Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Geografia
  3. Geografia humana
  4. Geopolítica
  5. Estado laico e Estado religioso

Estado laico e Estado religioso

É importante conhecer a diferença entre Estado laico e Estado religioso para entender a relação entre o Estado e as religiões.

O conceito de Estado diz respeito ao conjunto de instituições políticas e administrativas responsáveis por ordenar e regular o espaço de um povo ou nação. A existência de um Estado pressupõe que ele possua seu próprio território, que tenha ação soberana, seja dirigido por um governo próprio e seja pessoa jurídica de direito público internacionalmente reconhecida. No que diz respeito à relação de um Estado com as religiões nele existentes, ele pode ser categorizado em duas classificações distintas: Estado laico e Estado religioso.

  • Estado Laico: é aquele que prevê a neutralidade em matéria confessional, não adotando nenhuma religião como oficial e mantendo equidistância entre os cultos. É conhecido também como Estado Secular. Em alguns Estados laicos, há incentivo à religiosidade e à tolerância entre os credos, enquanto outros chegam a criar leis e mecanismos para dificultar a manifestação religiosa em público.


Estado Laico x Estado Ateu

É importante ressaltar que o conceito de Estado laico não deve ser confundido com Estado ateu, tendo em vista que o ateísmo e demais manifestações de “não crença” também se incluem no direito à liberdade religiosa. No conceito de liberdade religiosa, inclui-se a liberdade de ter uma crença e a de não ter uma crença. Assim sendo, confundir Estado laico com Estado ateu é privilegiar essa crença (ou não crença) em detrimento das demais.

  • Estado Religioso: É aquele em que a religião interfere em alguma medida na administração, legislação ou gestão pública e é também chamado de Estado confessional. Na atualidade, está presente em especial no mundo islâmico, mas pode ser identificado também na África e na Ásia.

O Estado pode ser classificado como laico ou religioso. Esse último manifesta-se de forma orgânica ou subjetiva.1
O Estado pode ser classificado como laico ou religioso. Esse último manifesta-se de forma orgânica ou subjetiva1

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O Estado confessional pode manifestar-se de forma orgânica, ou seja, as instituições religiosas participam formalmente do governo, como se fosse um quarto poder e com autoridade para aprovar ou rejeitar leis que desrespeitem o credo. Um exemplo recente foi o governo talibã do Afeganistão, em que havia leis civis que regulamentavam hábitos e costumes da população de acordo com princípios religiosos, cuja desobediência era punida pelo Estado.

O Estado também pode apresentar a manifestação religiosa por meio de interferência subjetiva, em que um grupo ou instituição religiosa tem voz nas decisões de Estado e busca salvaguardar seus interesses.


O Brasil e o Estado Laico

No Brasil, a legislação prevê a inviolabilidade da liberdade de crença e assegura o livre exercício dos cultos religiosos
No Brasil, a legislação prevê a inviolabilidade da liberdade de crença e assegura o livre exercício dos cultos religiosos

A atual Constituição não institui qualquer outra religião como sendo a oficial do Estado. Estabelece em seu artigo 19, I o seguinte:

É vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios: I – estabelecer cultos religiosos ou igrejas, subvencioná-los, embaraçar-lhes o funcionamento ou manter com eles ou seus representantes relações de dependência ou aliança, ressalvada, na forma da lei, a colaboração de interesse público.”

Em razão desse e de outros dispositivos constitucionais, diz-se que o Brasil é um Estado laico onde há liberdade religiosa. A legislação ainda prevê que o direito à liberdade religiosa é inviolável e que o Estado deve assegurar o livre exercício dos cultos religiosos e garantir a proteção aos locais de culto e às suas liturgias.

¹Créditos da imagem: Alf RibeiroShutterstock.com

No Estado laico, o princípio constitucional da igualdade visa a condenar a existência de tratamento diferenciado do Estado às religiões
No Estado laico, o princípio constitucional da igualdade visa a condenar a existência de tratamento diferenciado do Estado às religiões
Publicado por: Amarolina Ribeiro
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

A respeito do conceito de Estado, avalie as proposições a seguir:

I) O conjunto de instituições políticas e administrativas com função de ordenar e regular o espaço de um povo ou nação constitui o que conhecemos como “Estado”.

