Os sais

Os sais são compostos iônicos, não moleculares, que se dissociam em meio aquoso. A maioria dos sais é solúvel em água, tem propriedades higroscópicas, e funciona como condutores de energia (estando dissolvidos em água). São compostos com alto ponto de fusão, têm aspecto branco cristalino e sabor salgado. São provenientes de reações de neutralização entre um ácido e uma base, e possuem três classificações:

  • sais normais

  • sais com car áter básico

  • sais com caráter ácido

Os sais são utilizados na culinária como tempero e conservante de carnes, em indústrias têxteis, em medicamentos e outros.

Leia também: Solubilidade dos sais – capacidade dos sais serem dissolvidos em água

Características dos sais

Sal em granulados maiores, podemos ver que se trata de um composto cristalino branco.
Sal em granulados maiores, podemos ver que se trata de um composto cristalino branco.
  • Compostos iônicos: íons que se conectam por ligação iônica.

  • A maioria dos sais é solúvel em água.

  • Alto ponto de fusão e ebulição

  • Capazes de conduzir corrente elétrica quando dissolvidos em meio aquoso.

  • Aspecto: sólidos, cristalinos, duros e quebradiços

  • Propriedades organolépticas: sabor salgado

  • São venenosos, com algumas exceções, como o sal de cozinha (NaCl).

  • Muitos sais possuem propriedade higroscópica (tendência a absorver água do meio).

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Classificação dos sais

Os sais podem ser classificados de acordo com a reação de neutralização que deu origem ao composto, como mencionado, o sal é produto de uma reação entre um ácido e uma base, se tivermos nessa reação um ácido ou base mais forte, ou seja, se for uma reação que não se neutraliza completamente, o sal como produto dela terá caráter básico ou ácido, a depender dos reagentes utilizados.

  • Sais neutros ou normais: são os sais produtos de uma reação de neutralização completa, ou seja, a reação em que todos os íons H+ de um ácido ligam-se aos íons OH- da base.

Exemplo: HBr (Ácido) + KOH (Base) → KBr (Sal neutro) + H2O

  • Sais com caráter ácido: são os sais produtos de uma reação entre um ácido forte e uma base fraca ou quando ocorre uma neutralização parcial de um ácido. Nesse tipo de reação, não acontece uma neutralização completa, os íons OH- não são “suficientes” para reagir com todos os íons H+, tendo como produto um sal de caráter ácido.

Exemplo: H2SO4 (Ácido) + NaOH (Base) → NaHSO4 (Sal ácido) + H2O

  • Sais de caráter básico: são os sais produtos de uma reação de neutralização parcial em que a base é mais forte que o ácido. Nesse caso os íons OH- estão em maior concentração do que os íons H+, por isso não acontece uma neutralização completa, tendo como produto um sal de caráter básico.

Exemplo: HCl (Ácido) + Ca(OH)2 (Base) → Ca(OH)Cl (Sal básico) + H2O

Veja também: Quais são os principais sais inorgânicos?

Nomenclatura dos sais

Assim como mencionado sobre a classificação dos sais ser feita de acordo com os reagentes (ácido e base) formadores, para a nomenclatura também será necessário conhecer os reagentes formadores do sal. A nomenclatura dos sais é formada por:

nome do ânion” de “nome do cátion”

O nome do ânion é formado de acordo com a nomenclatura do respectivo ácido formador ou, ainda, pelo número de oxidação (NOX) do elemento formador do ânion.

Sufixo do ácido

Sufixo do ânion formado

Número de oxidação do ânion (NOX)

-idríco

-eto

NOX fixo e negativo

hipo ...oso

Hipo ...ito

+1, +2

-oso

-ito

+3, +4

-ico

-ato

+5, +6

Per... -ico

Per... -ato

+7


Exemplos:

HCl (Ácido clorídrico) + NaOH (Hidróxido de sódio) → NaCl (Cloreto de sódio) + H2O

H3PO3 (Ácido fosforoso) + Zn(OH)2 (Óxido de zinco) → ZnHPO3 (Fosfito de zinco) + 2H2O

H2SO4 (Ácido sulfúrico) + NaOH (Hidróxido de sódio) → NaHSO4 (Sulfato de sódio) + H2O

Aplicação dos sais

 Cloreto de sódio é um sal muito utilizado na culinária para temperar e realçar o sabor dos alimentos.
Cloreto de sódio é um sal muito utilizado na culinária para temperar e realçar o sabor dos alimentos.
  • NaCl (Cloreto de sódio): utilizado como condimento no preparo de alimentos, para conservar carnes e peixes; administrado em soro para reidratação do corpo.

  • NaNO3 (Nitrato de sódio): aplicado na fabricação de fertilizantes e ácido nítrico.

  • Na2CO3 (Carbonato de sódio): utilizado para equilibrar o Ph de corpos hídricos, como piscinas; aplicado também na fabricação de medicamentos, vidros, detergentes, produtos cromados, fotografias, e nas indústrias têxteis, para neutralizar o ácido sulfúrico.

