Rins

Os rins são os órgãos do sistema urinário responsáveis pela formação da urina. Apresentam um formato que lembra o de um feijão, e possuem um tamanho compreendido entre 10 cm e 13 cm de comprimento e peso de 120 g a 180 g.

Externamente, percebe-se que o rim é revestido pela cápsula verdadeira, pela gordura perirrenal e pela fáscia renal. Internamente, percebe-se duas porções distintas, o córtex e a medula, regiões onde estão os néfrons, unidades funcionais dos rins.

Órgãos vitais para o funcionamento do nosso corpo, os rins merecem atenção. Entre os principais cuidados que devemos ter com eles estão: ingestão de água e redução do consumo de sal. Os cálculos renais e a insuficiência renal são alguns dos problemas que os acometem.

Veja mais: Formação da urina e seus três processos – filtração, reabsorção e secreção

Anatomia dos rins

Os rins são dois órgãos que fazem parte do nosso sistema urinário. Estão localizados na região lombar, acima da cintura, um em cada lado da coluna vertebral. O rim direito normalmente é menor que o esquerdo e está em uma posição um pouco mais baixa.

Possuem o formato de feijão, com uma borda convexa e uma borda côncava. Na região côncava, encontra-se o hilo, uma espécie de fissura pela qual passam vasos sanguíneos e linfáticos, nervos, e a pelve renal (porção dilatada do ureter).

Observe as estruturas básicas presentes em um rim.
Observe as estruturas básicas presentes em um rim.

O rim é envolvido mais externamente por uma cápsula, denominada cápsula verdadeira, uma membrana lisa aderida intimamente ao órgão. Externamente a essa cápsula, encontra-se a gordura perirrenal, formada por tecido adiposo. Por fim, temos a fáscia renal, que ajuda a manter o rim em sua posição normal, garantindo que o órgão ligue-se a estruturas vizinhas.

Analisando-se a estrutura interna do rim, podemos perceber duas regiões distintas: o córtex e a medula. A medula é uma região central e mais escurecida, enquanto o córtex é uma região periférica e mais pálida.

A medula é formada pelas pirâmides renais, que possuem ápices que convergem formando as papilas, que se projetam em cálice menor. Os cálices menores unem-se e formam cálices maiores, os quais desembocam na pelve renal. A região do córtex, por sua vez, estende-se da cápsula até a base das pirâmides.

O rim humano caracteriza-se por ser multilobar. Cada lobo é formado por uma pirâmide e pelo tecido cortical, que está na base dessa pirâmide e também em suas laterais.

Os néfrons são as unidades funcionais do rim, ou seja, onde a urina é formada.
Os néfrons são as unidades funcionais do rim, ou seja, onde a urina é formada.

Passando pelo córtex e pela medula estão os chamados néfrons, as unidades estruturais dos rins. Estima-se que um rim humano pode apresentar 1 milhão de néfrons. Cada néfron é formado por um corpúsculo renal e um longo túbulo.

O corpúsculo renal é formado pelo glomérulo, um enovelado de capilares, e por uma região expandida que envolve o glomérulo, chamada cápsula glomerular ou cápsula de Bowman. Parte da cápsula um longo túbulo, que apresenta três regiões: o túbulo contorcido proximal, alça de Henle e túbulo contorcido distal. Este último abre-se no túbulo coletor.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Função dos rins

Os rins são órgãos responsáveis por garantir o equilíbrio interno do nosso corpo, produzindo a urina, que elimina uma série de resíduos do metabolismo e substâncias em excesso no meio interno. Os rins funcionam, portanto, como grandes filtros que garantem a filtragem do sangue e a retirada das toxinas e outras substâncias. O processo de filtragem do sangue e formação da urina ocorre nos néfrons. Os rins são responsáveis, ainda, por outras funções, como secreção de hormônios e ativação da vitamina D.

Como cuidar dos rins?

