fêmea. De maneira geral, os machos da espécie possuem de 1,6 a 1,9 m de comprimento e podem pesar de 70 a 150 kg. Já as fêmeas possuem entre 1,5 a 1,7 m de comprimento e entre 60 a 110 kg.

Esse animal alimenta-se de moluscos, crustáceos e peixes, possuindo, portanto, uma dieta variada. Seus principais predadores são orcas e tubarões. Essa espécie pode viver entre 30 e 35 anos. De acordo com a IUCN, a foca-comum está classificada atualmente como “pouco preocupante”.

Videoaula sobre mamíferos

Publicado por Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos Relacionados

 Antártida possui 98%  de seu continente coberta por uma camada de gelo
Antártida
O continente mais frio do planeta.
Leões-marinhos são pinípedes, assim como focas e morsas.
Leão-marinho
Você já ouviu falar do leão-marinho? Clique e conheça mais sobre esse animal, suas características, o que os diferencia das focas e a espécie que existe no Brasil.
Os mamíferos têm capacidade de inteligência, memória e aprendizado maior que a dos outros vertebrados
Mamíferos
Clique aqui e veja quais são as principais características dos mamíferos.
O aumento na temperatura média do planeta pode desencadear longos períodos de estiagem no futuro.
Mudanças climáticas
Amplie seus conhecimentos sobre mudanças climáticas conhecendo melhor o que é esse fenômeno, bem como suas principais causas e consequências para o planeta.
Por que devemos nos preocupar com as mudanças climáticas?
Saiba por que devemos nos preocupar com as mudanças climáticas e como suas consequências têm afetado o mundo, colocando em risco à existência de muitas espécies.
Visão noturna do Ártico.
Ártico
Ártico, Onde está localizado o Ártico, Qual é a área total ocupada pelo Ártico, Os países que detêm territórios no Ártico, As temperaturas do Ártico, A vegetação do Ártico.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas