Whatsapp icon Whatsapp

Leão

O leão é um animal muito admirado em todo o mundo e reconhecido por muitos como um símbolo de força. Esse animal, também chamado de “rei das selvas”, apresenta grande beleza, destacando-se pela presença de uma grande juba nos machos.

Apesar de ser considerado o rei das selvas, o leão tem sofrido com a ação humana, estando hoje classificado como uma espécie vulnerável pela União Internacional para Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN, sigla em inglês). Podemos dividir os leões em duas subpopulações: a asiática e a africana. Este texto aborda as características do leão-africano.

Leia também: Hipopótamos — animais considerados territorialistas

Taxonomia do leão

O nome científico do leão é Panthera leo. Ele faz parte do reino dos animais, filo Chordata, classe Mammalia, ordem Carnivora, família Felidae e gênero Panthera. Esse gênero é compartilhado com outros felinos bastante conhecidos, como o leopardo e a onça-pintada.

Características gerais do leão

Os leões machos apresentam jubas, uma característica que ajuda a diferenciá-los das fêmeas.
Os leões machos apresentam jubas, uma característica que ajuda a diferenciá-los das fêmeas.

Os leões são felinos que se destacam pelo seu tamanho, sendo considerados o segundo maior felino do mundo, ficando atrás apenas dos tigres. Apresentam um tamanho de cerca de 1,37 a 2 m (corpo e cabeça) e uma cauda que varia entre 66 e 100 cm. Esses animais podem apresentar de 120 a 190 quilos, mas pesos mais elevados podem ser atingidos. O leão mais pesado já descrito apresentava 272 kg.

Os leões apresentam uma pelagem amarela dourada e, quando jovens, observa-se a presença de manchas claras, as quais desaparecem à medida que o animal se torna mais velho. Na ponta da cauda, é observado um tufo de pelo preto. Os machos são maiores que as fêmeas e se destacam pela presença de juba, uma grande quantidade de pelos longos dispostos ao redor da cabeça. Apesar de não ocorrer com frequência, algumas leoas podem desenvolver jubas, mas o motivo pelo qual isso acontece ainda não é bem conhecido.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Habitat do leão

O leão-africano é encontrado atualmente no leste e sul da África, habitando regiões de planícies ou savanas. Em vários países africanos, esses animais já foram extintos, sendo possível perceber uma tendência de declínio entre as populações ainda existentes. De acordo com a IUCN, estima-se que as populações de leões sofreram uma redução de cerca de 43% nos últimos 21 anos.

Comportamento do leão

Os grupos de leões são formados por alguns machos, fêmeas e seus filhotes.
Os grupos de leões são formados por alguns machos, fêmeas e seus filhotes.

Os leões se destacam por serem uma espécie que forma grupos sociais, diferentemente de outras espécies de felinos. Os grupos de leões apresentam hierarquia clara, na qual os machos são responsáveis por proteger o grupo, e as fêmeas são responsáveis pelo cuidado com o filhote e pela caça, que geralmente ocorre por meio de um trabalho em equipe.

Os grupos de leões são formados, geralmente, por poucos machos, as fêmeas e seus filhotes. Os filhotes fêmeas, geralmente, permanecem no grupo enquanto crescem. Os machos, por sua vez, tendem a sair e formar seus próprios bandos.

Como dito anteriormente, os machos são responsáveis por garantir a proteção do grupo. Para defender seu território, esses animais emitem um rugido forte e ameaçador, que alerta qualquer invasor de que aquele não é o seu local. Além disso, os machos marcam seu território eliminando urina.

Alimentação do leão

Os leões são animais carnívoros.
Os leões são animais carnívoros.

Os leões são animais carnívoros e se alimentam de espécies como zebras, gnus, girafas e antílopes. Apesar de se alimentarem geralmente de animais de médio e grande porte, os leões podem se alimentar de quase qualquer animal, incluindo roedores. Os leões bebem água quando esta está disponível no ambiente, mas podem suprir suas necessidades retirando água das presas.

Veja também: Girafa: outro incrível animal encontrado na África

Reprodução do leão

As fêmeas dos leões podem procriar quando atingem os 4 anos de idade, e os machos, ao atingirem os 5 anos. Esses animais reproduzem-se por todo o ano e são polígamos. O pico da época reprodutiva ocorre durante a estação chuvosa. A gestação dura aproximadamente 3,5 meses. Cada fêmea dá à luz, em média, três ou quatro filhotes, os quais nascem com peso entre 1 e 2 kg.

