Whatsapp icon Whatsapp

Nomenclatura de sais hidratados

A nomenclatura de sais hidratados baseia-se no ânion, no cátion e na quantidade de moléculas de água presentes no retículo cristalino do sal.
Foto do cloreto de cobalto II hexa-hidratado
Foto do cloreto de cobalto II hexa-hidratado

Para realizar a nomenclatura de um sal hidratado, é fundamental conhecer a fórmula desse tipo de sal, já que a nomenclatura depende de cada um dos componentes dessa fórmula.

O sal hidratado apresenta em sua composição um cátion, um ânion e uma ou mais moléculas de água integradas ao seu retículo cristalino.

Representação do retículo cristalino de um sal qualquer
                                                                                            Representação do retículo cristalino de um sal qualquer

Fórmula de um sal hidratado

A fórmula de um sal hidratado possui o seguinte padrão:

YX.nH2O

  • Y é um cátion qualquer, ou seja, um metal ou o amônio (NH4+);

  • X é um ânion qualquer;

  • n é a quantidade de moléculas de água no retículo cristalino do sal.

Regra de nomenclatura de um sal hidratado

Nome do ânion + de + nome do cátion + prefixo referente à quantidade de moléculas de água + hífen + hidratado

OBS.: Se o cátion presente no sal não pertence às famílias IA, IIA e IIIA ou não é o zinco nem a prata, devemos indicar o valor da sua carga por meio de um algarismo romano na frente do seu nome.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Exemplos:

→ BaI2.3H2O

Esse sal apresenta:

  • Ânion iodeto (I-)

  • Cátion bário

  • Três moléculas de água (tri-hidratado)

Assim, seu nome é:

Iodeto de bário tri-hidratado

→ CoCl2.6H2O

Esse sal apresenta:

  • Ânion cloreto (Cl-)

  • Cátion cobalto II (por ter carga +2)

  • Seis moléculas de água (hexa-hidratado)

Assim, seu nome é:

Cloreto de cobalto II hexa-hidratado

OBS.: O algarismo romano II (referente à carga do cátion) foi indicado no nome do cobalto porque ele pertence à família VIIIB.

→ Cu2SO4.5H2O

Esse sal apresenta:

  • Ânion sulfato (SO4-2)

  • Cátion cobre I (por ter carga +1)

  • Cinco moléculas de água (penta-hidratado)

Assim, seu nome é:

Sulfato de cobre I penta-hidratado

OBS.: O algarismo romano I (referente à carga do cátion) foi indicado no nome do cobre porque ele pertence à família IB.

→ CrBr3.6H2O

Esse sal apresenta:

  • Ânion brometo (I-)

  • Cátion crômio III (por ter carga +3)

  • Quatro moléculas de água (tetra-hidratado)

Assim, seu nome é:

Brometo de Crômio III tetra-hidratado

OBS.: O algarismo romano III (referente à carga do cátion) foi indicado no nome do crômio porque ele pertence à família VIB.

Publicado por Diogo Lopes Dias

Artigos Relacionados

Classificação dos Sais
Entenda mais a respeito da classificação dos sais através deste texto.
Conceito de ácido, base e sal pela teoria de Arrhenius
Segundo o conceito de Arrhenius, em solução aquosa os ácidos produzem como cátion somente o hidrogênio, as bases produzem como ânion somente a hidroxila e os sais geram íons diferentes destes.
Fórmulas dos sais
As fórmulas dos sais são formadas através da troca das cargas dos íons, passando-as aos índices, mas de modo invertido.
Nomenclatura de sais duplos
Conheça e aprenda as regras de nomenclatura de sais duplos por meio de exemplos práticos!
Obtenção de sais
Qual o produto da junção de um ácido e uma base?
Os sais
Saiba o que são os sais. Conheça suas características e propriedades. Aprenda a formação da nomenclatura desses compostos assim como seus usos.
Tipos de Sais
Classificação dos sais quanto à natureza de seus íons.
video icon
Professor ao lado do escrito "Qual a diferença entre discurso e texto?".
Português
Qual a diferença entre discurso e texto?
Todo texto é um discurso. Mas e o contrário? Todo discurso é um texto? Nesta aula vamos acabar de vez com essa confusão e deixar bem claro quem é quem no universo textual.