Alavancas

O estudo das alavancas está diretamente ligado ao conceito de equilíbrio, em especial ao de rotação. Graças aos estudos realizados em torno desse tema, diversas ferramentas puderam ser inventadas. Além disso, esses desenvolvimentos permitiram também uma compreensão do corpo humano, o qual utiliza os músculos como transmissores de forças e as articulações como pontos fixos de alavanca.

Em diversas situações cotidianas vemos o uso das alavancas como forma de auxílio no desenvolvimento de trabalhos. Uma que mais podemos ver é a utilização de alavancas pelos borracheiros. Eles utilizam alavancas para desenroscar os parafusos das rodas de caminhões, para mover objetos grandes, como mostra a ilustração acima, entre outras coisas.

Os elementos de uma alavanca

Toda alavanca é composta por três elementos básicos:

- PF – ponto fixo, em torno do qual a alavanca pode girar;
- FP – força potente, exercida com o objetivo de levantar, sustentar, equilibrar, etc.
- FR – força resistente, exercida pelo objeto que se quer levantar, sustentar, equilibrar, etc.

Os tipos de alavancas

Podemos classificar as alavancas de acordo com o elemento que fica entre os outros dois pontos restantes. Seus nomes são: interfixa, interpotente e inter-resistente.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Dizemos que uma alavanca é do tipo interfixa quando o ponto fixo ocupa um lugar qualquer entre a força potente  e a força resistente, como mostra a figura abaixo.

Alavanca cujo ponto fixo está entre a força potente e a força resistente

Uma alavanca é considerada como sendo do tipo interpotente quando a força potente está localizada em algum lugar entre a força resistente e o ponto fixo. Veja a ilustração abaixo.

Alavanca cuja força potente está entre a força resistente e o ponto fixo

Uma alavanca é considerada como sendo inter-resistente quando a força resistente se encontra em algum lugar entre a força potente e o ponto fixo. Veja a figura abaixo.

Alavanca utilizada para mover objetos pesados
Alavanca utilizada para mover objetos pesados
Publicado por: Domiciano Correa Marques da Silva
Assuntos relacionados
Gato em queda livre (1ª imagem – suposição de queda do primeiro andar de um edifício; 2ª imagem – suposição de queda do terceiro andar de um edifício)
Quanto mais alto, maior o tombo?
Analisando a queda de um gato.
As situações de equilíbrio podem ser denominadas de estáveis, instáveis e indiferentes
Tipos de equilíbrio
Não fique na corda bamba em Física! Clique aqui e descubra quais são os três tipos de equilíbrio que existem.
Em virtude do tipo de equilíbrio, a torre de Pisa não cai
Por que a Torre de Pisa não cai?
Você sabe por que a Torre de Pisa não cai? Entenda por que essa construção inclinada do século XII ainda está de pé!
Pintura de Domenico Fetti (1620) retrata Arquimedes, um dos maiores inventores do mundo
Arquimedes
Você sabe quem foi Arquimedes? Clique aqui e veja por que esse importante inventor saiu correndo nu pelas ruas de sua cidade.
O simples ato de caminhar só é possível por causa da força de atrito
Força de Atrito
Clique aqui e veja a definição de força de atrito, conheça seus tipos e saiba como ela é calculada.
O corpo no interior do líquido se movimenta no sentido oposto ao movimento do líquido
Resistência dos fluidos
Veja aqui um texto que ensina a calcular a resistência que os fluidos exercem sobre um corpo neles submerso.
Cerca de 90% do volume total de um iceberg fica abaixo da superfície do mar
A ponta de um iceberg
Veja aqui o que é um iceberg e veja também a equação que nos permite determinar o volume da parte submersa de um iceberg.