II) Para que um Estado possa existir, não é necessariamente essencial que possua um território. A soberania do Estado efetiva-se pelas relações entre o governo e a população.

III) O reconhecimento de outras nações e de instituições internacionais é pré-requisito para que um Estado possa receber essa denominação.

Estão corretas as alternativas:

a) II e III.

b) I e III.

c) I e II.

d) Todas as alternativas.

e) Apenas a alternativa II.

Questão 2

O conceito de Estado laico muitas vezes é visto de maneira equivocada, pois é confundido com uma limitação estatal sobre as crenças e não crenças da população. Sobre a definição de Estado laico, estão corretas as proposições a seguir, exceto:

a) Também conhecido como Estado secular, o Estado laico prevê a neutralidade em matéria confessional.

b) No Estado laico, as religiões têm o direito de exercer as suas práticas, mas sem a participação do governo.

c) A posição neutra do Estado laico busca incentivar o ateísmo e outras formas de “não crença” como forma de distanciar-se das religiões e manter a laicidade.

d) O Estado laico não adota nenhuma religião como oficial e mantém equidistância entre os cultos.

e) Nenhuma das alternativas.

Mais Questões
Assuntos relacionados
Dia Mundial da Religião
Saiba mais sobre o Dia Mundial da Religião, data criada para celebrar as religiões do mundo e promover um debate para alcançar a harmonia e a paz mundial.
O tráfico negreiro viabilizou a escravidão na história do Brasil Colonial
Os negros no Brasil Colonial
Saiba como se deu a escravidão de negros no Brasil Colonial. Clique aqui e conheça mais sobre a história de nosso país!
A segregação está intimamente ligada ao preconceito quando separa grupos atribuindo características baseadas em cor da pele, por exemplo.
Preconceito
O que é preconceito e quais os problemas atribuídos a ele. Veja aqui!
A expressão “fundamentalismo” é fonte de muita discussão e controvérsia
O que é fundamentalismo?
Você sabe o que é fundamentalismo? Leia este texto e saiba quando e como teve origem essa expressão e por que ela é tão associada à religião.
A dificuldade de elaborar um conceito de identidade brasileira reside na diversidade cultural, histórica e social do povo brasileiro
Identidade brasileira
Clique aqui e conheça mais a respeito da Identidade Brasileira, conceito que deve levar em conta a multiplicidade histórico-cultural do país.
Igreja: a mais poderosa instituição da Idade Média
Igreja na Idade Média
Observe aqui como se deu a trajetória da Igreja na Idade Média.
Quadro representando os jesuítas na catequização dos índios.
Jesuítas
História do Brasil, Brasil Colônia, Colonização do Brasil, Jesuítas, Ordem Jesuítica, Ordem de Jesus, catequização, ensino, educação, História da Educação no Brasil, reduções jesuíticas, atividades jesuíticas, primeiros colégios do Brasil, Guerras Guaraníticas, Marques de Pombal, expulsão dos jesuítas.
O futebol trazido pelos europeus foi absorvido por inúmeras cultuas diferentes *
Aculturação
Entenda como se dá o processo de aculturação. Clique aqui!
O Papa Urbano II convocou os cristãos europeus a integrar os exércitos do movimento cruzadista.
A Igreja e as Cruzadas
A Igreja e as Cruzadas, Cruzadas, movimento cruzadista, Terra Santa, Jerusalém, peregrinos, expansão muçulmana, turcos seldjúcidas, Concílio Clermont, papa Urbano II.
Meca é a cidade sagrada para os mulçumanos.
As religiões no mundo
Veja quais são as principais religiões no mundo, como surgiram e quais suas características.
Grande parte dos conflitos que acontecem no Oriente Médio tem como causa a religião.
As religiões no Oriente Médio
A região mais tensa do planeta e sua relação com as religiões.
As bandeiras são símbolos da autoridade dos Estados sobre os seus territórios
Conceito de Estado
Conheça a definição de Estado e as diferenças existentes em relação aos conceitos de governo, nação e país.
A modernidade caracterizou-se pelo processo de racionalização do mundo
Secularização
Você já ouviu falar em secularização? Sabe o que significa? Neste texto você encontrará a resposta. Clique e saiba mais!