Os rins são órgãos importantes para o funcionamento do organismo, sendo vitais para a nossa sobrevivência. Diante disso, é fundamental que tomemos alguns cuidados para que eles funcionem de maneira adequada. Veja, a seguir, algumas dicas essenciais para manter a saúde renal:

  • Beber muita água;

  • Alimentar-se adequadamente, reduzindo, por exemplo, a quantidade de gorduras e sal na alimentação;

  • Não fazer uso de cigarro;

  • Não utilizar bebidas alcoólicas de maneira exagerada;

  • Praticar atividades físicas;

  • Manter o peso ideal;

  • Não utilizar medicamentos sem orientação médica;

  • Caso tenha hipertensão ou diabetes, é necessário fazer o acompanhamento adequado desses problemas, uma vez que eles aumentam o risco de insuficiência renal.

Leia também: Qual é a quantidade de água que deve ser ingerida diariamente?

Sintomas de problemas nos rins

Dores lombares podem indicar problemas renais.
Dores lombares podem indicar problemas renais.

Muitos problemas urinários não são responsáveis por desencadear sintomas, entretanto, algumas situações podem indicar que algo esteja atingindo os rins. Confira alguns sintomas que podem indicar problemas renais:

  • Dores lombares;

  • Dor ao urinar;

  • Urina com mau cheiro, presença de sangue ou presença de espuma;

  • Vontade de urinar várias vezes;

  • Diminuição da urina;

  • Inchaço nas pernas;

  • Pressão alta;

  • Náuseas e vômitos frequentes.

Observe que muitos dos sintomas descritos são gerais e, portanto, não necessariamente refletem um problema renal. Desse modo, o ideal é realizar consultas médicas periodicamente e sempre que sintomas desagradáveis surgirem.

Problemas renais

Várias enfermidades podem acometer os rins, sendo algumas facilmente curáveis e outras irreversíveis. Vejamos alguns dos principais problemas renais:

  • Cálculos renais: são formados após acúmulo de algumas substâncias, como cálcio e oxalato, nos rins e canais urinários. O principal sintoma desse problema é a dor intensa quando o cálculo movimenta-se pelos canais. Uma das formas de prevenir-se a formação de cálculos é ingerindo muita água.

  • Glomerulonefrite: é uma inflamação que atinge os glomérulos, uma porção de capilares presentes nos néfrons, unidades funcionais dos rins. Entre os sintomas desse problema de saúde estão a urina escura, o inchaço e a redução do volume da urina.

  • Insuficiência renal: é um problema de saúde em que se observa a perda da capacidade do rim de desempenhar o seu papel. Podemos classificar a insuficiência renal em aguda e crônica, sendo que o primeiro tipo ocorre de maneira rápida e súbita, e o segundo, de maneira lenta e progressiva. A insuficiência renal crônica é irreversível, e, quando chega em estágios avançados, é necessário realizar diálise (hemodiálise ou diálise peritoneal) ou o transplante renal.

Leia também: Por que a infecção urinária afeta mais as mulheres?

Dia Mundial do Rim

O Dia Mundial do Rim é comemorado toda segunda quinta-feira do mês de março. Essa data tem por objetivo conscientizar a população sobre a importância do rim para o nosso corpo e a necessidade de cuidados especiais para o funcionamento adequado desse órgão. A cada ano um tema é abordado. Em 2019, por exemplo, o tema foi “Saúde dos rins para todos”, e, em 2020: “Saúde dos rins para todos. Ame seus rins. Dose sua creatinina!”.

Publicado por: Vanessa Sardinha dos Santos
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

Os rins são estruturas extremamente importantes para a saúde do nosso corpo. Em caso de insuficiência renal, é necessária a realização de um procedimento denominado de:

a) transfusão de sangue.

b) cateterismo.

c) ponte de safena.

d) hemodiálise.

Questão 2

Os rins são estruturas responsáveis pela filtração do sangue e a formação da urina. Esse processo ocorre nas estruturas funcionais do rim, chamadas de:

a) pirâmides renais.

b) colunas renais.

c) cálice maior.

d) néfrons.

e) cápsula verdadeira.

