Whatsapp icon Whatsapp

Orações subordinadas substantivas

As orações subordinadas substantivas são classificadas como subjetivas, objetivas diretas, objetivas indiretas, completivas nominais, predicativas ou apositivas.
Quadro ilustrativo com a classificação das orações subordinadas substantivas.
As orações subordinadas substantivas desempenham diversas funções sintáticas.

Orações subordinadas substantivas são aquelas que exercem, em relação à oração principal, uma das seguintes funções: sujeito (subjetivas), objeto direto (objetivas diretas), objeto indireto (objetivas indiretas), complemento nominal (completivas nominais), predicativo do sujeito (predicativas) ou aposto (apositivas).

Leia também: Tudo sobre as orações subordinadas

Resumo sobre orações subordinadas substantivas

  • As orações subordinadas substantivas cumprem diversas funções sintáticas em relação à oração principal.

  • Elas são assim classificadas:

    • subjetivas;

    • objetivas diretas;

    • objetivas indiretas;

    • completivas nominais;

    • predicativas;

    • apositivas.

Videoaula sobre orações subordinadas substantivas

O que são as orações subordinadas substantivas?

As orações subordinadas substantivas são aquelas que desempenham, em relação à oração principal, a função de sujeito, objeto direto, objeto indireto, complemento nominal, predicativo do sujeito ou aposto.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Classificação das orações subordinadas substantivas

  • Oração subordinada substantiva subjetiva

Cumpre o papel de sujeito da oração principal:

É de suma importância que mantenhamos a calma.

  • Oração subordinada substantiva objetiva direta

Exerce a função de objeto direto do verbo da oração principal:

As testemunhas revelaram que o empresário fugira do local do acidente.

  • Oração subordinada substantiva objetiva indireta

Exerce a função de objeto indireto do verbo da oração principal:

Paula lembrou-se de comprar o meu chocolate.

  • Oração subordinada substantiva completiva nominal

Atua como complemento nominal de substantivo, adjetivo ou advérbio da oração principal:

A advogada teve a capacidade de mentir diante dos jurados.

Estava confiante de que conseguiria o emprego.

Milton esteve perto de cometer uma loucura.

  • Oração subordinada substantiva predicativa

Age como predicativo do sujeito em relação à oração principal:

Eu sou quem te ama.

  • Oração subordinada substantiva apositiva

Desempenha o papel de aposto em relação à oração principal:

Apenas peço um favor: que ela não volte nunca mais.

Quadro resumitivo com a classificação e exemplos de orações subordinadas substantivas.

Orações subordinadas substantivas desenvolvidas e reduzidas

As orações subordinadas substantivas podem aparecer tanto na forma desenvolvida quanto na forma reduzida. Na forma reduzida, elas apresentam verbo no infinitivo. Já na forma desenvolvida, elas apresentam verbo conjugado em um dos tempos verbais.

Vejamos um exemplo de oração subordinada substantiva objetiva direta reduzida de infinitivo:

Eu quero comer muito à noite.

Agora, uma oração subordinada substantiva objetiva direta desenvolvida:

Eu sei que comerei muito à noite.

Como identificar orações subordinadas substantivas?

  • Primeiro passo

Localizar a oração principal. Essa oração, como o próprio nome diz, é essencial para o período:

É real que a extinção humana começou.

Ivone sabe que seus pais desapareceram.

Nós não cansamos de comer biscoitos.

Era contrário a que divulgassem o vídeo.

O importante é que ninguém se feriu.

Isto, que pense mal de mim, acaba com nossa amizade.

Observe que as orações em destaque são as principais responsáveis pelo sentido de cada enunciado. Desse modo, as orações subordinadas existem para completar esse sentido.

  • Segundo passo

Verificar se as orações subordinadas exercem uma destas funções:

  • sujeito:

É real que a extinção humana começou.

  • objeto direto:

Ivone sabe que seus pais desapareceram.

  • objeto indireto:

Nós não cansamos de comer biscoitos.

  • complemento nominal:

Era contrário a que divulgassem o vídeo.

  • predicativo do sujeito:

O importante é que ninguém se feriu.

 

  • aposto:

Isto, que pense mal de mim, acaba com nossa amizade.

