Whatsapp icon Whatsapp

Máquinas térmicas

Máquinas térmicas são dispositivos que absorvem calor de uma fonte e convertem-no parcialmente em energia mecânica. Todas elas operam em ciclos e, ao final de um ciclo completo, os parâmetros de pressão, volume e temperatura (P,V,T) relacionados à substância de trabalho que é usada pela máquina sempre retomam seus valores iniciais (P0, V0, T0).

A importância das máquinas térmicas é incontestável para nosso modelo de sociedade atual, em que fazemos uso de motores de combustão interna para um grande número de atividades e processos tecnológicos.

Veja também: Grafeno – o material mais resistente já descoberto

As máquinas térmicas movidas a vapor já foram usadas para bombear água, como mostra a figura.
As máquinas térmicas movidas a vapor já foram usadas para bombear água, como mostra a figura.

Introdução às máquinas térmicas

Máquinas térmicas são capazes de converter parcialmente o calor proveniente de uma fonte térmica em energia mecânica – cinética ou potencial. Nenhuma máquina térmica é perfeita, ou seja, mesmo a melhor máquina térmica já inventada jamais poderia ter um rendimento igual a 100%.

A razão pela qual não é possível existir uma máquina térmica perfeita é a 2ª lei da Termodinâmica, que diz o seguinte:

Não é possível que qualquer sistema, a certa temperatura, absorva calor de uma fonte e transforme-o integralmente em trabalho mecânico, sem que ocorram modificações nesse sistema ou em suas vizinhanças.”

A forma como a segunda lei encontra-se escrita acima é conhecida como o enunciado de Kelvin. Segundo tal enunciado, em um ciclo completo, é impossível que uma máquina térmica converta integralmente calor em trabalho mecânico. Tal impossibilidade decorre do fato de que a máquina precisa “perder” parte da energia que absorve para retornar ao estado termodinâmico inicial de seu ciclo de funcionamento.

Em todas as máquinas térmicas, há uma fonte quente e uma fonte fria.
Em todas as máquinas térmicas, há uma fonte quente e uma fonte fria.

Chamamos de trabalho a porção de energia que uma máquina térmica foi capaz de converter em energia mecânica. Tal quantidade de energia pode ser calculada diretamente pela diferença entre a quantidade de calor que a máquina absorve de uma fonte quente pela quantidade de calor que a máquina dissipa para o meio externo, que comumente é chamado de fonte fria. A fórmula que é usada para calcular o trabalho realizado por uma máquina térmica é a seguinte:

τ – trabalho (J – joule ou cal – caloria)

QQ e QF – calor quente e calor frio

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Exemplos de máquinas térmicas

As máquinas térmicas estão presentes em nosso dia a dia e são fundamentais para o funcionamento de diversas tecnologias. Confira alguns exemplos:

  • motores de combustão interna – motores movidos a gasolina, álcool, diesel, GLP e querosene;

  • máquinas movidas a vapor – locomotivas, máquinas de tecer;

  • usinas termoelétricas;

  • refrigeradores e ar-condicionado – máquinas térmicas invertidas, chamadas de refrigeradores ou bombas de calor.

Veja também: Computadores quânticos – limites, possibilidades e características

Rendimento das máquinas térmicas

O rendimento das máquinas térmicas é sempre inferior a 100%, como já dissemos. Tal rendimento diz respeito à porcentagem da energia absorvida pela máquina que é convertida em calor ao longo de um ciclo completo. O cálculo do rendimento, feito em porcentagem, pode ser realizado se conhecemos parâmetros como a quantidade de calor “quente” (que é absorvida pela máquina a partir da fonte quente) e a quantidade de calor “frio” (cedido pela máquina à fonte fria).

A fórmula para calcular o rendimento das máquinas térmicas é a seguinte:

A fórmula do rendimento também pode ser escrita em termos do trabalho realizado pela máquina. Nesse caso, o rendimento é calculado pela razão entre o trabalho e a quantidade de calor absorvida pela máquina.

Para obter o rendimento da máquina em porcentagem, multiplica-se o resultado obtido nas fórmulas acima pelo fator 100.

Ciclo termodinâmico das máquinas térmicas

Ciclo termodinâmico é a sequência de estados que a substância de trabalho da máquina térmica passa a fim de que a máquina opere corretamente, convertendo calor em trabalho. Esse ciclo é geralmente representado na forma de um gráfico de P x V (pressão em função do volume). Além disso, o sentido das setas indica se o ciclo é relacionado a uma máquina térmica ou a um refrigerador, caso sejam representadas, respectivamente, no sentido horário e anti-horário.

