Whatsapp icon Whatsapp

Mundo multipolar

O mundo multipolar é um aspecto da Nova Ordem Mundial marcado pela existência de vários centros de poder. A globalização e o capitalismo contribuíram para o mundo multipolar.
Conexões sendo feitas em diferentes partes do mundo como representação do mundo multipolar.
A presença de vários polos de poder no mundo caracteriza a multipolaridade.

O mundo multipolar é um aspecto da Nova Ordem Mundial caracterizado pela presença de vários polos de poder em nível mundial. Essa concepção predomina desde o término da Guerra Fria até a atualidade. Os países do mundo formam, no tempo atual, diversos polos de poder, que têm como características principais a intensificação das trocas comerciais e a participação em organismos internacionais. O aumento das trocas econômicas e culturais são importantes vantagens desse período. Porém, ainda permanecem focos de tensão ao redor de todo o mundo, por diversas questões. O Brasil é um dos principais atores da nova ordem multipolar mundial, especialmente como um dos líderes do chamado Sul Global.

Leia também: Quais são os tipos de fluxos da sociedade global?

Resumo sobre mundo multipolar

  • O mundo multipolar é um aspecto da Nova Ordem Mundial marcado pela existência de vários centros de poder.

  • Os grandes conflitos mundiais, além de questões políticas, econômicas e culturais, contribuíram para a ordem mundial global.

  • A multipolaridade, também chamada de Nova Ordem Mundial, indica o período histórico-econômico posterior ao término da Guerra Fria.

  • A principal característica de um mundo tipicamente multipolar é a manutenção de vários polos de poder em nível mundial.

  • A ordem multipolar tem como consequências mudanças profundas nas lógicas políticas, econômicas e militares mundiais.

  • O Brasil enquadra-se na lógica multipolar do globo, visto que é um dos polos emergentes em nível internacional.

  • As ordens mundiais globais são divididas em três grandes classificações: unipolar, bipolar e multipolar.

Origem do mundo multipolar

A geopolítica mundial é marcada por momentos de transformações nas ordens de poder global. O século XX, em razão da ocorrência de duas Grandes Guerras Mundiais e da Guerra Fria, ficou marcado pela transformação dos polos de poder em nível mundial.

No momento histórico anterior à Primeira Guerra Mundial (1914-1918), o planeta vivenciava um período de multipolaridade, marcado pela ascensão de diferentes polos de poder, alcançados especialmente em razão de ações como o colonialismo e o imperialismo europeu.

Esse cenário foi contínuo e, inclusive, um dos fatores que fomentou a Segunda Guerra Mundial (1939-1945). Porém, com o término desse conflito e a derrota imposta às antigas potências globais, o mundo vivenciou uma alteração da ordem de poder em nível global.

O protagonismo econômico-militar dos Estados Unidos e a ascensão da União Soviética transformou a ordem mundial anteriormente multipolar em bipolar, ou seja, com dois polos de poder, iniciando assim o período geopolítico global chamado de Guerra Fria (1947-1991).

Luvas de boxe com as bandeiras da URSS e dos EUA em oposição, uma representação do conflito que culminou na Guerra Fria.
A oposição entre Estados Unidos e União Soviética marcou a bipolaridade da Guerra Fria.

Essa dualidade marcou um período de forte tensão em termos econômicos e militares entre Estados Unidos e União Soviética. Os demais países do mundo ficaram sob a influência dessas duas superpotências do século passado, seguindo a lógica bipolar.

Em seguida, após a Queda do Muro de Berlim (1989) e a fragmentação da União Soviética (1991), o mundo viu ruir a chamada Velha Ordem Mundial, marcada pela bipolaridade, e testemunhou o início da Nova Ordem Mundial, caracterizada pela multipolaridade.

Atualmente, a geopolítica mundial é formada pela presença de vários polos de poder, tanto os tradicionais, como Estados Unidos, Europa Ocidental e Japão, quanto os emergentes, como Rússia, China e Índia, formando assim a ordem mundial multipolar.

Características do mundo multipolar

A principal característica de um mundo multipolar é a manutenção de vários polos de poder em nível mundial. Nesse sentido, temos um conjunto de vários países que apresentam relativo protagonismo em termos políticos, econômicos e militares. Os pontos abaixo apresentam outras características desse momento atual:

  • criação de organismos internacionais e demais esferas de debates sobre os problemas mundiais em diferentes âmbitos;

  • intensa troca comercial entre países por meio da criação de acordos, parcerias e os chamados blocos econômicos;

  • formação de grupos de países com características em comum, buscando objetivos similares em áreas como a econômica e a bélica;

  • criação de instâncias de diálogo entre os países, por meio de ações próprias ou ainda por organismos supranacionais;

  • ampla participação dos países em eventos mundiais, como competições esportivas e mostras culturais;

  • desenvolvimento dos transportes e das comunicações a partir da ascensão do processo de globalização;

  • predominância da globalização cultural devido às intensas trocas culturais entre as sociedades.