Mais Questões
Assuntos relacionados
Principais componentes do sistema respiratório humano
Sistema Respiratório
Veja como ocorre a respiração e saiba quais órgãos compõem o sistema respiratório humano.
A hemodiálise é um processo realizado em pessoas com problemas renais
Hemodiálise
Saiba mais sobre a hemodiálise, um procedimento feito por pessoas que possuem insuficiência renal.
Hormônios Sexuais
Conheça quando e onde são produzidos os hormônios sexuais masculinos e femininos!
Os neurônios
Neurônio
Amplie seus conhecimentos a respeito dos neurônios, as unidades básicas do sistema nervoso. Confira as principais partes dessa célula, sua função e seus tipos.
Os brônquios estão localizados logo após a traqueia.
Brônquios
Condutos cartilaginosos localizados logo abaixo da porção terminal da traqueia.
A hematúria é identificada por meio da urina
Hematúria
Saiba o que é hematúria e o que a presença dela indica!
Câncer do intestino pode causar hemorragia digestiva.
Hemorragia digestiva
A hemorragia digestiva é um sinal de que algo não vai bem. Veja aqui algumas de suas causas.
A hérnia inguinal é uma situação mais frequente em homens
O que é hérnia inguinal?
Saiba o que hérnia inguinal, suas causas, sintomas e formas de tratamento.
As plaquetas são importantes no processo de coagulação do sangue
Plaquetas
Amplie seus conhecimentos a respeito das plaquetas, estruturas presentes no sangue que são formadas a partir de megacariócitos.
Sistema reprodutor feminino
Aprenda mais a respeito do sistema reprodutor feminino aqui! Neste texto falaremos a respeito dos principais órgãos desse sistema e suas funções.
A inflamação do apêndice é denominada apendicite
Por que existe o apêndice?
O apêndice humano não possui função alguma. Certo ou errado? Errado! Leia e saiba mais sobre essa pequena região de nosso intestino.
Laringe: um importante órgão respiratório e fonador.
Laringe
A laringe tem tamanho variável, sendo maior em homens, em face da influência de hormônios. Conheça mais sobre esse órgão tão importante.
Já sentiu dor nessa região?
Cálculo renal
Você já ouviu falar de cálculo renal? Confira aqui como ele é formado e o que ele pode causar no organismo!
A hemodiálise é necessária em casos mais avançados de insuficiência renal
Insuficiência renal crônica
Perda irreversível e progressiva da função renal.
Pacientes com insuficiência renal aguda têm o volume de urina reduzido
Insuficiência renal aguda
Perda rápida da função renal, geralmente reversível.
A quantidade de água que deve ser ingerida diariamente varia de pessoa para pessoa
Qual é a quantidade de água que deve ser ingerida diariamente?
Descubra qual é a quantidade de água que deve ser ingerida diariamente para manter o bom funcionamento do organismo!
Procedimento de medição de pressão.
Hipertensão
Hipertensão arterial, o que é hipertensão arterial, diastólica, sistólica, pessoas hipertensas, problemas de saúde, complicações, sintomas da hipertensão, pressão sanguínea.
O diabetes mellitus é uma doença relacionada com o aumento dos níveis de glicose no sangue.
Diabetes mellitus
Aprenda um pouco sobre o diabetes mellitus, uma doença que pode ser bastante grave e gerar complicações se não tiver o acompanhamento adequado.
Vitamina D
Aprenda um pouco mais sobre a vitamina D, suas formas existentes, como é sintetizada, os riscos relacionados a sua carência, e como é dosada.
O sistema urinário, ou excretor, é responsável pela produção da urina
Sistema excretor
Aprenda um pouco mais sobre os componentes do sistema excretor e compreenda algumas de suas características básicas.
A infecção urinária acomete muito mais mulheres do que homens.
Por que a infecção urinária afeta mais as mulheres?
Leia este texto e entenda por que a infecção urinária afeta mais mulheres do que homens!
Observe a estrutura do néfron e acompanhe o processo de formação da urina
Formação da urina
Descubra como ocorre a formação da urina e entenda a estrutura básica de um néfron.
A incontinência afeta as mulheres maduras e as mais novas
Incontinência urinária
Saiba o que é, como prevenir e tratar