Whatsapp icon Whatsapp

Orações subordinadas adverbiais

Orações subordinadas adverbiais têm valor de advérbio no enunciado e contam com nove classificações de acordo com a relação de sentido que estabelecem com a oração principal.
Esquema com as classificações das orações subordinadas adverbiais.
Esquema com as classificações das orações subordinadas adverbiais.

As orações subordinadas adverbiais têm valor de advérbio no enunciado, tendo função de adjuntos adverbiais. Portanto, expressam ideia de causa, tempo, modo, condição etc. São classificadas de acordo com a conjunção que as introduz, gerando uma relação de sentido com a oração principal que acompanham.

Veja também: Orações coordenadas — as orações que apresentam relação de independência entre si

Resumo sobre orações subordinadas adverbiais

  • As orações subordinadas adverbiais exercem função de adjuntos adverbiais no enunciado, ou seja, têm valor de advérbio.

  • Para fazerem sentido, são dependentes de uma oração principal, com a qual expressam circunstâncias de causa, tempo, modo, condição, entre outras.

  • São classificadas em nove tipos: causais, comparativas, concessivas, condicionais, conformativas, consecutivas, finais, proporcionais e temporais, cada uma tendo uma relação de sentido diferente.

  • Além das orações subordinadas adverbiais, há, ainda, as orações subordinadas substantivas e as orações subordinadas adjetivas.

Videoaula sobre orações subordinadas adverbiais

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que são orações subordinadas adverbiais?

Orações subordinadas são aquelas que dependem de uma oração principal para fazerem sentido. Assim, elas não têm sentido completo se aparecerem sozinhas. Observe:

Quando voltei para casa, você estava pensativo.

Oração subordinada + oração principal

Nesse exemplo, a oração principal tem sentido se aparecer isolada. A oração subordinada, porém, não faz sentido se aparecer isolada e sem contexto. Ela precisa estar acompanhada da oração principal, por isso é dependente dela (subordinada a ela).

Além de dependerem da oração principal, as orações subordinadas adverbiais têm valor de advérbio no enunciado, exercendo função de adjunto adverbial. No exemplo apresentado, a oração subordinada estabelece relação de tempo, logo funciona como um adjunto adverbial de tempo. Além disso, as orações subordinadas adverbiais podem ser desenvolvidas ou reduzidas.Veja a seguir.

→ Oração subordinada adverbial desenvolvida

São desenvolvidas quando são introduzidas por conjunções subordinativas ou por pronomes. Além disso, elas têm verbos geralmente conjugados no modo indicativo ou no modo subjuntivo.

Quando voltei para casa, eu o encontrei pensativo.

Oração subordinada adverbial desenvolvida + oração principal

A oração subordinada desenvolvida é iniciada por uma conjunção subordinativa (“quando”) e apresenta um verbo no modo indicativo (“voltei”).

→ Oração subordinada adverbial reduzida

São reduzidas quando não são introduzidas por conjunções subordinativas e nem por pronomes, podendo ser introduzidas por verbos ou por preposições. Além disso, elas têm verbos conjugados em uma das formas nominais (infinitivo, gerúndio ou particípio).

Voltando para casa, eu o encontrei pensativo.

Oração subordinada adverbial reduzida + oração principal

A oração subordinada reduzida não é iniciada por conjunção subordinativa e apresenta um verbo no gerúndio (“voltando”).

Classificação das orações subordinadas adverbiais

As orações subordinadas adverbiais são classificadas de acordo com a relação de sentido que estabelecem com a oração principal, podendo ter nove classificações ao todo.

→ Orações subordinadas adverbiais causais

São aquelas que estabelecem sentido de causa, motivo em relação à oração principal.

Como não consegui falar por telefone, eu compareci ao local.”

“Reconhecem os meus feitos por eu ser muito talentoso.”

→ Orações subordinadas adverbiais comparativas

São aquelas que estabelecem sentido de comparação em relação à oração principal, sendo o segundo termo da comparação feita.

“Ela é astuta tal qual o pai é.”

“Estive tão assustado como se fosse a primeira vez fazendo aquilo.”

→ Orações subordinadas adverbiais concessivas

São aquelas que estabelecem sentido de concessão em oposição à oração principal, sendo algo que se admite.

Embora tenhamos crescido juntas, não pudemos ficar próximas depois de adultas.”

“Vou com você, apesar de eu não querer ir à festa.”

→ Orações subordinadas adverbiais condicionais

São aquelas que estabelecem sentido de condição ou de hipótese em relação à oração principal.

“Não repasso a mensagem a não ser que eu saiba que a fonte é confiável.”

Contanto que você não brigue mais comigo, podemos esquecer isso.”

→ Orações subordinadas adverbiais conformativas

São aquelas que estabelecem sentido de acordo ou conformidade em relação à oração principal.

“Tomei o remédio conforme estava indicado na bula.”

Segundo consta no manual, não é possível fazer isso.”

→ Orações subordinadas adverbiais consecutivas

São aquelas que estabelecem sentido de consequência, efeito ou resultado em relação à oração principal.

“Dançava tanto que se tornou um dos melhores da sala.”