Mudanças causadas pelo mundo multipolar

A passagem da Velha Ordem Mundial, marcada pela bipolaridade entre Estados Unidos e União Soviética, para a Nova Ordem Mundial, caracterizada pela multipolaridade entre vários centros de poder, causou mudanças importantes na lógica global.

A queda dos governos comunistas e socialistas marcou a predominância do sistema de produção capitalista em nível global. Atualmente, esse modo de produção é amplamente adotado em praticamente todas as nações do mundo.

Houve também grande impulso ao fenômeno de globalização mundial, resultado da intensificação das trocas entre os países, tanto em setores como comércios e serviços até nas esferas culturais e esportivas.

A Nova Ordem Mundial representou ainda o início de uma nova relação diplomática entre diferentes países do globo, com o estabelecimento de canais de diálogo e o fortalecimento de organismos supranacionais.

Porém, destaca-se que as mudanças advindas desse momento não provocaram a eliminação das tensões geopolíticas globais. Pelo contrário, isso fomentou novas disputas em termos econômicos e militares, como, por exemplo, a oposição entre Estados Unidos e China e o conflito entre Rússia e Ucrânia.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
 Representação gráfica da guerra entre Rússia e Ucrânia, com as bandeiras dos países pintadas em concreto com rachaduras.
O conflito entre Rússia e Ucrânia marca as novas tensões oriundas da multipolaridade.

Vantagens e desvantagens do mundo multipolar

A ordem multipolar é um momento histórico marcado pelo estabelecimento de diversos polos de poder ao redor do globo. Esse momento tem como consequências mudanças profundas nas lógicas políticas, econômicas e militares mundiais. O quadro abaixo apresenta algumas vantagens e desvantagens do estabelecimento de uma lógica multipolar de poder no globo:

Vantagens da ordem multipolar

Desvantagens da ordem multipolar

O estabelecimento de canais diplomáticos de diálogo e a criação de organismos supranacionais.

A continuidade das tensões globais em diversos pontos do mundo por questões como etnia, religião e língua.

A maior participação dos países nas decisões globais em áreas como economia e meio ambiente.

A manutenção de formas de dominação de territórios, como por meio de possessões e/ou invasões territoriais.

O fomento ao comércio global e as trocas econômicas e culturais entre os países.

A dificuldade de participação dos países mais pobres nas instâncias de diálogo globais.

A intensificação da globalização e o aumento dos fluxos de transporte e comunicação ao redor do mundo.

A prevalência da desigualdade social no mundo intensificada pelo capitalismo e pela globalização.

Diferenças entre mundo multipolar, bipolar e unipolar

A diferença entre os conceitos de multipolar, bipolar e unipolar está relacionada à existência de polos de poder em nível mundial. O quadro abaixo apresenta a diferenciação entre os termos citados:

Mundo unipolar

Mundo bipolar

Mundo multipolar

Um polo de poder em nível mundial.

Dois polos de poder em nível mundial.

Vários polos de poder em nível mundial.

Brasil e o mundo multipolar

O Brasil enquadra-se na lógica multipolar do globo, visto que é um dos polos emergentes em nível internacional, sendo um importante ator do chamado Sul Global. O país, em razão da sua grande disponibilidade de recursos naturais, da sua ampla população absoluta, do seu vasto território e do seu diversificado parque industrial, possui variáveis importantes em nível mundial.

Em termos geopolíticos, o Brasil é uma potência regional na América do Sul e na América Latina e ainda faz parte do Brics, grupo de potências emergentes mundiais que lutam por um maior protagonismo nas decisões globais.

Ademais, o Brasil possui papel de destaque em áreas como meio ambiente e segurança alimentar e integra os principais organismos supranacionais, como a Organização das Nações Unidas (ONU), e participa de blocos políticos e econômicos regionais, como a União de Nações Sul-Americanas (Unasul) e o Mercado Comum do Sul (Mercosul).

O Brasil ainda debate uma maior participação em nível global, como por meio da reforma administrativa do Conselho de Segurança da ONU e a formação de organismos de financiamento global, como o Novo Banco de Desenvolvimento (NBD).

