Whatsapp icon Whatsapp

Síntese

A síntese é um gênero textual que tem como principal objetivo apresentar um conteúdo de forma resumida e impessoal.
Na síntese, separamos as ideias mais importantes das demais.
Na síntese, separamos as ideias mais importantes das demais.

 A síntese é um texto que tem a função de relatar as ideias essenciais de um texto-base no intuito de apresentá-las de forma resumida e objetiva. O gênero é muito utilizado em salas de aula a pedido de professores a fim de que os alunos demonstrem conhecimento sobre um determinado assunto. Para desenvolver uma síntese, é necessário estudar bem o texto-base para que não existam dúvidas sobre o seu conteúdo.

Veja também: Fichamento — outro tipo de texto muito utilizado pelos professores em salas de aula

Resumo sobre síntese

  • A síntese é uma modalidade de texto usada para resumir as ideias essenciais de outro material mais extenso.

  • Na síntese, prevalecem as seguintes características do gênero técnico: linguagem denotativa, precisão do vocabulário, uniformidade do texto, concisão e clareza no uso da língua.

  • São características da síntese a identificação das diferentes fases de desenvolvimento do texto, a ausência de expressão ou frase completa do material original, a exposição das principais ideias de um texto maior em um texto menor ou de vários textos em um só e o enfoque apenas em elementos essenciais do texto original.

  • Para fazer uma síntese, é importante uma leitura atenta do texto original, uma escrita concisa e clara e um produto final organizado.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que é síntese?

Pertencente ao gênero técnico, a síntese é utilizada para reduzir as ideias principais de um texto em outro menor. Nesses termos, a síntese nunca deve ser maior e mais extensa do que o conteúdo original.

Por se tratar de um gênero técnico, ela é muito utilizada em ambientes formais, como escolas e universidades. Geralmente, professores pedem para que os alunos possam desenvolver textos sobre um determinado conteúdo dentro do ambiente educacional.

Porém, a síntese pode ser utilizada não somente para conteúdos acadêmicos, mas para tratar de filmes, séries, livros, entre outros objetos culturais. Portanto, o objetivo da síntese é oferecer as ideias essenciais sobre o conteúdo a ser sintetizado.

Quais são as características da síntese?

Em uma síntese, deve prevalecer:

  • a linguagem denotativa;

  • a precisão do vocabulário;

  • a uniformidade do texto;

  • a concisão e a clareza no uso da língua.

Como a síntese é uma das modalidades textuais que compõem o gênero técnico, ela apresenta as características gerais acima como fundamentais. Porém, além disso, a síntese possui particularidades próprias, uma vez que:

  • identifica as diferentes fases de desenvolvimento do texto;

  • não utiliza expressão ou frase completa do texto original;

  • não é composta por elementos-chave;

  • pode ser feita abarcando as principais ideias de diversos textos em um só;

  • trata apenas do que é essencial, excluindo elementos secundários.

Importante: Embora a síntese possa se apresentar de forma argumentativa (evidenciação de um ponto de vista), crítica (discussão de informações e ideias do texto-base) ou explicativa (exposição dos elementos do texto-base sem defesa de um ponto de vista), não há uso de linguagem pessoal.

Leia também: Relatório — gênero textual utilizado para expor resultados de alguma atividade realizada

Qual é a estrutura da síntese?

Do ponto de vista estrutural, a síntese apresenta três partes:

  • Introdução: Na primeira parte, a introdução, deve-se referenciar o texto-base e suas informações complementares, como o tema e o autor.

  • Desenvolvimento: Na segunda parte, o desenvolvimento, deve-se apresentar os elementos considerados essenciais no texto original.

  • Conclusão: Na última parte, a conclusão, deve-se fazer as pretendidas conexões finais em relação ao material sintetizado.

Como fazer uma síntese?

Inicialmente, a elaboração de uma síntese passa pela leitura atenta do texto original. É preciso que o material seja entendido e que não haja dúvidas, pois uma boa síntese depende da compreensão das ideias essenciais presentes no material principal. Para ajudar nesse processo, recomendamos que você sublinhe e anote as ideias do autor. Lembre-se de fazer isso de maneira ordenada.