  • NaHCO3 (Bicarbonato de sódio): é capaz de tamponar o Ph de uma solução, utilizado, por isso, em medicamentos antiácidos; aplicado também em bebida efervescente, fermento químico, conservação de produtos como margarinas, tratamento de lã e seda, e em extintores de incêndio.

  • CaCO3 (Carbonato de cálcio): aplicado na fabricação de mármores e calcário devido as suas propriedades abrasivas; também utilizado na produção de creme dental; e na agricultura, é usado como redutor de acidez para preparo do solo para plantio.

  • NaClO (Hipoclorito de sódio): aplicado principalmente na fabricação de produtos de limpeza, por ter propriedades desinfetantes; utilizado também em indústrias têxteis como branqueador, no tratamento de águas e efluentes, e como reagente intermediário em diversos produtos químicos.

Cápsula efervescente formulada com bicarbonato de sódio, usada para tratar desconfortos estomacais.
Cápsula efervescente formulada com bicarbonato de sódio, usada para tratar desconfortos estomacais.

Reações formadoras de sais

  • Reação de neutralização ácido-base: a principal reação de formação de um sal é a reação de neutralização entre um ácido e uma base.

Ácido + BaseSal + Água

Exemplo:

HCl + NaOH NaCl + H2O

  • Reagentes:

Hcl: Ácido clorídrico

NaOH: Hidróxido de sódio

  • Produtos:

NaCl: Cloreto de sódio

H2O - água

  • Mistura de outros sais: alguns sais podem originar-se da mistura de outras soluções salinas. O sal formado apresenta-se em estado sólido (precipitado) pela diferença de solubilidade com os demais sais das soluções reagentes.

Solução salina A + Solução salina B → Sal C + Solução salina D

Exemplos:

NaCl(aq) + AgNO3 (aq) AgCl (s) + NaNO3(aq)

  • Reagentes:

NaCl(aq): Solução salina de cloreto de sódio

AgNO3 (aq): Solução salina de nitrato de prata

  • Produtos:

AgCl(s): Cloreto de prata – sólido

NaNO3(aq): Solução salina de nitrato de sódio

  • Reação com óxidos: reações entre óxidos metálicos e ácidos ou bases inorgânicos realizam uma reação de neutralização, tendo como produto sal e água.

Óxido + Ácido/Base → Sal + Água

Exemplo 1:

Al2O3 + KOH KAlO2 + H2O

  • Reagentes:

Al2O3: Óxido de alumínio

KOH: Hidróxido de potássio (base)

  • Produtos:

KAlO2: Aluminato de potássio (sal)

H2O - Água

Exemplo 2:

CaO + HBr CaBr2 + H2O

  • Reagentes:

CaO: Óxido de cálcio

Hbr: Ácido bromídrico

  • Produtos:

CaBr2: Brometo de cálcio (sal)

H2O - Água

Leia também: Reações de dupla troca entre sais – troca entre cátion e ânions dos sais presentes nos reagentes

Exercícios resolvidos

Questão 1 – (Enem – 2ª aplicação 2016) Nos anos 1990, verificou-se que o rio Potomac, situado no estado norte-americano de Maryland, tinha, em parte de seu curso, águas extremamente ácidas por receber um efluente de uma mina de carvão desativada, o qual continha ácido sulfúrico (H2SO4). Essa água, embora límpida, era desprovida de vida. Alguns quilômetros adiante, instalou-se uma fábrica de papel e celulose que emprega hidróxido de sódio (NaOH) e carbonato de sódio (Na2CO3) em seus processos. Em pouco tempo, observou-se que, a partir do ponto em que a fábrica lança seus rejeitos no rio, a vida aquática voltou a florescer.

HARRIS, D. C. Análise química quantitativa.

Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 2012 (adaptado).

A explicação para o retorno da vida aquática nesse rio é a:

A) Diluição das águas do rio pelo novo efluente lançado nele.

B) Precipitação do íon sulfato na presença do efluente da nova fábrica.

C) Biodegradação do ácido sulfúrico em contato com o novo efluente descartado.

D) Diminuição da acidez das águas do rio pelo efluente da fábrica de papel e celulose.

E) Volatilização do ácido sulfúrico após contato com o novo efluente introduzido no rio.

Resolução

Alternativa D. Pelo que foi descrito no enunciado da questão, o efluente da mina de carvão tem caráter ácido devido à presença de H2SO4 (ácido sulfúrico), tornando a água do rio inóspita para qualquer tipo de ser vivo. No entanto, quando em contato com o efluente da fábrica de celulose, que contém NaOH (hidróxido de sódio) e Na2CO3 (carbonato de sódio) — respectivamente, uma base forte e um sal de caráter básico —, acontece a neutralização da acidez provocada pelo ácido sulfúrico descartado pelas minas de carvão.

Questão 2 – Bromato de potássio, sulfito de amônio, iodeto de sódio e nitrito de bário são representados, respectivamente, pelas seguintes fórmulas:

A) KBrO3, (NH4)2SO3, NaI, Ba(NO2)2

B) KBrO4, (NH4)2SO3, NaI, Ba(NO2)2

C) KBrO3, (NH4)2SO3, NaI, Ba(NO3)2

D) KBrO3, (NH4)2SO3, NaIO3, Ba(NO2)2

E) KBrO3, (NH4)2SO4, NaI, Ba(NO2)2

Resolução

Alternativa C.

