Cacau

O cacau é o fruto do cacaueiro (Theobroma cacao), uma planta originada da floresta tropical úmida americana. De acordo com o Flora do Brasil 2020, em nosso país o cacaueiro está provavelmente naturalizado na Amazônia desde a Era Pré-Colombiana e atualmente pode ser encontrado também crescendo espontaneamente nas florestas pluviais de Mata Atlântica, especialmente nos estados da Bahia e Espírito Santo. Essa planta é muito explorada economicamente, uma vez que suas sementes, após secas e processadas, são usadas na fabricação do chocolate.

Leia também: Baunilha — tipo de orquídea amplamente usado na indústria alimentícia e de comésticos

O cacaueiro

O cacaueiro (Theobroma cacao) é a planta da qual se origina o cacau, fruto de grande importância econômica. Pertencente à família Malvaceae e gênero Theobroma, não é uma planta endêmica do Brasil e ocorre em nosso país na Região Norte (Acre, Amazonas, Amapá, Pará e Rondônia), Nordeste (Bahia, Maranhão e Sergipe) e Sudeste (Espírito Santo).

Ele pode atingir entre 20 e 25 metros de altura, quando em condições naturais, devido à competição por luz com outras espécies que se desenvolvem na floresta. Quando proveniente de sementes, pode atingir cerca de 5 a 8 metros de altura. Prefere solos profundos, permeáveis e férteis e necessitam de sombra para crescer. Podem viver até mais de 100 anos.

O cacaueiro produz um fruto de grande importância econômica: o cacau.
O cacaueiro produz um fruto de grande importância econômica: o cacau.

O cacaueiro possui folhas oblongas e grandes e caule ereto. As flores apresentam sépalas brancas ou rosadas, e a corola é formada por pétalas brancas, as quais apresentam um prolongamento amarelo chamado de lígula. As flores dessa planta são hermafroditas, possuindo tanto androceu quanto gineceu. A polinização é realizada por insetos, sendo o principal agente polinizador a mosca do gênero Forcipomya.

O fruto do cacauzeiro, o cacau, é encontrado sustentado por pedúnculos lenhosos, apresenta cerca de 20 cm, é sulcado e possui uma coloração que varia, dependendo da variedade, do verde ao roxo e do amarelo ao laranja, à medida que vai amadurecendo. A semente de cacau apresenta formato elipsoide a ovoide e é recoberta por poupa branca, a qual apresenta sabor adocicado.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Tipos de cacau

O cacau apresenta três variedades: forasteiro, crioulo e trinitário. O tipo de cacau mais comercializado é o tipo forasteiro, representando cerca de 80% da produção mundial. Essa variedade apresenta cotilédones de cor violeta e grande quantidade de compostos fenólicos, o que resulta em um sabor mais amargo. O tipo crioulo se destaca por sementes grandes e com cotilédones com coloração branca ou violeta-clara. Produz um chocolate frutado e suave, sendo considerado um produto de qualidade superior. Por fim, tem-se o cacau trinitário, que é resultado do cruzamento entre as variedades descritas anteriormente, apresentando sementes que variam desde amarelo pálido até o roxo-escuro.

Leia também: Comer muitos ovos de Páscoa faz mal?

Propriedades do cacau

O cacau é muito utilizado na fabricação de chocolate, mas também muito apreciado pelo sabor da sua polpa. É um fruto com importante valor nutricional, apresentando grande quantidade de compostos fenólicos, os quais ajudam na diminuição do colesterol LDL e reduzem a incidência de doenças cardiovasculares, estando relacionados, por exemplo, com a redução da formação de coágulos (diminuem a tendência de agregação das plaquetas). Além disso, o cacau apresenta propriedade anti-inflamatória e antioxidante.

 O chocolate é um produto feito a partir da semente de cacau. Quanto maior o nível de cacau no chocolate, mais benefícios ele apresenta.
O chocolate é um produto feito a partir da semente de cacau. Quanto maior o nível de cacau no chocolate, mais benefícios ele apresenta.

Vale destacar, no entanto, que, quando os produtos feitos com cacau apresentam grandes quantidades de açúcares e gorduras, como o chocolate ao leite, seu consumo desenfreado pode ser prejudicial. Desse modo, recomenda-se que, ao consumir produtos que utilizam cacau em sua composição, a preferência seja para o consumo daqueles que apresentam maiores teores de cacau, como chocolate 70%, pois eles são menos processados e apresentam mais benefícios à saúde, conservando melhor as propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e cardioprotetoras do fruto.

Leia também: Chocolate é um alimento saudável?

Importância econômica do cacau

O cacau é um fruto proveniente do cacaueiro e se caracteriza por ser a matéria-prima na fabricação do chocolate, apresentando, portanto, grande importância econômica. Entre os maiores produtores de cacau estão:

  • Costa do Marfim

  • Gana

  • Indonésia

  • Nigéria

  • Camarões

  • Brasil

  • Equador

  • Papua-Nova Guiné

No Brasil, os maiores produtores de cacau são a Bahia e o Pará. Na Bahia, o cacau foi levado em meados do século XVIII, onde a cultura se expandiu.

O principal produto comercializado do cacaueiro é a semente. Podem ser retirados da semente do cacau a manteiga de cacau, a massa de cacau e o cacau em pó. A polpa do cacau é também apreciada, sendo utilizada para fabricar, por exemplo, licores e geleias. Não podemos nos esquecer de que o cacau não é utilizado apenas na alimentação, sendo a manteiga de cacau muito utilizada na indústria cosmética e farmacêutica.

Publicado por: Vanessa Sardinha dos Santos
Assuntos relacionados
O consumo excessivo de ovos de Páscoa pode causar danos à saúde.
Comer muitos ovos de Páscoa faz mal?
Clique aqui e entenda por que comer muitos ovos de Páscoa faz mal mesmo o chocolate apresentando substâncias benéficas para o corpo humano.
Um dos benefícios do chocolate: sensação de prazer.
Chocolate é um alimento saudável?
Benefícios do chocolate, chocólatras, flavonóides, antioxidante, circulação sanguínea, manteiga de cacau, triptofano, magnésio, produção de serotonina, neurotransmissor cerebral, sensação de prazer, cafeína, teobromina, substâncias estimulantes, Amenizar a TPM, alimento energizante.