Whatsapp icon Whatsapp

Síndrome de Haff

Síndrome de Haff, também chamada de doença de Haff, consiste em uma rabdomiólise sem explicação. É uma condição clínica rara, relacionada à ingestão de pescado e que pode levar o indivíduo à morte, caso não haja tratamento eficaz e rápido. A doença caracteriza-se pelo surgimento de sintomas como rigidez muscular e urina escura.

A síndrome de Haff já foi descrita em diferentes regiões do planeta, incluindo o Brasil. A síndrome ganhou os noticiários brasileiros após a morte de uma veterinária de 31 anos, em Recife (PE), em 2021. A vítima começou a sentir dor e rigidez muscular horas após ingerir um peixe em um almoço em família. A mulher foi internada, porém não resistiu e morreu alguns dias depois. Esse desfecho, no entanto, não é observado na maioria dos casos, sendo verificado, na maioria dos pacientes, uma recuperação completa.

Leia também: Tênia do peixe (difilobotríase)

A síndrome de Haff

A síndrome de Haff ocorre após a ingestão de pescados que contêm toxinas.
A síndrome de Haff ocorre após a ingestão de pescados que contêm toxinas.

A síndrome de Haff, ou doença de Haff, caracteriza-se por uma rabdomiólise sem explicação. A rabdomiólise pode ser definida como uma lesão do músculo estriado esquelético, a qual provoca a liberação de componentes intracelulares na circulação sanguínea, como mioglobina, proteínas sarcoplasmáticas e eletrólitos.

A síndrome de Haff provoca dor muscular intensa de início repentino, a qual está associada a elevados níveis da enzima creatinofosfoquinase (CPK). O paciente pode, ainda, apresentar urina escura (mioglobinúria) e evolução para um quadro de insuficiência renal aguda.

Os primeiros casos da síndrome foram descritos em 1924. Médicos que atuavam na região litorânea de Königsberg Haff, junto à costa do mar Báltico, observaram a ocorrência de uma doença que provocava rigidez muscular e a eliminação de urina escura. Outros surtos de uma doença similar foram descritos posteriormente, e o que fazia com que esses casos se relacionassem era a ingestão de peixe, geralmente cozido, antes do início dos sintomas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que causa a síndrome de Haff?

Os sintomas da síndrome de Haff inciam-se em menos de 24 h após a ingestão de pescado. Apesar de entendermos a relação da doença com a ingestão desses alimentos, sua etiologia ainda não é explicada.

Acredita-se que se envolva uma toxina termoestável, uma vez que ela não é destruída mesmo após a cocção dos peixes, sendo observado relatos da síndrome após a ingestão de peixe cozido. Vale salientar que, apesar de se conhecer as características dessa toxina, não se sabe qual toxina causa o problema.

Leia também: Insuficiência renal crônica – perda progressiva e irreversível da função renal

Quadro clínico da síndrome de Haff

Urina escura, dor e rigidez muscular são alguns dos sintomas da síndrome de Haff.
Urina escura, dor e rigidez muscular são alguns dos sintomas da síndrome de Haff.

A síndrome de Haff se caracteriza pela ocorrência de sintomas como:

  • Dor muscular difusa
  • Rigidez muscular
  • Falta de ar
  • Dormência
  • Perda da força
  • Urina cor de café

A coloração da urina na síndrome de Haff é uma característica marcante, fazendo com que, frequentemente, a síndrome seja chamada de “doença da urina preta”. Vale destacar que, em geral, pacientes com a síndrome de Haff não apresentam febre, hepatomegalia (aumento do tamanho do fígado) ou esplenomegalia (aumento do tamanho do baço). A maioria das pessoas com a síndrome sobrevive e apresenta recuperação rápida.

Leia mais: Hematúria – sinal do corpo alertando que há algum problema renal

Diagnóstico da síndrome de Haff

O diagnóstico da síndrome de Haff é feito por meio da análise dos sintomas do paciente bem como do seu histórico. A presença de rigidez e dor muscular e a urina de coloração escura, em associação com o histórico de ingestão de pescado, podem acender um alerta para o problema. Por ser uma síndrome rara, nem sempre é diagnosticada facilmente. Ela pode ser confundida com outro problema de saúde, atrasando, desse modo, o tratamento correto. É importante destacar que o diagnóstico tardio pode colocar em risco a vida do paciente.

Tratamento da síndrome de Haff

A síndrome de Haff não apresenta tratamento específico, sendo o ele voltado para o alívio dos sintomas e tratamento de complicações. Como os pacientes podem apresentar insuficiência renal, é importante que a função dos rins seja monitorada. Vale salientar que muitos pacientes não necessitam de intervenções médicas, recuperando-se rapidamente do problema.

Publicado por Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos Relacionados

O corpo humano é uma máquina perfeita e formada por diferentes sistemas.
Corpo humano
Clique aqui e aprenda um pouco mais a respeito do corpo humano. Neste texto, falamos dos níveis de organização do corpo humano e da função de alguns órgãos nele presentes. Falamos ainda a respeito dos diferentes sistemas do corpo humano, os órgãos presentes nesses sistemas e suas funções.
Observe a estrutura do néfron e acompanhe o processo de formação da urina
Formação da urina
Descubra como ocorre a formação da urina e entenda a estrutura básica de um néfron.
Pacientes com insuficiência renal aguda têm o volume de urina reduzido
Insuficiência renal aguda
Perda rápida da função renal, geralmente reversível.
Os peixes são animais exclusivamente aquáticos que apresentam respiração branquial
Peixes
Aprenda mais sobre as características gerais dos peixes, um grupo de vertebrados exclusivamente aquático.
O sistema urinário, ou excretor, é responsável pela produção da urina
Sistema excretor
Aprenda um pouco mais sobre os componentes do sistema excretor e compreenda algumas de suas características básicas.
O tecido muscular estriado esquelético constitui a maior parte da musculatura do nosso corpo
Tecido muscular estriado esquelético
Amplie seus conhecimentos sobre o tecido muscular estriado esquelético e suas principais características.
Observe o ovo de <i>Diphyllobothrium</i>, o causador da “tênia do peixe”
Tênia do peixe (difilobotríase)
Amplie seus conhecimentos sobre verminoses conhecendo um pouco mais a respeito da doença conhecida como tênia do peixe ou difilobotríase. Neste texto falaremos a respeito do platelminto causador da doença, o ciclo de vida do animal, as manifestações clínicas da doença, o tratamento e formas de prevenção.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Genitive Case
É hora de aperfeiçoar sua gramática na Língua Inglesa. Assista!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Sociologia
Democracia racial
Você sabe o que significa democracia racial? Clique e nós te ensinamos!
video icon
Tigres Asiáticos
Geografia
Tigres Asiáticos
Assista à nossa videoaula sobre os Tigres Asiáticos, e conheça as razões do desenvolvimento rápido desses territórios.