Fazendo análise da nomenclatura dos íons:

Bromato de potássio → Bromato (BrO3)- e potássio (K)+ = KBrO3

Sulfito de amônio → Sulfito (SO3)2- e (NH4)+ = (NH4)2SO3

Iodeto de sódio → Iodeto (I) e sódio (Na+) = NaI

Nitrito de bário → (NO3) e (Ba)+2 = Ba(NO3)2

Publicado por: Laysa Bernardes Marques de Araujo
Assista às nossas videoaulas
Assuntos relacionados
A ilustração retrata fórmulas químicas de substâncias estudadas na Química Inorgânica
Definição de Química Inorgânica
Veja a definição antiga e a atual de Química Inorgânica, saiba diferenciá-la da Química Orgânica e entenda quais são as funções inorgânicas.
Existem vários tipos de sais inorgânicos que precisam ser classificados em grupos específicos para serem estudados
Classificação e nomenclatura dos sais
Conheça a classificação dos sais em neutros, ácidos, básicos, duplos, hidratados e alúmen, além de compreender como é realizada a nomenclatura em cada caso.
O Aço inoxidável pode ser facilmente moldado.
Aço Inoxidável
Liga de ferro e cromo, aço inox, níquel, molibdênio, alta resistência à oxidação atmosférica, formação de uma película de óxido de cromo, camada porosa de óxido de ferro, ferrugem, resistência a altas temperaturas, baixa rugosidade superficial, resistência mecânica.
O cimento é composto por um óxido que apresenta na sua constituição o metal alcalinoterroso cálcio
Metais alcalinoterrosos
Conheça as principais características e utilizações dos metais alcalinoterrosos!
Alguns sais duplos são utilizados na produção de fertilizantes agrícolas
Nomenclatura de sais duplos
Conheça e aprenda as regras de nomenclatura de sais duplos por meio de exemplos práticos!
A combinação de dois sais diferentes resulta em uma dupla troca entre sais
Reações de dupla troca entre sais
Clique e aprenda como proceder para saber se uma reação de dupla troca entre sais ocorre visualmente ou não.
Representação da dissociação do cloreto de amônio
Equação de dissociação de sais
Veja diversos exemplos que demonstram como montar uma equação de dissociação de sais!
Tópicos importantes sobre ácidos no Enem
6 tópicos fundamentais sobre ácidos no Enem
Veja quais são os seis tópicos fundamentais sobre ácidos que você precisa saber antes de fazer o Enem!
Ácidos inorgânicos podem ser obtidos a partir de reações com óxidos
Reações químicas com óxidos
Clique e aprenda quais são as reações químicas que envolvem a participação dos óxidos e os possíveis produtos formados em cada uma delas.
O cloreto de sódio é um exemplo de sal solúvel
Solubilidade dos sais
Clique e aprenda a classificar os sais inorgânicos quanto à solubilidade em água, isto é, se solúveis ou praticamente insolúveis.
Algumas reações de dupla troca entre sal e base produzem borbulhamento
Reações de dupla troca entre sal e base
Clique e aprenda como ocorrem as reações de dupla troca entre sal e base e como elas podem ser percebidas a olho nu.
O ácido sulfúrico pode ser obtido a partir de reações com óxidos ácidos
Reações com óxidos ácidos
Clique e conheça quais são os reagentes e também os possíveis produtos utilizados nas reações com óxidos ácidos.
O cálculo do produto de solubilidade depende do equilíbrio de dissociação
Constante do produto de solubilidade
Aprenda a realizar o cálculo do produto de solubilidade de um eletrólito por meio de um passo a passo muito simples!
O sal sulfato de cobre II penta-hidratado já foi utilizado na limpeza de piscinas
Nomenclatura dos sais
Clique e aprenda a realizar a nomenclatura dos sais neutros, ácidos, básicos, duplos, hidratados e alúmen.
Foto do cloreto de cobalto II hexa-hidratado
Nomenclatura de sais hidratados
Clique para aprender, por meio de alguns exemplos, como deve ser realizada a nomenclatura de um sal duplo!
Sal sintetizado para o combate a células tumorais
Nomenclatura de sal hidroxilado
Clique e aprenda a regra de nomenclatura para um sal hidroxilado. Conheça ainda alguns exemplos que demonstram essa regra, que é semelhante à usada para os sais comuns, mas que apresenta as particularidades referentes a essas substâncias, como o prefixo hidróxi e a necessidade indicar a carga do cátion no nome do sal.
O cloreto de sódio é um sal que apresenta caráter neutro
Caráter dos sais
Clique e aprenda a determinar o caráter dos sais, ou seja, se eles são básicos, ácidos ou neutros, por meio de uma explicação detalhada e exemplos!
Como se classifica um sal?
Tipos de Sais
Classificação dos sais quanto à natureza de seus íons.