A figura abaixo mostra o ciclo termodinâmico de uma máquina térmica genérica. Observe:

O ciclo termodinâmico representado na figura é utilizado nos motores movidos a gasolina.
O ciclo termodinâmico representado na figura é utilizado nos motores movidos a gasolina.

Ciclo de Carnot

O ciclo de Carnot é um ciclo termodinâmico ideal cujo funcionamento apresenta o maior rendimento possível, dadas duas temperaturas de funcionamento (da fonte quente e da fonte fria). Dessa maneira, é esperado que uma máquina térmica real, como o motor de um carro, apresente um ciclo de formato mais próximo possível ao ciclo de Carnot.

Exercícios resolvidos sobre máquinas térmicas

Questão 1 — (Enem) No Brasil, o sistema de transporte depende do uso de combustíveis fósseis e de biomassa, cuja energia é convertida em movimento de veículos. Para esses combustíveis, a transformação de energia química em energia mecânica acontece:

a) na combustão, que gera gases quentes para mover os pistões no motor

b) nos eixos, que transferem torque às rodas e impulsionam o veículo

c) na ignição, quando a energia elétrica é convertida em trabalho

d) na exaustão, quando gases quentes são expelidos para trás

e) na carburação, com a difusão do combustível no ar

Resolução:

A energia obtida pelos motores de combustão interna vem da queima de combustíveis fósseis. Junto à combustão, há uma grande expansão do volume de gás no interior dos pistões, gerando movimento. Portanto, a alternativa correta é a letra A.

Questão 2 — (AFA) Com relação às máquinas térmicas e a Segunda Lei da Termodinâmica, analise as proposições a seguir.

I. Máquinas térmicas são dispositivos usados para converter energia mecânica em energia térmica com consequente realização de trabalho.

II. O enunciado da Segunda Lei da Termodinâmica, proposto por Clausius, afirma que o calor não passa espontaneamente de um corpo frio para um corpo mais quente, a não ser forçado por um agente externo, como é o caso do refrigerador.

III. É possível construir uma máquina térmica que, operando em transformações cíclicas, tenha como único efeito transformar completamente em trabalho a energia térmica de uma fonte quente.

IV. Nenhuma máquina térmica operando entre duas temperaturas fixadas pode ter rendimento maior que a máquina ideal de Carnot, operando entre essas mesmas temperaturas.

São corretas apenas:

a) I e II

b) II e III

c) I, III e IV

d) II e IV

Resolução:

Vamos analisar as alternativas:

I – FALSA. Máquinas térmicas são dispositivos que transformam energia térmica em energia mecânica, realizando trabalho durante esse processo.

II – VERDADEIRA.

III – FALSA. De acordo com a segunda lei da Termodinâmica, nenhuma máquina térmica que opere em ciclos é capaz de retirar calor de uma fonte e transformá-lo integralmente em trabalho.

IV – VERDADEIRA.

Com base nas análises acima, a resposta correta é a letra D.  

Publicado por Rafael Helerbrock
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

A locomotiva é uma máquina térmica utilizada para o transporte de cargas e pessoas
Ciclo de Carnot
Clique e saiba o que é o Ciclo de Carnot e por que é impossível obter uma máquina térmica com rendimento de 100%.
Usina geotérmica atuando na produção de eletricidade
Energia Geotérmica
Entenda como ocorre o uso da energia geotérmica, suas principais utilidades e suas vantagens e desvantagens.
O número de estados das moléculas de tinta aumenta irreversivelmente com sua diluição em água.
Entropia, uma grandeza termodinâmica
Entropia é uma grandeza termodinâmica que mede o grau de multiplicidade de estados de um sistema. A entropia indica a aleatoriedade e a quantidade de energia indisponível ou dissipada em um sistema termodinâmico. Confira este texto e aprenda sobre o que é esse importante, porém pouco compreendido, conceito físico.
Experimento – Dilatação Térmica
Faça você e veja como os sólidos dilatam quando são aquecidos
O motor de Stirling utiliza uma fonte de calor externa, como a chama de uma vela, e câmaras preenchidas com um gás a diferentes temperaturas
Motor Stirling
Aprenda mais sobre o funcionamento do motor de Stirling, um motor de combustão externa que pode utilizar praticamente qualquer combustível para operar.
Termodinâmica
Acesse e descubra os conceitos da termodinâmica, conheça quais são as leis da termodinâmica e teste seu aprendizado com os exercícios resolvidos sobre o assunto.
video icon
Física
Empuxo
Na aula de hoje, o professor Rafael Helerbrock explica o que é empuxo e como funciona o princípio de Arquimedes. Que tal aprender mais sobre o assunto?

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas