Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Matemática
  3. Geometria
  4. Relações métricas no quadrado inscrito

Relações métricas no quadrado inscrito

As relações métricas no quadrado inscrito são fórmulas usadas para calcular o lado e o apótema dessa figura utilizando apenas a medida do raio da circunferência.

Relações métricas em um quadrado inscrito são aquelas encontradas entre as medidas de seus lados, ângulos e outros elementos. Dizemos que um polígono está inscrito quando existe uma circunferência que contém todos os seus vértices. A imagem a seguir mostra um quadrado ABCD de lado l inscrito em uma circunferência de raio r.

Nesse caso, o centro da circunferência e seu raio são chamados, respectivamente, de centro do polígono e raio do polígono.

Assim, as relações métricas do quadrado inscrito podem depender da circunferência que contém seus lados.

1ª Relação: Os vértices consecutivos do quadrado inscrito determinam ângulos centrais retos.

Existe uma propriedade que garante que as diagonais de um quadrado são congruentes e encontram-se em seus pontos médios. Sendo assim, a distância entre o ponto de encontro das diagonais O e a circunferência é a mesma. Logo, podemos presumir que o centro do quadrado também é o centro da circunferência, como mostra a figura a seguir:

Além disso, existe outra propriedade que garante que as diagonais do quadrado são perpendiculares. Assim, o ângulo entre elas é reto. Logo, ângulos centrais no quadrado inscrito são retos.

2ª Relação: É possível calcular o lado do quadrado inscrito usando a fórmula:

l = r√2

Para mostrar isso, usaremos o triângulo APO, cujos lados são o apótema OP relativo ao lado AD, o raio OA e o lado PA, formado a partir da construção do apótema. A imagem a seguir destaca esse triângulo a fim de facilitar a compreensão do problema.

Observe que o triângulo AOP é retângulo em P e que a medida de PA é metade do lado do quadrado. Isso acontece porque o apótema é altura do triângulo AOD, que, por sua vez, é isósceles. A altura de um triângulo isósceles também é mediana de sua base.

Além disso, note também que o apótema OP e o segmento PA têm o mesmo comprimento. Isso faz com que o triângulo AOP também seja isósceles, fazendo com que os ângulos de sua base sejam iguais. Como o ângulo P é reto, os outros dois ângulos medem 45° cada.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Com isso, temos todas as medidas necessárias para calcular o lado do quadrado. Para facilitar a compreensão, a figura a seguir destaca o triângulo AOP com todas as medidas descritas acima.

Para encontrar a medida l do lado do quadrado, podemos usar o cosseno:

cos45° = l/2
              r

Substituindo o valor do cosseno e realizando a divisão de frações do segundo membro, temos:

√2 =  l  ·
 2     2    r 

√2 = 
       r

l = r√2

Então, o lado do quadrado inscrito na circunferência de raio r é obtido multiplicando r pela raiz de 2.

3ª Relação: É possível encontrar a medida do apótema do quadrado inscrito usando a fórmula:

x = r2
     2

Para mostrar isso, podemos usar quase todo o desenvolvimento da relação anterior. Apenas modificando cosseno de 45° para o seno de 45°. Toda a construção do triângulo AOP (na imagem abaixo) será exatamente igual à construção do triângulo AOP na relação métrica anterior.

Sabendo disso, calcule:

sen45° = x
              r

√2 = x
 2     r

r√2 = x
2      

x = r√2
     2

Exemplo:

Calcule o apótema e o lado de um quadrado inscrito em uma circunferência de raio 10 cm.

Solução: Para calcular o lado, basta usar a primeira fórmula, substituindo r por 10:

l = r√2

l = 10√2

l = 10·1,41

O lado do quadrado mede aproximadamente 14,1 cm.

Já o apótema é obtido por meio da expressão a seguir, na qual é suficiente substituir a medida do raio:

x = r√2
      2

x = 10√2
      2

x = 5√2

x = 7,05 aproximadamente

As relações métricas possibilitam calcular lado e apótema do quadrado inscrito usando o raio da circunferência
As relações métricas possibilitam calcular lado e apótema do quadrado inscrito usando o raio da circunferência
Publicado por: Luiz Paulo Moreira Silva
Assuntos relacionados
Demonstração do primeiro método usado para encontrar uma aproximação de pi
Valor de pi
Clique para aprender como o valor de pi pode ser obtido por meio da circunferência ou pelo método usado por Arquimedes. Essa constante representada pela letra grega π (pi) é considerada uma das mais importantes da Matemática.
Relações no triângulo retângulo
Triângulo, Triângulo retângulo, Elementos do triângulo retângulo, Características do triângulo retângulo, Teoremas de Pitágoras, Relação métrica do triângulo retângulo.
Distância entre dois pontos
Observe aqui noções de Geometria Analítica que auxiliam a estabelecer a distância entre dois pontos.
Multiplicação e Divisão de Frações
Clique aqui e aprenda a realizar a multiplicação e a divisão de frações!
Polígonos Inscritos e Circunscritos
Relação entre Polígonos e Circunferências.
Triângulos isósceles: dois lados com a mesma medida
Propriedades do triângulo isósceles
Veja propriedades que podem ser usadas para diferenciar triângulos isósceles de triângulos escalenos.
Exemplos de círculos coloridos
Círculo e circunferência
Entenda a diferença entre círculo e circunferência, além de algumas propriedades e definições básicas que envolvem essas figuras geométricas!
Cubo: sólido geométrico formado por faces quadradas
Quadrados
Clique e descubra as características dos quadrados e algumas de suas propriedades que são herdadas de outras figuras geométricas.
O círculo trigonométrico representa medidas de seno, cosseno e tangente
Seno, cosseno e tangente
Clique e aprenda o que é seno, cosseno e tangente, além de conferir alguns exemplos dessas razões trigonométricas!