Os filhotes ficam escondidos em esconderijos até que atinjam cerca de 8 semanas de idade. O desmame ocorre entre 7 e 10 meses, porém esses filhotes continuam dependentes até cerca de 16 meses. As leoas criam os filhotes de forma comunitária. Fêmeas que estão amamentando, por exemplo, podem amamentar filhotes de outra leoa.

As fêmeas tendem a ter filhotes a cada dois anos, entretanto é comum que leões machos intrusos matem os filhotes, o que pode fazer com que a fêmea se reproduza novamente antes desse período. Os leões vivem, em média, 25 anos em cativeiro e 15 anos na vida selvagem.

Publicado por Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos Relacionados

A baleia-azul é um mamífero aquático que pode atingir mais de 30 metros de comprimento.
Baleia-azul
Descubra mais sobre a baleia-azul clicando aqui. Neste texto falaremos sobre o habitat da baleia-azul, suas principais características e seu modo de reprodução.
As baratas apresentam-se nas cores marrom escuro e preto brilhante.
Barata
Saiba mais sobre as baratas, animais noturnos e responsáveis pela transmissão de várias doenças.
Cabras e bodes, geralmente, apresentam barba e cornos.
Cabra (Gênero Capra)
Conheça as características das cabras domésticas.
Camelos são utilizados como meio de transporte e muito explorados pelo turismo.
Camelo
Que saber mais sobre o camelo? Clique aqui e conheça as principais características desse animal, sua alimentação e forma de reprodução.
Corais: organismos formados por colônias de cnidários.
Corais (Classe Anthozoa)
Clique aqui e conheça as características dos corais e sua importante função ecológica.
Corujas
As corujas são animais cercados de mitos. Clique aqui, conheça mais sobre esses animais, e entenda que não há motivos para temê-los.
As girafas vivem em bandos.
Girafa (Giraffa camelopardilis)
Saiba mais sobre este ruminante de coração 45 vezes maior que o da nossa espécie.
Leopardos
Vamos conhecer mais sobre os leopardos? Clique aqui e conheça as principais características desses felinos que vivem na Ásia e África.
As libélulas possuem três pares de patas. Fotografia: Jean Jeremias.
Libélula (Ordem Odonata)
Saiba mais sobre estes insetos cujo estágio larval corresponde à maior etapa de suas vidas.
O elefante africano é considerado vulnerável pela Lista Vermelha da IUCN
Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN
Entenda o que é a Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN e conheça as nove categorias em que um animal pode ser classificado.
O termo “lobo” é usado para fazer referência, normalmente, ao lobo-cinzento.
Lobo
Descubra um pouco mais sobre o lobo clicando aqui. Neste texto, listaremos as características gerais desse animal, seu comportamento e reprodução.
Os mamíferos têm capacidade de inteligência, memória e aprendizado maior que a dos outros vertebrados
Mamíferos
Clique aqui e veja quais são as principais características dos mamíferos.
Os muriquis-do-norte são primatas arborícolas que se movimentam rapidamente pela floresta com a ajuda de seus braços logos e cauda preênsil. Foto de P
Muriqui-do-norte
Veja qual é o maior primata das Américas e aprenda sobre o seu comportamento, dieta, área de ocorrência e principais ameaças.
A onça-pintada é um animal de hábitos solitários.
Onça-pintada (Panthera onca)
Você sabia que a onça-pintada é considerada o maior felino das Américas? Clique e conheça mais sobre esse animal!
O opilião é muitas vezes confundido com a aranha. Fotografia: Fabrício H. Oda.
Opilião (Ordem Opiliones )
Saiba mais sobre este animal que é, diversas vezes, confundido com a aranha.
Rinocerontes
Clique aqui e conheça mais sobre os rinocerontes. Veja as características gerais desses animais e conheça melhor as cinco espécies viventes.
De acordo com a IUCN, a zebra-das-montanhas se encontra classificada como “vulnerável”.
Zebra
Descubra mais sobre a zebra, aqui. Neste texto falaremos as características desse fascinante animal e descobriremos mais sobre suas espécies.
video icon
Geografia
Guerra do Afeganistão (1979 à atualidade)
Assista à videoaula e conheça a geopolítica conflituosa do Afeganistão. Entenda as questões que levaram esse país asiático a um processo de sucessivas guerras e as consequências disso para o país e para a geopolítica mundial.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
videoaula brasil escola
Química
Cinética química
Se ainda tem dúvidas quanto a velocidade das reações, essa videoaula é para você!
video icon
videoaula brasil escola
Português
Redação
Entenda como realizar argumento por causa e consequência com a nossa aula.
video icon
videoaula brasil escola
História
Crise de 1929
A quebra da bolsa de valores de Nova Iorque afetou não só os EUA, como o mundo. Entenda!