Durante o processo de escrita, alguns elementos são fundamentais para que o texto seja o mais claro e conciso possível. Logo, é importante que a síntese:

Por fim, o texto deve ser organizado. Ainda que a síntese não exija uma ordem de sucessão lógica equivalente ao material original, é importante que a síntese se apresente de forma coesa e coerente.

Exemplos de síntese

Vejamos, a seguir, alguns exemplos de síntese.

A interpretação dos sonhos, escrito por Freud em 1900, é um estudo teórico dentro do campo psicanalítico sobre o funcionamento do inconsciente no aparelho psíquico. A obra demonstra que o inconsciente não pode ser ignorado, e uma de suas manifestações mais evidentes se encontra nos sonhos.

A síntese acima é sobre a obra A interpretação dos sonhos, de Freud. No texto, há a exposição da ideia central da obra freudiana: a relação entre sonhos e inconsciente. Além disso, o autor da síntese faz um comentário sobre o que a obra apresenta — a impossibilidade de se ignorar a existência de uma estrutura inconsciente.

Admirável mundo novo, obra desenvolvida em 1932 pelo britânico Aldous Huxley, é o retrato de uma sociedade construída por meio do conhecimento das ciências biológicas para controlar a sua população, dividindo-a em castas. No enredo, é possível identificar novas formas de controle, que superam a repressão e se apresentam de forma mais sutil e eficaz.

Na síntese sobre a obra de Huxley, é possível identificarmos os principais elementos que caracterizam o gênero. Podemos perceber que o autor da síntese traz a ideia principal da obra (controle da sociedade por meio dos conhecimentos biológicos — parte do enredo) e sua percepção sobre ela. Ao final, fala-se sobre as novas formas de controle, que são superiores ao modelo repressivo.

Saiba também: Ata — texto técnico que serve como registro documentado por escrito de alguma reunião

Diferença entre síntese e resumo

A síntese e o resumo são gêneros que se propõem a reduzir um texto por meio de um texto menor. Assim, eles apresentam semelhanças, como a não utilização de expressões do texto original ou a identificação das principais ideias de um texto. Porém, a síntese se diferencia, em alguns aspectos, do resumo. Vejamos o quadro abaixo.

Síntese

Resumo

É de caráter pessoal ou impessoal, podendo trazer as impressões do autor, mas sem uso de linguagem pessoal.

É de caráter informativo, sem uso de linguagem pessoal.

Não é composta por elementos-chave.

Possui relação de informação e reformulação da linguagem na forma de elementos-chave.

Apresenta apenas as ideias essenciais de um texto.

Pode trazer ideias principais e secundárias.

Pode reunir as ideias de vários textos em um só.

Trata apenas de um único texto.

É menor que o texto original e menor que o resumo.

É menor que o texto original e maior que a síntese.

Publicado por Rafael Camargo de Oliveira

Artigos Relacionados

Como fazer um resumo ou abstract
Aprenda como fazer um resumo informativo ou abstract para a apresentação de seus trabalhos acadêmicos e adeque-o às normas da ABNT.
Fichamento
Saiba o que é um fichamento, conheça os seus tipos e funções. Entenda como se faz um fichamento. Veja a diferença entre fichamento, resumo e resenha.
Gêneros textuais
Conheça o conceito dos gêneros textuais e seus constituintes. Aprenda a diferenciar tipos de gêneros textuais e tenha um ótimo desempenho em suas avaliações.
Gêneros textuais que se manifestam na pesquisa
Em se tratando da pesquisa, sabia que existem muito gêneros textuais que a ela se integram? Não? Clique e confira!
Redação técnica
Descubra quais as principais características da redação técnica, quais são os gêneros e suas funções, e tudo que você precisa saber para produzir o seu texto.
video icon
Escrito"Educação e Cultura" sobre a imagem de um quadro-negro e livros.
Filosofia
Educação e Cultura
O que é educação? O que é cultura? Qual é a relação entre educação e cultura? Como a filosofia pensa a educação e a cultura? Assista a este vídeo e entenda!