Para saber mais sobre o papel do Brasil na Nova Ordem Mundial, clique aqui.

Exercícios resolvidos sobre mundo multipolar

Questão 1

(Unicentro) No final do século XX, a economia globalizada da Nova Ordem Mundial apresenta como características principais

A) o colonialismo, a rígida regulamentação dos mercados financeiros e a não intervenção do Estado na economia.

B) o neoliberalismo, a desregulamentação das atividades financeiras e a não intervenção estatal nas matérias relativas às finanças.

C) a tendência nacionalista da produção, a desregulamentação dos mercados e o aumento da intervenção estatal no sistema financeiro.

D) o internacionalismo capitalista, a crescente regulamentação dos mercados financeiros e a não intervenção estatal nesse terreno.

E) o internacionalismo socialista, a rígida regulamentação dos mercados financeiros e a crescente intervenção estatal nos assuntos econômicos.

Resolução:

Alternativa B.

A Nova Ordem Mundial é marcada pela consolidação do sistema capitalista de produção e, consequentemente, da lógica do neoliberalismo, que prevê a ausência da intervenção do Estado na economia.

Questão 2

(Unesp) Criado em resposta às crises econômicas do final da década de 1990, o G-20 reflete o contexto de

A) unilateralidade da antiga ordem mundial, marcada pela supremacia britânica no Conselho de Segurança das Nações Unidas.

B) bipolaridade da antiga ordem mundial, caracterizada pela estabilidade financeira dos países desenvolvidos e subdesenvolvidos.

C) multipolaridade da antiga ordem mundial, marcada pelo fortalecimento da cooperação entre blocos econômicos.

D) multipolaridade da nova ordem mundial, caracterizada pela diversidade de interesses das economias industrializadas e emergentes.

E) bipolaridade da nova ordem mundial, caracterizada pelo controle estadunidense e soviético das instituições financeiras internacionais.

Resolução:

Alternativa D.

O G-20, grupo nacional que reúne as principais potências econômicas globais, é um marco da multipolaridade, visto que propicia a participação de países emergentes e em desenvolvimento.

Fontes

POVLOV, O. A teoria do “mundo multipolar”. Le Monde diplomatique. Disponível em: https://diplomatique.org.br/a-teoria-do-mundo-multipolar/.

REIS, H. Um mundo multipolar a vista ou uma nova hegemonia?. Comunica UFU. Disponível em: https://comunica.ufu.br/noticia/2023/05/um-mundo-multipolar-vista-ou-uma-nova-hegemonia.

Publicado por Mateus Campos

Artigos Relacionados

A influência da ONU
A influência da ONU, O que significa a sigla ONU, Qual é a finalidade da ONU, A influência da ONU nas guerras, A influência da ONU nas catástrofe, A influência da ONU e as instituições supranacionais.
Brasil na Nova Ordem Mundial
Alguns aspectos referentes à atuação do Brasil na Nova Ordem Mundial.
Cúpula Sobre Mudanças Climáticas
A reunião internacional que visa minimizar o aquecimento global.
Focos de conflitos no mundo
Confira aqui quais são os principais focos de conflitos no mundo.
Geopolítica da água
Confira uma análise geral sobre a geopolítica da água com alguns comentários sobre os principais conflitos por esse recurso em âmbito internacional.
Geopolítica do Petróleo
A geopolítica do petróleo, a importância desse recurso, suas origens, os principais atores internacionais e a posição do Brasil nesse contexto.
Globalização
Clique aqui, saiba as principais características do processo de globalização e descubra vantagens e desvantagens dessa integração mundial.
Nova Ordem Mundial
Clique aqui, saiba o que é a Nova Ordem Mundial e entenda o processo de transformação da geopolítica mundial determinado pela ordem multipolar.
Os problemas derivados do capitalismo
Os problemas derivados do capitalismo, O que é o capitalismo, Quando teve início o capitalismo, O capitalismo e a luta entre proletário e donos dos meios de produção, O capitalismo e a natureza, O capitalismo e as desigualdades sociais, O capitalismo e a perda de valores.
População
Clique aqui, entenda o conceito de população, saiba quais são seus tipos e descubra as principais características da população do Brasil e da China.
video icon
Texto"Matemática do Zero | Número de diagonais de um polígono convexo" em fundo azul.
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Número de diagonais de um polígono convexo
Nessa aula demonstrarei a fórmula do número de diagonais de um polígono convexo e resolveremos questões modelo.