Orações subordinadas substantivas, adverbiais e adjetivas

As orações subordinadas substantivas complementam o sentido da oração principal e exercem estas funções sintáticas:

  • sujeito;

  • objeto direto;

  • objeto indireto;

  • complemento nominal;

  • predicativo do sujeito;

  • aposto.

As orações subordinadas adverbiais cumprem o papel de adjunto adverbial da oração principal. Portanto, indicam as seguintes circunstâncias:

  • causa;

  • comparação;

  • concessão;

  • condição;

  • conformidade;

  • consequência;

  • finalidade;

  • proporção;

  • tempo.

as orações subordinadas adjetivas cumprem a função de adjunto adnominal do substantivo ou pronome da oração principal. E podem ser:

  • explicativas;

  • restritivas.

Leia também: Orações coordenadas — aquelas que não possuem relação de dependência sintática

Exercícios sobre orações subordinadas substantivas

Questão 01

Analise os períodos abaixo e assinale a alternativa que apresenta uma oração subordinada substantiva.

A) Este é o livro que eu comprei.

B) Parei de chorar quando te vi.

C) Ficou tão apavorado que fugiu.

D) Tudo era um caos, conforme eu supunha.

E) Joana afirmava que a mãe via fantasmas.

Resolução:

Alternativa E.

A oração “que eu comprei” é adjetiva, pois qualifica o termo “livro”. Já as orações “quando te vi”, “que fugiu” e “conforme eu supunha” são adverbiais e indicam, respectivamente, tempo, consequência e conformidade. Por fim, é substantiva a oração “que a mãe via fantasmas”, pois atua como objeto direto.

Questão 02

Analise os períodos abaixo e marque a alternativa que apresenta uma oração subordinada substantiva subjetiva.

A) Foi combinado que Olga faria as provas.

B) Não notei Justino se aproximar.

C) Ela desconfiava de que estávamos mentindo.

D) Não tinha interesse em ajudar as pessoas.

E) Juca era quem sabia tudo.

Resolução:

Alternativa A.

As orações subordinadas substantivas das orações acima são assim classificadas: “que Olga faria as provas” (subjetiva), “Justino se aproximar” (objetiva direta), “de que estávamos mentindo” (objetiva indireta), “em ajudar as pessoas” (completiva nominal) e “quem sabia tudo” (predicativa).

Fontes:

CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima gramática da língua portuguesa. 49. ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2020.

NICOLA, José de; INFANTE, Ulisses. Gramática contemporânea da língua portuguesa. 15. ed. São Paulo: Scipione, 1999.

SACCONI, Luiz Antonio. Nossa gramática: teoria e prática. 26. ed. São Paulo: Atual Editora, 2001.

SANTOS, Márcia Angélica dos. Aprenda análise sintática. 6. ed. São Paulo: Saraiva, 2003. 

Publicado por Warley Souza
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

Conjunções subordinativas
Conheça as conjunções subordinativas, palavras responsáveis pela construção do período composto por subordinação.
Oração
Descubra o que é oração e quais são os tipos existentes. Saiba também quais são as diferenças entre oração, frase e período.
Orações coordenadas
Descubra o que são orações coordenadas e aprenda mais sobre as classificações desse grupo de orações. Entenda por que se diferem das orações subordinadas.
Orações subordinadas
Clique aqui, saiba o que são orações subordinadas, descubra como elas podem ser classificadas e veja exemplos de cada uma delas.
Orações subordinadas adjetivas
Entenda o que são as orações subordinadas adjetivas. Saiba suas classificações e veja exemplos de seu uso. Conheça também outros tipos de orações subordinadas.
Orações subordinadas adverbiais
Aprenda sobre as orações subordinadas adverbiais e saiba como classificá-las de acordo com o sentido estabelecido por elas.
Orações subordinadas adverbiais
Conheça as relações de circunstância estabelecidas pelas orações subordinadas adverbiais no período composto.
Termos constituintes da oração
Não deixe de conhecer esta seção, a qual irá tratar dos termos constituintes da oração!!!
video icon
Escrito"A representação indígena na literatura brasileira" próximo à imagem de um índigena com cocar virado de costas.
Português
A representação indígena na literatura brasileira
A figura do indígena sempre esteve presente na literatura brasileira. Mas de que forma essa cultura foi representada? Quais são as implicações dessas imagens na construção do imaginário e da identidade cultural do povo brasileiro?