“Eu trabalhei muito no final de semana de modo que fiquei com tempo livre durante a semana.”

→ Orações subordinadas adverbiais finais

São aquelas que estabelecem sentido de finalidade, objetivo em relação à oração principal.

“Ouço música para relaxar.”

“Eu me dedico muito agora de modo a precisar me dedicar menos no futuro.”

→ Orações subordinadas adverbiais proporcionais

São aquelas que indicam um sentido de proporção em relação à oração principal.

À medida que o tempo passava, eu me calava mais e mais.”

Quanto maior for a altura, maior será a queda.”

→ Orações subordinadas adverbiais temporais

São aquelas que estabelecem sentido de tempo em relação à oração principal.

Quando a noite cai, eu costumo andar na praia.”

“Corremos pelo estacionamento assim que chegamos ao local!”

Leia também: Locução adverbial — um conjunto de palavras que apresentam função de advérbio

Outras orações subordinadas

Além das orações subordinadas adjetivas, há ainda outros dois tipos de orações subordinadas.

→ Orações subordinadas substantivas

Orações subordinadas substantivas exercem funções ligadas a substantivos e podem ser subclassificadas como subjetiva, objetiva direta, objetiva indireta, predicativa, completiva nominal e apositiva, dependendo da função que exercem.

→ Orações subordinadas adjetivas

Orações subordinadas adjetivas exercem funções ligadas a adjetivos e podem ser subclassificadas como restritivas e explicativas.

Exercícios resolvidos sobre orações subordinadas adverbiais

Questão 1

(TJ-SC) “Passados os maus momentos, voltou a ver a vida com mais otimismo.” A oração reduzida de particípio, em negrito, tem valor:

A) adverbial temporal.

B) adverbial condicional.

C) substantivo apositivo.

D) substantivo predicativo.

E) adverbial causal.

Resolução:

Alternativa A

Trata-se de uma oração adverbial temporal, já que tem valor de advérbio e está associada à ideia de tempo.

Questão 2

(Cespe/Cebraspe)

Período 1: À medida que os meses passavam, foi tomando horror à expressão “funcionário público aposentado”, que lhe cheirava a atestado de óbito.

Período 2: Não conhecia futebol nem equitação, não sabia jogar baralho, não guardava nomes de artistas de cinema, ignorava os escândalos da sociedade.

Período 3: Parecia-lhe que zombavam dele.

No período 1, as orações “À medida que os meses passavam” e “que lhe cheirava a atestado de óbito” são orações subordinadas que exercem, respectivamente, função adverbial e adjetiva.

( ) Certo

( ) Errado

Resolução

Certo

A primeira oração é classificada como subordinada adverbial proporcional enquanto a segunda é classificada como subordinada adjetiva explicativa.

Publicado por Guilherme Viana
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

Traços específicos demarcam as adjetivas restritivas e as adjetivas explicativas
Adjetivas Restritivas e Adjetivas Explicativas: Traços específicos
Traços específicos demarcam as diferenças entre as orações adjetivas restritivas e as adjetivas explicativas. Conheça-os aqui!
O adjunto adverbial é um termo acessório na oração.
Adjunto adverbial
Entenda o que são adjuntos adverbiais, qual é a sua função numa oração e como podem ser classificados. Aprenda a diferença entre adjunto adverbial e adnominal.
Advérbio
Saiba mais sobre os advérbios, descobrindo quais são as suas classificações e flexões. Veja exemplos e entenda também o que é locução adverbial.
O advérbio é uma classe de palavras modificadoras que podem expressar por si só uma circunstância
Classificação dos Advérbios
Aprenda o que é o advérbio e saiba a classificação dessa palavra em língua portuguesa.
As conjunções subordinativas podem ter diferentes classificações
Conjunções subordinativas
Conheça as conjunções subordinativas, palavras responsáveis pela construção do período composto por subordinação.
Esquema com as classificações das orações subordinadas adjetivas.
Orações subordinadas adjetivas
Entenda o que são as orações subordinadas adjetivas. Saiba suas classificações e veja exemplos de seu uso. Conheça também outros tipos de orações subordinadas.
Orações subordinadas substantivas exercem uma relação de dependência com outra oração
Orações subordinadas substantivas
Aprenda o que são orações subordinadas substantivas e saiba como se realizam as suas funções relacionadas à oração principal.
Traços específicos demarcam as orações subordinadas desenvolvidas e as subordinadas reduzidas
Subordinadas Desenvolvidas e Subordinadas Reduzidas
Conheça aqui os pontos que demarcam as orações subordinadas desenvolvidas e as subordinadas reduzidas!
video icon
Atualidades
A origem da Sexta Feira 13
Você sabe de onde surgiu essa história da Sexta-Feira 13 ser uma data maldita? Por que sexta-feira? E por que 13? A jornalista Érica Caetano conta pra gente tudo sobre essa superstição.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Matemática
Área da esfera
Clique para aprender a calcular a área da esfera.
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Estrangeirismo
Nessa videoaula você entende sobre o estrangeirismo na música "Samba do Approach."
video icon
videoaula brasil escola
História
Crise de 1929
A quebra da bolsa de valores de Nova Iorque afetou não só os EUA, como o mundo. Entenda!